Língua Portuguesa

O que é uma pessoa arrogante? Por que evitar a arrogância?

Neste texto, vamos identificar o sentido e o significado da palavra arrogante. Muito utilizada no dia-a-dia, a palavra apresenta um significado bastante expressivo, em um sentido que tende a ser negativo. Vamos conhecer melhor esta expressão a partir de agora.

O que é uma pessoa arrogante?

Arrogante é aquele que pretende ser mais do que realmente é. Trata-se de uma característica negativa, associada a aquela pessoa que tende a se considerar superior aos demais. Isso ocorre em algumas situações, fazendo com que a pessoa careça de um sentido de humildade, se prejudicando em determinados contextos.

Veja também – Pragmático

Arrogante é, conforme a etimologia, derivado do latim adrogare. Esta palavra relaciona-se a um pretenso direito de exigir dos outros determinadas posturas e comportamentos, colocando-se esta pessoa com este direito e esta posição de exigência. O arrogante é aquele que se sente superior, acima dos outros, com a possibilidade de dar ordens a outrem.

A arrogância traz consigo várias outras palavras, que são características associadas, como é o caso de pretensão, soberba e vaidade. São expressões que estão comumente vinculadas a arrogância – não sendo sinônimos, no entanto.

Outras palavras facilmente associadas são soberbo e pretensioso, termos que também fazem parte do contexto de alguém que se posiciona de uma forma arrogante socialmente.

Por que evitar a arrogância?

A arrogância traz consigo uma série de características ruins. Estas características devem ser evitadas, pois são comportamentos inaceitáveis em um contexto social. A arrogância cria situações inadequadas e desagradáveis, nas quais é difícil compreender e aceitar determinadas respostas que surgem.

Ao agir de forma arrogante, as pessoas ao redor tendem a se afastar. Trata-se de um comportamento social inadequado e que gera repulsa, por parte dos demais membros daquele convívio social. Ser arrogante significa se sentir superior aos demais, algo que tende a ser bastante criticado em qualquer tipo de contexto social.

É necessário, em todo caso, dissociar a arrogância de algumas outras situações que, embora não sejam exatamente agradáveis, não denotam a arrogância em si. Isso ocorre em alguns contextos, diante dos quais a arrogância não necessariamente se apresenta. É necessário diferenciar. Um comportamento arrogante traz consigo uma série de características, como a presunção, a soberba e a vaidade excessiva.

Algumas pessoas recebem um reconhecimento social adequado, por parte da sociedade, em virtude de vários comportamentos realizados. Nessas situações, não há arrogância em se oferecer um comportamento distinto. A arrogância traz consigo uma ausência de justiça, uma ausência de correspondência entre o comportamento esperado e as condutas realizadas diariamente.

Normalmente, pessoas com comportamento arrogante são mal vistas pela sociedade, sendo déspotas e tiranos. Muitas vezes, atuam com um excesso de autoridade, com um autoritarismo que se torna desagradável. O arrogante se sente o centro das atenções, agindo de modo a interferir negativamente no contexto estabelecido. A pessoa arrogante, acima de tudo, age com falta de respeito e consideração ao próximo.

Por estas e outras características, é importante evitar um comportamento arrogante, para poder estabelecer conexões mais verdadeiras e positivas com a sociedade. O respeito ao próximo e a interação social sadias são pressupostos básicos de qualquer convivência social.

arrogante

Orgulho exacerbado

A arrogância caracteriza-se por um orgulho exagerado, uma sensação de superioridade, que resulta ser falsa e irreal. A arrogância mostra um sinal claro de fraqueza interna, na realidade. Importante citar que a arrogância diferencia-se claramente da auto-estima e da sensação de auto-confiança, que são elementos favoráveis e que ajudam a formar comportamentos positivos.

A arrogância relaciona-se com uma sensação sincera e irreal da realidade, a partir de um conceito deturpado de superioridade e de falta de compreensão e de bom senso.

A arrogância corresponde a um padrão de comportamento doente e que demonstra falta de saúde mental, especialmente em casos mais graves.

Pessoas que sofrem algum tipo de delírio de grandeza, megalomania, dentre outros, são pessoas que se apresentam de uma forma arrogante socialmente. A arrogância está relacionada a essa falsa sensação de superioridade.

A dificuldade em lidar com pessoas arrogantes

Ao lidar com uma pessoa com características arrogantes, o indivíduo e o grupo tendem a se sentir menosprezados socialmente. Existem diversas dificuldades associadas a arrogância, partindo da falta de bom senso do arrogante, aliada a sua percepção irreal e incorreta da realidade, atingindo outros elementos igualmente perigosos e prejudiciais, como a acidez dos comentários, o cinismo e a falta de bom humor e espiritualidade para lidar com situações.

Um arrogante não gosta de ser contrariado, sendo esta a sua principal característica. A suposta auto-confiança apresentada pelo arrogante cai por terra quando o mesmo recebe alguma crítica ou feedback negativo. O arrogante não gosta de receber críticas, não as aceita, justamente por acreditar ser incongruente ser criticado por alguém que é considerado inferior e menos importante do que ele.

A falta de humildade é uma das principais características de uma pessoa arrogante. Ao assumir uma conduta mais humilde, a pessoa arrogante se sente gravemente lesada, pois acha que está sendo podada, diminuída, de alguma forma. Quem é arrogante não aceita se sentir inferior ou até mesmo do mesmo nível de outras pessoas.

arrogante

Egocentrismo e falta de autoestima

O egocentrismo e a falta de autoestima são dois elementos vinculados a arrogância. As pessoas egocêntricas são aquelas que acham que podem tudo, pois se consideram o centro do mundo, literalmente. Alguém egocêntrico não tem espaço para compreender o que se passa com o outro, considerando uma perda de tempo essa análise. O egocêntrico vive em função de seu próprio mundo, seus medos, suas angústias e seus caprichos.

Vinculado ao egocentrismo e a arrogância, está a falta de autoestima. Pessoas arrogantes precisam ser bajuladas a todo tempo e criam uma falta sensação de superioridade para poder compreender o mundo de uma forma distorcida. O objetivo é criar algum mecanismo de defesa, para suprir as suas fragilidades, expostas constantemente na sociedade e em seu próprio universo particular.

Você gostou do nosso texto sobre arrogância? Então aproveite o nosso site e veja outros conceitos e definições interessantes, como pleonasmo e depressão.

Ser arrogante não combina com conhecimento e sabedoria. Até a próxima!

 

About the author

yasmin