Expressões em inglês

Book rosa é “só” um livro rosa? Saiba tudo aqui

Book rosa

Esse é o assunto que ganhou impulsionamento anos atrás com uma novela que abordou o assunto, mas a prática é antiga, muitas modelos e celebridades de toda espécie iniciaram suas carreiras frequentando o universo dos que se inscrevem no book rosa, bendito para uns, famigerado para outros.

Book rosa rende polêmica e pode pegar, e provavelmente já pegou, muita gente de surpresa, principalmente as jovens sonhadoras em fazer a vida na cidade grande e tentar obter alguma subsistência aproveitando a generosidade que a mãe natureza as concedeu em abundância: a beleza.

Mas do que se trata o book rosa, qual é a causa de sua polêmica, porque é preciso ter ciência de suas condições e existências antes de se dirigir a uma agência de modelos, quais são as vantagens e desvantagens de se inscrever em um book rosa?

Todas essas dúvidas a respeito do tema serão abordadas e esclarecidas a seguir.

Para descobrir e saber mais detalhes sobre o que é book rosa, confira os tópicos abaixo.

Siga na leitura!

Trabalhos na agência de modelo

A mulher se olha no espelho e nota que o seu reflexo está quase saindo do objeto para tentar abraça-la e beijá-la de tão bonita que a considera. A mulher sai na rua e provoca uma batida de trânsito, enfarta o seu Jeremias da esquina, faz capotar o guarda de trânsito. O que a faz suspeitar de que é dona de beleza especial.

Com tal percepção pensa: “Eu posso ser modelo”. E se dirige para uma agência de modelo para fazer uma entrevista, montar um book de fotos e informar para que tipo de trabalho está disposta a fazer uma vez sendo inclusa no catálogo de profissionais da agência.

Esses trabalhos incluem posar para fotos que vão sair em revistas dos mais diversos gêneros, posar para fotos de publicidade, desde painel gigante em uma das principais avenidas da cidade para uma marca de cosméticos de renome a banner de fachada de ótica de interior praiano, figuração em programas de TV e filmes e participação em eventos, feiras, estandes, premiações, seja para fazer recepção ou entregar troféus a premiados.

Até aí, tudo bem, tudo certo. Tá tranquilo, tá favorável. É o que se espera mesmo de trabalho de agências de modelo, certo? Está tudo no script.

Mas…

No meio dessa entrevista de avaliação e da definição de tipos de trabalho que gostaria de participar, pode parecer o tão falado book rosa, que em algumas agências é citado como “ficha rosa” ou “papel rosa”.

Não é o caso da avaliadora pegar o book rosa jogar na sua cara e sair correndo. Não, ela vai perguntar se tem interesse, se está disposta a se inscrever, a integrar a lista de filiados, de agenciados no book rosa.

É uma simbologia para simplificar, sintetizar, abordar ligeiramente um assunto indigesto para alguns, trabalhar com entrelinhas, subtexto.

E o que se deve dizer diante da questão do book rosa?

O que vai significar um sim e um não? Quais vão ser as consequências de cada caminho?

Book rosa

Book rosa: o caminho do não

Se na fase da entrevista ao se deparar com o book rosa, ou ficha rosa ou papel rosa e sua resposta for, não, muito obrigado, seja por conhecer exatamente do que se trata o assunto ou por não fazer ideia do que seja, a sua vida na agência vai seguir normalmente, os clientes que a quiserem contratar para os serviços que manifestou interesse aparecerão, conforme consegue se destacar. Ocorre que a sua vida vai ser mais difícil em termos econômicos. Não que vá ganhar uma mixaria por trabalho, mas será menos do que as que participam do book rosa.

Sim, esse é uma das diferenças do book rosa em relação aos demais, ao azul ou branco, a grana, o dinheiro é mais polpudo no book rosa.

Mas certamente não é a única e nem principal diferença em relação as demais categorias.

Book rosa: o caminho do sim

No momento da apresentação, da introdução do assunto book rosa na entrevista disser sim, tudo bem, sem problema, está disposta, o que vai ocorrer?

O procedimento vai ser o mesmo, será cadastrada, aparecerá no site da agência, os clientes da área que pretende atuar entrarão em contato, proporão contratos, comissão etc. O que muda é o seguinte: como dito, as comissões, o valor da diária serão maiores, mas o trabalho também.

Além de participar do evento durante o dia precisará estender o trabalho para a noite, para a madrugada, enfim, depende do tipo de evento. Essa extensão de trabalho inclui fazer companhia ao cliente, atender todas as suas vontades.

Como ser mais direto sem perder a elegância? É o desafio que se apresenta para o redator…

O book rosa significa que a modelo está disposta, além de fazer o trabalho típico de toda profissional do ramo, ampliar suas atividades para atender os prazeres sexuais da clientela.

Uma prostituição?

Depende do ponto de vista.

Não, depende nada.

É.

É uma modalidade de prostituição, não há outro qualificativo. O cidadão aluga o corpo da modelo para trabalhar o dia inteiro e depois traçá-la a noite. Em qualquer lugar do planeta isso é considerado o quê? E por que aqui seria diferente? O fato de vir de uma agência não muda a natureza da atividade, uma relação mercantilista envolvendo o corpo de uma pessoa incluindo atividades sexuais.

Alguns se escandalizam com essa prática simbolizada no book rosa, outros não. E a parte do não é muito convencida pela grana. Uma modelo book rosa costuma ganhar em média R$ 700 por evento, por dia, enquanto outras que optam pelo book branco, que nada mais é do que afirmar que não estão dispostas a dormir com clientes, ganham, em início de carreira uns R$ 200, R$ 250 por evento.

Book rosa

São todas as agências que trabalham com book rosa?

Não. Faltam números exatos, mas percebe-se claramente que book rosa não é um padrão, uma obrigatoriedade no serviço de agenciamento de modelos, essa questão é bem variável, algumas agências trabalham, outras não.

O importante é que, uma vez indagada a respeito de book rosa nesse ambiente, ter ciência de seu significado e considerar todas as implicações antes da tomada de decisão.

Gostou desse conteúdo sobre book rosa?

Então curta, avalie, compartilhe.

Seu apoio faz toda a diferença.

Leia mais de nosso conteúdo.