Expressões em árabe

O que é um Harém? Quais os significados?

O significado mais conhecido da palavra harém é um substantivo masculino que tem orgiem no árabe, harãm, que tem como significado “lugar sagrado”.

De acordo com os significados apresentados no dicionário da língua portuguesa ela é utilizada para se referir:

  • A uma parte da casa que é reservada apenas para as mulheres do sultão;
  • Ao conjunto de mulheres (legítimas, parentes, serviçais e concubinas) de uma casa;
  • A um grupo de mulheres que estão associadas a um único homem.

As mulheres que pertencem ao harém são conhecidas por odaliscas ou cocumbinas.

Já o outro significado está relacionado aos animes e mangás, muito presentes na cultura japonesa.

Como ele é visto na cultura árabe

Na cultura árabe, a palavra harém é utilizada para descrever uma parte da casa reservada somente para mulheres. Somente o dono da casa e as pessoas da família é que tem acesso a ela. O acesso não apenas de outros homens, mas de pessoas de fora desta família é totalmente proibido, sejam elas crianças ou até mesmo outras mulheres.

Ele se refere a um grupo de mulheres que moram na mesma casa, no mesmo lar. Elas podem viver sob um regime de matrimônio que seja poligâmico e que tenha as suas próprias regras.

O que é a poligamia

Brevemente, a poligamia é um termo utilizado para descrever uma forma de casamento. Neste tipo de matrimônio um pessoa possui vários cônjuges ao mesmo tempo. Ou seja, uma homem pode possuir várias esposas, sendo esta a forma mais comum, sobre tudo na África. Mas também há as situações em que uma mulher possui vários maridos.

O sentido figurado de harém

A palavra também possui um sentido figurado, que quer dizer “casas de prostituição”.

O harém em outras culturas

Proibições

Nos países de cultura islâmica e muçulmana o harém é terminantemente proibido. Algumas exceções ocorrem na Árabia Saudita e em determinadas regiões que pertencem ao Golfo Pérsico.

Casa da felicidade

O termo “Casa da Felicidade” é utilizado para se referir aos haréns em algumas culturas. Isto porque, o homem que é dono do harém precisa satisfazer sexualmente à todas as mulheres. Além disto, estas mulheres estão à disposição do dono do harém, que teria uma forma de “poder divino” sobre elas.

A visão ocidental

Já para a visão ocidental, um harém também pode ser algo semelhante a um oásis no deserto. Isto que dizer que é um lugar dito como místico e sagrado, repleto de tranquilidade, luxúria e prazer.

Como funcionava um harém?

Os homens que eram donos de harém eram os sultões (ou reis) e eles eram extremamente ricos. Isto porque era necessário despender uma grande quantia de dinheiro para sustentar todas as mulheres que formavam o seu harém. O maior deles que se tem relatos na história é o do palácio de Topkapi, localizado em Istambul, e que chegou a abrigar 1000 mulheres.

Um dos principais objetivos eram que com muitas mulheres, o rei teria maiores chances de deixar um herdeiro. E com isso o seu reinado continuaria ainda por muitos e muitos anos. Ao nascerem, os herdeiros do trono viviam no harém, junto de suas mãe. Eles saiam apenas por volta dos 14 e 16 anos, quando eram enviados para outras localizados do reino. Com esta idade, eles já poderiam formar o seu próprio harém.

Cada uma das mulheres deveriam receber um “dote”, que é uma espécie de herança que é dada a elas pelo dono do harém. Tanto é que, de acordo com a história, o Sultão Ibrahim, acabou com a sua riqueza comprando presentes para as suas mulheres. Ele gostava de ver as suas mulheres cobertas de luxos. Isto fez com que a sua riqueza fosse utilizada, quase que em sua totalidade, apenas para agradar às suas mulheres.

A administração do harém é realizada pelos chamados eunucos. Os eunucos são homens que foram castrados e que não possuem órgão genital. A castração faz com que eles não tenham nenhum tipo de desejo sexual pelas mulheres do dono do harém.

A cada noite, apenas uma das mulheres era escolhida para se deitar na cama do sultão a cada noite. Portanto, o fato de algumas pessoas ligarem um harém à orgia é totalmente incabido e não corresponde ao que realmente aconteceu.

O outro significado da palavra harém

Um significado completamente diferente que foi atribuído à palavra harém pela cultura japonesa. Ela e ser utilizada para determinar um gênero de mangá e anime, que são revistas em quadrinhos e desenhos animados, respectivamente.

Neste caso, a palavra pode definir tanto personagens masculinos quanto femininos. E durante a história este personagem estará sempre rodeado por muitos outros personagens que sejam do sexo oposto. Este tipo de anime ou mangá são classificados como histórias de comédia romântica.

Diante deste cenário, algumas pessoas podem ser levadas a pensar que há algum tipo de fetiche ou de conotação sexual neste animes. Entretanto, a história pode ser contada sem que haja necessariamente algum tipo de atração entre os personagens. Ninguém precisa estar interessado em ninguém. Apesar do principal foco dos animes e mangás ser justamente contar uma história cômica sobre outros personagens, incluindo diversas situações que são embaraçosas.

O harém inverso

No anime há o tipo de história que é chama de harém inverso. Nelas o personagem principal é sempre uma mulher e há muitos personagens masculinos interessados nela.

Porém, neste caso, o anime ou mangá levam outro nome, que é shoujo, que tem por significado desenhos para meninas adolescentes.

 

Diga-nos o que você achou deste artigo. Se por acaso você ainda estiver com alguma dúvida sobre quais são os significados de harém, deixe a sua mensagem abaixo que nós te ajudaremos. E não se esqueça de compartilhar este artigo nas suas redes sociais.