Língua Portuguesa

Alusão trata-se de mencionar algo ou alguém

Alusão

Se você está lendo esse texto, deve estar curioso para saber o que é alusão, não é mesmo? Esse conceito que se origina da família do verbo aludir é muito utilizado na nossa linguagem. Entenda mais a seguir sobre esse intertexto e qual a maneira correta de utilizá-lo, sem errar.

Saber se comunicar de maneira correta tanto verbalmente, quanto por escrito é muito importante para que você consiga se dar bem no mundo dos negócios. Afinal de contas, saber se vender para o seu chefe é uma carta na manga na hora de receber aquela promoção que tanto estava esperando.

As empresas estão investindo pesado no setor de comunicação, observe que é justamente no setor de marketing que elas concentram uma boa parte de seus investimentos. E porque isso acontece?

Para conquistar mais clientes e chamar mais atenção das pessoas, assim a marca se solidifica mais rapidamente.

Infelizmente, os brasileiros não possuem um nível educacional muito alto, e isso é muito ruim! Mas, isso não deve se tornar uma desculpa para que o uso da língua seja feito de modo errado. Existem inúmeros materiais disponíveis na internet que facilita o entendimento.

Hoje, por exemplo, você vai saber exatamente o que é alusão e onde utilizar essa expressão corretamente.

Imagina, um erro em algum documento, por exemplo, pode ser muito prejudicial. Além, de demonstrar que você não domina a língua, pode dar a impressão de desleixo. Portanto, preste atenção em todos os detalhes.

Entenda o que é alusão

A alusão é facilmente notada quando surge algum tipo de citação ou referência ao longo do texto. Ele é uma espécie de intertexto, ou seja, um texto que consegue se relacionar com outro de maneira implícita ou explícita.

Sua origem vem do verbo aludir que significa, designar, referir-se a algo ou alguma pessoa, assinalar.

Para entender melhor, alusão são indicações sobre algo. Por exemplo, se um jornalista em época de eleição, faz uma matéria sobre todo esse processo eleitoral. Podemos dizer que ele está fazendo alusão sobre esses fatos.

Quando nos expressamos através da linguagem, utilizando alguém ou algo, por conseguinte, isso estará suscetível a alusão.

Por conta disso, é possível mencionar pessoas, fatos, trabalhos, acontecimentos, celebridades, etc.

Olhando por uma visão mais retórica, a alusão é considerada uma passagem de figura literária, apontando um conteúdo indiretamente para um conceito. Neste caso, ela sugere de modo insinuante, outro significado.

Alusão

Conheça alguns sinônimos de alusão

Existem alguns sinônimos de alusão que também são muito utilizados. A seguir você confere alguns exemplos. Veja:

  • Comentário;
  • Avaliação.
  • Insinuação;
  • Referimento;
  • Indireta;
  • Comparação;
  • Referência;
  • Citação;
  • Observação;
  • Menção.

Exemplo de frases com alusão

Nas frases a seguir vamos identificar a presença da alusão em todas elas. Confira a seguir alguns desses exemplos.

1 – Ganhei um presente de grego

Essa expressão faz alusão a um cavalo de madeira que estava repleto de soldados escondidos, que os gregos justamente deram aos troianos.

Os troianos pensaram que era um presente, mas não era, pois estava lotado de soldados. Essa passagem aconteceu justamente na Guerra de Troia.

2 – Meu computador está com um cavalo de Troia

Este malware é muito comum nos computadores infectados. Ele surge quando é feito algum download. Junto com o programa baixado, surgem diversos vírus prejudiciais no seu sistema.

Esta expressão também foi adotada fazendo-se referência ao presente que os gregos deram aos troianos. Você pensa que está baixando uma coisa boa para o seu computador e no fundo, está enchendo-o de vírus.

Nesses dois exemplos acima, você consegue perceber que a alusão é considerada um recurso estilístico. Ou seja, ela traz uma associação e comparação de ideias. Para que de fato o leitor entenda o que leu é preciso ativar a sua memória e com isso, relembrar alguns conhecimentos anteriores que já foram adquiridos. Para isso, é preciso fazer associações e comparações de fatos.

Para que você entenda melhor é simples, nessas duas passagens acima, quem não souber nada sobre a Guerra de Troia, não vai entender muito bem a mensagem por trás da frase.

Esse leitor então, deve fazer uma alusão sobre esses fatos e então corresponde-los para entender melhor o que está sendo transmitido.

O que é intertextualidade?

Intertextualidade é quando ocorre uma relação entre dois textos. Ou seja, quando um texto consegue influenciar o outro, principalmente no momento da sua criação.

Ela pode ocorrer de diferentes formas, em gêneros como poesia, prosa, na música, na pintura, em imagens, etc.

Ela está muito presente na vida de diferentes autores, principalmente quando eles utilizam textos que já existem e que são reconhecidos. Esses textos são chamados de textos fontes e servem para que novos textos sejam criados.

Intertextualidade e alusão

Como você observou, a alusão é quando acontece algum tipo de citação ou referência ao longo do texto ou frase. É como se ela fosse uma espécie de intertexto, ou seja, quando um se relaciona com o outro. Essa relação pode ser explícita ou implícita.

Conheça os tipos de intertextualidades

Além da alusão que você aprendeu ao longo desse texto, você vai aprender os outros tipos de intertextualidades que existem. Confira a seguir:

Citação

Citação nada mais é do que uma referência feita a um discurso de outrem dentro do texto. Geralmente, apresenta-se com aspas seguida do nome do autor.

Tradução

Tradução é quando um texto é readequado em outra língua. Por exemplo, quando um livro é traduzido do espanhol para o português.

Paráfrase

Essa intertextualidade é quando um texto que já existe é reinventado pelo escritor. O conteúdo é repetido, com outros termos, porém preservando toda a ideia inicial. Paráfrase tem origem no grego “para-phrasis”, que significa reproduzir uma frase.

Epígrafe

Esse texto tem a função de abrir alguma narrativa, ele é uma introdução escrita que consegue sintetizar toda a filosofia de um escritor.

Paródia

Nesse tipo de intertextualidade, a paródia é quando um escritor se apropria de algum discurso, e se opõe totalmente a ele. Ocorre muitas vezes uma crítica excessiva ao texto pelo simples desejo de criticá-lo.

Bricolagem

Bricolagem é simplesmente o ato de se criar um texto a partir de outro que já existe. É muito utilizado na música, pintura e literatura.

Pastiche

Pastiche significa basicamente uma espécie de montagem ou colagem, é como se fosse uma colcha de retalhos. Deriva-se do latim pasticium.

Referência

Não existe um indicativo direto do evento pelo escritor, ele apenas insinua. Essa insinuação é feita através do destaque das qualidades não tão importantes ou alegorias.

Depois de ler esse texto, você aprender que a alusão é um tipo de intertexto e acontece somente quando um autor faz uma citação ou referência a um outro texto que já existe.