Geral

Caráter: significado e origem da palavra

Caráter

Pesquisar o significado e a origem da palavra caráter é bem propício para o momento que vivemos, onde se escancara que estamos rodeados por cidadãos que, definitivamente, não têm caráter ou um bom caráter.

De tanto ouvir falar, você já pode ter compreendido ou intuir que o termo é utilizado em expressões para definir que tal fulano ou fulana é boa ou má pessoa, mas o que significa exatamente esse vocábulo? Porque é empregado para designar boas ou más virtudes de um individuo? Qual a sua origem?

É para responder a essas questões envolvendo a palavra caráter que preparamos este post.

Continue na leitura para saber mais a respeito da palavra caráter.

A origem

Comecemos pela origem da palavra caráter. Ela remonta a língua mais célebre dos tempos antigos e que hoje se encontra morta, mas de tanto que é citada e usada em artigos acadêmicos não é absurdo ponderar que talvez esteja mais viva do que outras que não foram oficialmente sepultadas, especialmente as de origem indígena: estamos falando do latim.

A palavra “caráter” neste idioma milenar era representado como “character” e significava “marca gravada”, “sulcada”. Definição parecida do termo em grego, “Kharakter”, que significa: “marca”, “ferramenta de marcar”.

Caráter

Curioso, não? Como um termo que na sua origem era usado para apontar uma marca, que algo foi marcado ou um objeto que marcava o solo passou a ser usado para identificar se um cidadão é uma boa ou má pessoa?

Para entender essa ligação com o significado que é mais popular e empregado nos nossos dias, vamos entender o que esse termo representa nas áreas em que é utilizado para apontar as virtudes de uma pessoa ou outras características.

Na psicologia

Em se tratando de psicologia, a palavra caráter é usada como se fosse um termo “mãe” que agrupa outros, um coletivo para determinar a natureza de um conjunto de ações, características de um indivíduo sobre o seu modo de agir, de se comportar diante de determinadas situações.

Pense na série de atitudes e conhecimentos que você observa para determinar se uma pessoa é inteligente ou ignorante. O adjetivo sela uma série de impressões sobre o comportamento que você analisa da pessoa quantos as habilidades e capacidades cognitivas que detêm. Processo parecido é usado na psicologia para determinar a índole de uma pessoa, o seu temperamento, a sua moralidade, as virtudes, os defeitos, a firmeza e coerência de suas atitudes.

Esse conjunto de qualidades, sejam positivas ou negativas, é referido como caráter.

Quais são os critérios para se definir o caráter de uma pessoa?

A forma de classificação do caráter de um indivíduo usa de normas objetivas e consideradas pontos pacíficos pela coletividade sobre o que é aceitável ou não, sobre o que é benéfico ou nocivo para a vida em sociedade.

Por exemplo, desonestidade não é algo positivo, certo? Mentir para alguém, aplicar um golpe, obter vantagem prejudicando uma pessoa, revela traços egoístas e falta de empatia, de consideração sobre a perda, o dano físico e psicológico, que irá causar a parte prejudicada.

Para avaliar a honestidade ou a falta de, faz-se testes a colocando em situação em que deixe abertas duas possibilidades: trapacear e obter ganho mais rápido e lucrativo, mas prejudicando um semelhante, ou suportar pequenos contratempos para se atingir um objetivo, mas mantendo sua integridade? O que dá mais importância, vantagem ou honra?

Um bom exercício para avaliar o caráter de uma pessoa é testar a firmeza e coerência de suas atitudes em comparação ao que fala. Palavras podem submergir a verdade, já os atos, sempre a desnudam.

Um exemplo, declarar ser totalmente contrário a prática de tortura, ser a favor do perdão, de amor ao próximo e até de seus inimigos, mas endossar apoio, ainda que tímido, de forma cúmplice, a pessoas que reiteradamente se mostram favoráveis a tal prática hedionda.

O que isso demonstra? Que o ponto “A” não liga com o ponto “B”, que além de não ter empatia com os seus semelhantes é um tremendo hipócrita.

Na religião

Em segmentos religiosos, caráter é mais comumente usado como forma de distinção, de apontar um elegido, um convertido, pois faz referência a uma marca de teor espiritual adquirida por via do sacramento de rituais como o batismo, crisma, ordem etc.

Caráter

Na biologia

Em áreas relacionadas a ciências, como o campo da biologia, caráter é empregado para indicar diferentes aspectos fisiológicos e morfológicos de uma mesma família de espécie de seres ou de diversas. É também uma forma de distinção, identificação de tipos.

A metáfora

Ficou claro que a palavra caráter não é aplicada de forma literal a sua definição de origem em áreas como a psicologia e religião, pois nestes casos o termo é evocado como uma forma de se fazer uma metáfora com o seu sentido original.

Pois há várias formas de se deixar uma marca e nem todas precisam ser tangíveis, físicas, concretas. Quando dissemos que tal pessoa tem uma personalidade marcante estamos querendo dizer o que com isso? Que de alguma forma o jeito de ser de fulano deixou uma marca na parede ou no asfalto? Claro que não, mas que suas atitudes, o seu jeito de ser, geram impressões que ficam gravadas na sua lembrança.

O caráter seria empregado como uma forma de apontar qual seria a característica ou características mais marcantes de um ser, qual a “marca” que deixa nas pessoas com quem convive.

Considerações finais

Caráter é vocábulo que vem do latim “character”, que significa “marca gravada”, “sulcada”. Definição parecida com o termo em grego “Karakter”, que representa “marca”, “ferramenta de gravar”.

A palavra passou a ser associada para definir as virtudes de um indivíduo em áreas como a psicologia, que a usa de forma metafórica, como um meio de definir um conjunto de ações sobre a maneira de agir de uma pessoa, os princípios morais que a regem, a firmeza e coerência de suas atitudes, de ressaltar quais são as suas características mais marcantes, qual a sua “marca” mais visível perante o social, ante as pessoas com quem convive.

Gostou do conteúdo?

Então curta, compartilhe, avalie.

Seu apoio é muito importante para nós.

Leia mais de nossa sessão de língua portuguesa.