Medicina

Significado de sociopata: saiba o que quer dizer esse termo

Significado de sociopata

O que é?

Sociopata é um indivíduo que sofre com uma psicopatologia chamada sociopatia (classificada dentro da categoria dos transtornos de personalidade) e que demonstra um comportamento impulsivo, antissocial e hostil.

Definição:

  • Sinônimos: Antissocial, violento, agressor, serial killer.
  • Antônimos: Sociável.
  • Classe gramatical: Substantivo de dois gêneros e adjetivo de dois gêneros.

Entenda mais sobre o que significa sociopata

De acordo com o livro “The Sociopath Next Door”, de autoria da psicóloga de Harvard Martha Stout, uma em cada 25 pessoas é sociopata. A sociopatia é uma patologia classificada dentro da categoria de transtorno de personalidade.

Dentre as principais características de um indivíduo que sofre com essa doença estão uma personalidade marcada por egocentrismo exagerado, capaz de levar a uma desconsideração em relação às opiniões e sentimentos dos outros. Além disso, quem sofre com esse distúrbio mental demonstra um comportamento antissocial, falta de remorso ou arrependimento, além da dificuldade em criar laços afetivos ou sentir amor pelos que estão ao seu redor.

Por outro lado, um sociopata não é alguém que tenha apego a valores morais e, portanto, é habilidoso em simular sentimentos para conseguir manipular outros indivíduos. Para isso, ele usa de algumas artimanhas, como um carisma sedutor e várias mentiras, para extrair das outras pessoas tudo aquilo que precisa.

E o sociopata faz isso com muita autoconfiança, já que ele acredita estar sempre à frente das situações e gosta de subestimar a capacidade e habilidades dos outros.

Além disso, a irresponsabilidade do sociopata não costuma ser alterada, por mais que ele seja pego. A pessoa que sofre desse transtorno sempre achará que está certo e que não há nada de errado em sua conduta. É por este motivo que um sociopata que se torna criminoso sempre representa um perigo para a sociedade durante toda a sua vida, já que não existe cura para essa patologia.

Isto é, ele nunca pretende a agir segundo as normas e sempre que necessário repete as suas atitudes danosas. Outra característica muito comum em sociopatas é a incapacidade de controlar emoções negativas, o que acaba afetando as possibilidades de um relacionamento estável com outros indivíduos.

Apesar de a sociopatia não ter cura, os seus efeitos podem ser amenizados através de um tratamento chamado psicoterapia e de medicamentos. E se você já ouviu a expressão sociopata funcional, ela refere-se a um indivíduo que, apesar de sofrer dessa doença, consegue controlar a situação, não permitindo que efeitos da sociopatia afetem a sua interação com outras pessoas.

Qual é a diferença de sociopata e psicopata?

Apesar de se tratarem de dois transtornos antissociais e, por esta razão, possuírem algumas características semelhantes – como o desprezo por normais sociais, leis e direitos de outras pessoas, além da falta de comportamento violento e sentimento de culpa -, existem algumas diferenças entre essas duas doenças.

De acordo com o Manual de Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais, uma das principais delas é que normalmente os psicopatas são pessoas bastante populares e encantadoras, que chegam até a exercer cargos de liderança e atrair pessoas para elas próprias.

Já um sociopata não é muito bom em relações sociais, sendo classificado quase sempre como um indivíduo antissocial. Mesmo assim, o sociopata consegue fingir ou forçar sentimentos, aparentando estar à vontade ou contente quando, na verdade, não está.

Por outro lado, o psicopata sempre está confortável em grupos, enxergando em cada situação uma oportunidade para manipular as outras pessoas para o seu próprio benefício.

Esse artigo foi útil para você? Então, compartilhe-o nas redes sociais para que outras pessoas o vejam!

Até a próxima…