Expressões em inglês

Significado de voucher: o que é e qual a sua utilidade?

São tantos termos estrangeiros na nossa língua, especialmente relacionados a negócios, operações financeiras que não é difícil ficamos em dúvida do que se tratam, principalmente se for o caso de não ter domínio da língua estrangeira em questão. É comum ouvirmos termos como Black friday, ticket, score, premium, gold, diamond. Mas esses termos são bem frequentes e, por isso, populares. Um que já gozou de alta popularidade, mas caiu um pouco em desuso, porém ainda é bem utilizado é o voucher.

Voucher? O que significa esse termo? Em que contexto é utilizado?

Já respondendo a última questão, voucher é usado tanto em relações comerciais, empresa/consumidor, como nas relações trabalhistas, empregado e patrão. Certamente é nesse contexto que se deparará com esse termo inglês.

Veja também – Significado de sugar baby

Mas qual a sua aplicação? Quais as vantagens, as praticidades de se ter, receber um voucher?

Todas essas questões relacionadas a esse documento de crédito serão respondidas a seguir nos tópicos abaixo do presente artigo.

Prossiga na leitura.

Confira!

O significado de voucher

Pegando o significado, a definição do termo em seu idioma original, vemos que voucher seria o mesmo que “confirmar”, “atestar”.

Apesar da palavra conter as vogais “o” e “u”, em inglês elas recebem pronúncia diferente nesse caso, em especial a vogal “o” que na pronúncia é substituída pela vogal “a”, se lendo “vaucher”.

Se considerarmos que é uma palavra comumente utilizada em operações financeiras, relações comerciais, em que sentindo um procedimento com esse nome poderia ser empregado, qual destinação, uso se poderia fazer?

É o que discorreremos mais a seguir.

voucher

Usando o voucher

Sabe quando você recebe uma espécie de comprovante de pagamento que lhe permite o acesso para determinados eventos, obtenção de descontos, o benefício de algum exercício ou troca por bilhetes de acesso? Isso seria o voucher.

Por exemplo, você precisa viajar, seja para negócio ou para curtir as férias, e precisa passar as noites em um hotel. Você reserva um quarto no hotel que lhe parece mais conveniente, faz o acerto financeiro e recebe um comprovante de pagamento para atestar no local que reservou um quarto e já pagou pelo serviço, garantido sua entrada no estabelecimento.

Ou você quer muito acompanhar um show de sua banda preferida, que pela 3º anunciou que vai se aposentar e algo lhe diz que realmente isso vai ocorrer, que não é mais um blefe. O baterista já passou por três enfartes, o guitarrista sofreu um derrame e perdeu a capacidade da fala, o vocalista depois da segunda overdose de drogas só saber gritar “hodor”, então há indícios sólidos que dessa vez ou a banda vai parar por livre espontânea vontade ou a natureza irá fazer o serviço por ela. Seja como for, é um show que não pode perder. Você compra os ingressos e recebe como comprovação de investimento as entradas para apresentar no local.

A mesma dinâmica ocorre para se usufruir serviços, passeios, em parques de diversões. Após pagar o preço para entrar no ambiente e ter acesso a todos os brinquedos com potencial de diverti-lo imensamente ou te matar em poucos segundos, recebe da bilheteria as chamadas entradas para apresentar na portaria do parque.

Esses papeis, esses comprovantes de pagamento, é o chamado voucher. Ele tem um valor de um documento, um título, um recibo que informa a parte interessada, responsável de conferir, controlar a entrada e saída de usuários, clientes, no estabelecimento de que o portador de tal papel está autorizado pela central de finanças da empresa a acessar e usufruir dos serviços pelos quais adquiriu ao realizar a compra.

É comum que ocorra a troca do voucher por tickets, ingressos oficiais recebidos na recepção para autorizar a entrada do público pagante.

Contudo, o voucher também pode ser outorgado como forma de se fornecer desconto na adquirição de um serviço ou produto.

A lógica é a mesma. Quem recebe o documento tem a informação de que o título representa um valor. Nesse caso, um valor que não é o suficiente para garantir a liberação imediata do uso de um produto ou serviço, mas o de conceder um abatimento do valor do preço total.

Tem sido muito recorrente a prática de promoção em sites virtuais que fornecem um voucher em forma de código que geram um desconto ao serem digitados em campos específicos.

voucher

Mundo digital

Apesar de ser uma prática ainda muito corrente, esse tipo de transação comercial, esse modus operandi é bem típico da era antes do desenvolvimento tecnológico, nesse caso leia-se digital, onde era somente possível esse tipo de procedimento para viabilizar a operação de venda e controle de entrada de serviços. Mas com a era digital a todo vapor, novas soluções foram pensadas visando a facilitar, a tornar mais prática a vida do consumidor.

Quem nunca enfrentou problemas de encontrar os ingressos na hora “H”, mesmo que tenha sido por segundos de procura, mas que pareceram minutos torturantes para encontrar a documentação de entrada? Mesmo que a ausência não impeça a liberação é sempre necessária uma burocracia de consulta de dados, contato com setores responsáveis, enfim, é sempre uma perda de tempo. Com os dispositivos móveis esse problema tem sido contornado, pois muito aplicativos de sites de vendas de serviços já fazem o trabalho de armazenar o voucher online para que o cliente sempre tenha em mãos quando necessário.

Uma possibilidade interessante caso a empresa não tenha aplicativo é utilizar os serviços de armazenamento de dados em nuvem, como Google Drive, Dropbox, ou Icloud. Com esses aparatos de armazenamento de dados online, você pode salvar o voucher como arquivo em PDF e sempre que precisar utilizá-los, seja para fazer impressão ou para exibir aos que solicitam a apresentação do documento, ter fácil acesso ao título.

Ainda assim, por garantia, a maioria continua a fazer a impressão de voucher.

Voucher no trabalho

O voucher também pode ser concedido na forma de cartões-benefícios, um benefício que os empregadores fornecem aos funcionários para que estes possam comprar produtos específicos nos estabelecimentos ou máquinas que aceitam o cartão como forma de pagamento.

Gostou desse conteúdo sobre voucher?

Então curta, compartilhe, avalie.

Seu apoio é muito importante para nós.

Leia mais de nosso conteúdo.

About the author

yasmin