Religião

O que é fé? Qual seu significado? Por que é importante?

A palavra vem sendo muito utilizada ultimamente por todos os tipos de pessoas, desde as mais religiosas até as que não possuem nenhum tipo de religião. De acordo com a Bíblia, esta palavrinha tão pequena tem um significado enorme, capaz de levantar qualquer pessoa do chão. Será mesmo? Será que estão usando-a de maneira correta? Vamos entender um pouco mais sobre o seu significado e como emprega-la de maneira correta na nossa vida.

São nas religiões cristãs que essa palavra ganha um poder maior. Tema de diferentes cultos e cerimônias, sua pronúncia é capaz de fazer as pessoas acreditarem no impossível. De acordo com as diversas passagens da bíblia, a fé está sempre ligada a realizações de feitos completamente impossíveis e da ligação do indivíduo com Deus.

Hoje em dia, muitos jovens repetem incansavelmente que possuem uma fé inabalável, mas que não sabem ao certo o que ela significa, muitos inclusive herdam dos pais essa crença em algo que não sabem definir ao certo. Será que eles realmente já experimentaram essa crença em algo completamente impossível?

Afinal de contas, qual o significado de fé?

Basicamente, o significado da palavra fé é crença, confiança e credibilidade em algo que não seja tão evidente. Pode ser algo ou alguém, onde essa crença é depositada de maneira totalmente inquestionável. Mesmo que não haja nada que comprove o poder daquilo que se tenha crença, existem pessoas confiando.

A dúvida não faz parte dos sentimentos das pessoas que possuem essa fé, pois ela vai exatamente ao contrário do que se acredita. Por exemplo, a pessoa está com uma doença muito grave, se ela tiver uma crença absoluta no seu tratamento médico, o andamento do tratamento será mais agradável. Se ela duvidar, esse processo de tratamento pode não ser tão agradável assim.

A palavra fé tem a sua origem do grego e significa basicamente, no ato de acreditar em algo sem questionar, sem ter dúvidas. Em latim, essa palavra significa “fides”, isso quer dizer fidelidade.

No sentido religioso da palavra, ela significa a aceitação positiva dos princípios e da verdade pregada pela religião e por todos os ensinamentos vindos de Deus, mesmo que eles não tenham sido provados ainda. Nos dias de hoje com tanta intolerância religiosa fica fácil identificar uma violência quando ela vem de uma fé cega, inquestionável.

Vemos também de forma clara, a fé empregada pelos cristãos que acreditam na Bíblia e em todos os ensinamentos pregados por Jesus Cristo, como enviado de Deus.

Por que é importante ter fé?

A vida é feita de diversos acontecimentos, nem sempre bons, alguns são bem dolorosos, mas que todos nós estamos sujeitos a passar.

O dom da fé é um dos mais importantes que o ser humano pode ter, pois ele ajuda o ser humano a passar de forma mais branda por todas as circunstâncias dolorosas que acontece na vida. Ele te ajuda a superar essas dificuldades, fazendo você crer em algo que não é muito palpável. Principalmente nos casos de fé religiosa, onde as evidências físicas são tão raras. Raras a ponto de se tornar milagres quando são provadas.

As pessoas que já nascem com esse dom, costumam leva-lo para o resto de suas vidas e aplica-lo em tudo. Segundo especialistas, dificilmente alguém consegue ter fé de forma natural, se não nasceu com ela.

Essa afirmação pode até ser um pouco exagerada, pois existem relatos de pessoas que depois de episódios de quase morte, desenvolveram uma fé inexplicável em algo não palpável.

Dizem que são os sofrimentos que fazem o indivíduo desenvolver esse tipo de sentimento de crença em algo.

Existem religiões muitas vezes, perversas, que acabam prendendo o indivíduo em uma crença que o oprime pelo medo. Nesses casos a fé se torna um sentimento completamente forçado e nem sempre verdadeiro.

Cuidado com a fé cega!

É muito importante antes de alimentarmos a nossa fé em algo, aprendermos a observar com clareza todos os caminhos que nos são apresentados.

Cuidado com a crença cega em alguma coisa que você desconhece, pois existem muita maldade no mundo, onde seres humanos se aproveitam de outros para proliferar a maldade e a exploração.

Não tenha medo de fazer questionamentos, mas principalmente, questionamentos a você mesmo sobre os seus verdadeiros sentimentos.

Muitas vezes pensamos que essa fé cega só pode ser aplicada a crianças ou pessoas consideradas ingênuas, mas acredite não é bem assim e você inclusive pode estar sendo um cego. Quantas vezes você já se apropriou de uma crença passada a você por um familiar? Aposto que inúmeras vezes e o pior, nem questionamos, simplesmente assumimos essa crença como sendo nossa.

É justamente aí que mora o perigo, com tantas informações disponíveis, é preciso conhecer a fundo tal informação que chegue até você antes de apropriá-la.

Faça questionamentos embasados em sua lógica e raciocínio. Analise do começo ao fim, de dentro para fora, se chegar à conclusão que tal crença condiz com o seu interior, então aceite-a e viva de acordo com aquilo que você viu como verdade.

A fé move as montanhas?

Quer saber a verdade mesmo? A resposta é não!

A fé não move as montanhas, mas te ajuda a escalar e ultrapassar todas elas. Essa ideia de que você não precisa fazer nada, basta acreditar em determinadas coisas e pronto, tudo se resolverá, é um sentimento de comodismo grave.

Por mais que você seja uma pessoa cheia de crenças e que acredita cegamente em algo, nada se resolve sozinho. Por exemplo, faz de conta que o seu telhado está com goteira e você fica o dia todo ajoelhada rezando e pedindo para aquilo que você tem fé, vir e consertar.

Sinceramente, você acha mesmo que vai consertar?

É lógico que não!

Você vai ter que chamar um profissional especializado em consertos de telhado. Entendeu? Isso serve para tudo na sua vida. Nesse caso, a sua fé pode ter te ajudado a confiar que você vai conseguir um excelente profissional, mas o primeiro passo, de ir telefonar e contratar o profissional é você que tem que dar.

Portanto, não fique aí esperando as coisas caírem do céu, porque não vão cair, mesmo você tendo a fé mais poderosa do planeta.