Tecnologia

O que é Smart TV? Como funciona? Tem internet? O que mais?

Smart TV

Você com certeza já ouviu falar de uma smart TV. Mas você realmente sabe o que é? Com a tecnologia inovando mais a cada dia, não é difícil se perder nos termos usados para as novas invenções. E apesar de esse tipo de televisão já estar no mercado há algum tempo, o conceito de smart tv pode ainda ser um pouco obscuro para muita gente.

Por isso, se você está pensando em comprar ou apenas tem dúvidas sobre o que é uma smart Tv, continue a leitura deste texto. Nele, você vai também aprender como ela funciona, qual a relação dela com a internet, suas outras funções e, no fim, terá uma ideia melhor a respeito de como escolher aquela que melhor se adapta a você.

Como funciona uma smart tv?

Há muitos anos as televisões têm feito parte do dia a dia de famílias do mundo inteiro. Geralmente, elas têm lugar de destaque nas salas e fazem parte das horas de lazer em que a maioria dos membros da família estão finalmente reunidos.

Como a maioria dos aparelhos domésticos, ao longo dos anos, elas passaram por diversas inovações. Desde a implantação de cores, até o uso de controles remotos, que ficam cada vez mais modernos. Inicialmente, eles necessitavam de fios. Mais tarde, se tornaram realmente remotos. Hoje em dia, podem inclusive ter uma função semelhante aos mouses em algumas Tvs, com um cursor que aparece para onde o usuário aponta.

Já há alguns anos as televisões são capazes de responder a comandos básicos programados em sistemas operacionais que funcionavam sem muita complexidade. Em televisores mais antigos comuns, por exemplo, não era raro que você pudesse programar um tempo para auto-desligamento.

Sistemas cada vez mais modernos

O que aconteceu com a evolução da tecnologia foi que sistemas operacionais mais complexos foram criados para atender uma demanda cada vez maior de clientes. Quanto mais exigentes os consumidores ficavam, mais pressionados os fabricantes se tornavam para atender suas demandas.

Com a criação de sticks e boxes como o Chromecast e a Apple Tv, os usuários começaram a usar seus smartphones para controlar aquilo que seria exibido na televisão. Estes aparelhos ajudaram a trazer um pouco da internet diretamente para a principal tela das casas.

E, com isso, as smart tvs começaram a adaptar os conceitos destes outros aparelhos para que fossem nativos das próprias televisões. Hoje em dia, uma smart TV tem a possibilidade de fazer muito mais, podendo se assemelhar em muitas funções com smartphones, tablets e computadores sem a necessidade de addons. No entanto, ao contrário destes outros produtos, as smart tvs não têm sistemas operacionais considerados “padrão”. Em celulares é comum ouvir os termos “Adroid” e “iOS”. Em computadores, fala-se muito em “Windows”, “Mac” e “Linux”. Os sistemas operacionais destes aparelhos podem ser variados, mas seguem mais ou menos um padrão.

O mesmo, no entanto, não acontece quando o assunto é a smart tv. Os fabricantes têm sistemas operacionais adaptados, podendo inclusive usar mais de um.

Smart TV

Então minha TV pode se tornar um computador?

Apesar das novas liberdades, não é exatamente essa a ideia de uma smart Tv. Elas têm muitas similaridades, mas com sistemas operacionais tão diferentes, é muito difícil que elas um dia tenham tanta liberdade quanto os computadores comuns.

No entanto, alguns dos lados negativos dos computadores podem ser aplicados também à esse tipo de televisão. As smart tvs podem, por exemplo, travar. Algo incomum em aparelhos convencionais e bastante comum em computadores. Outro problema que pode ocorrer em aparelhos mais avançados e que têm câmera e microfones embutidos é a invasão de privacidade. Hackers podem invadir o seu sistema e ganhar acesso aos equipamentos, por exemplo.

Ou seja, apesar de ter muitos pontos positivos, para algumas pessoas as smart tvs podem também apresentar aspectos considerados bastante negativos para outras.

Apps

Assim como tablets, computadores e smartphones, as smart tvs podem ter aplicativos, ou apps disponíveis.

Os tipos de aplicativos e o número deles pode ser variado e, geralmente, essa variedade está atrelada à marca e linha da televisão.

Por exemplo, uma marca mais conhecida, como a Samsung, provavelmente terá mais aplicativos disponíveis que uma marca não tão famosa. Porém, a variedade destes aplicativos será bem maior nas TVs top de linha, enquanto as mais baratas terão um número limitado.

Estes aplicativos podem variar de streaming de filmes e séries, como a Netflix, até jogos básicos e browsers.

Tem conexão com a internet?

A internet é uma das principais funções da smart tv. Porém, ainda é importante que você pesquise bastante antes de fazer a compra. Modelos mais antigos, por exemplo, podem necessitar da compra de um aparelho a parte para que a conexão via WiFi funcione corretamente.

Além disso, é importante estar ciente que mais um aparelho ligado ao WiFi da sua casa, vai utilizar mais do seu plano. Ou seja, é seu plano precisa suportar que os aplicativos que exigem uso da internet funcionem corretamente.

O local onde a sua televisão vai ficar também precisa ter uma boa recepção de sinal WiFi. E, caso a sua antena fique muito longe, é possível comprar um repetidor de sinal para ajudar a melhorar a conexão.

Smart TV

O que mais ela pode oferecer?

Como cada fabricante e modelo tem seu próprio leque de opções em relação a conexões e apps, o que cada uma pode oferecer pode ser muito variável. Por isso, é importante buscar as especificações das televisões que despertarem mais seu interesse e estiverem dentro do seu orçamento.

Alguns modelos mais avançados podem oferecer conexão com assistentes virtuais, como a Alexa da Amazon. O que permite o usuário controlar a TV com a voz.

Por ser um sistema operacional sempre conectado à internet, é comum que essas televisões também tenham sempre atualizações. Os modelos mais novos podem, portanto, acabar recebendo suporte a novos serviços, desde que estes sejam suportados pelo seu sistema operacional.

Considerações finais

Uma smart tv pode ser uma peça fundamental na casa de quem gosta de entretenimento. Afinal, uma televisão que está sempre conectada a internet e oferece acesso facilitado a apps como YouTube, Netflix, entre outros, pode fazer toda a diferença!

No entanto, é importante fazer uma pesquisa extensa antes de decidir qual é a smart tv ideal para você. As marcas e modelos são bastante variados e isso também se reflete nos tipos de apps e serviços que as TVs podem oferecer.