Política

Zerésima: saiba o que é e para que serve

Zerésima

O que é?

Zerésima é um relatório emitido pelo sistema de computação das urnas eletrônicas com o intuito de confirmar que a urna está “limpa”. Isto é, que não há a existência de voto computado antes de ser aberta para a votação dos eleitores.

Entenda melhor como funciona a zerésima

Zerésima

A zerésima é um documento emitido por cada urna eletrônica antes de começar a votação em uma seção eleitoral. Ela tem a finalidade de comprovar que todos os candidatos estão devidamente registrados e que não há a existência de voto computado antes de as eleições serem abertas ao público.

Cada aparelho, na ocasião da apuração dos votos, deve estar acompanhada deste relatório. Antes de começar a votação, o presidente da mesa-receptora de votos de cada seção eleitoral liga o aparelho, o que acontece por volta de 7h à 7h30 (o início da votação ocorre sempre às 8h), na presença dos fiscais de partidos políticos e mesários, e emite a zerésima.

Esse relatório traz toda a identificação da urna eletrônica, além de mostrar que todos os candidatos às eleições estão registrados e que não há existência de voto computado, isto é, a urna está “limpa”. Depois de imprimir a zerésima, o presidente, os mesários e as coligações ou fiscais dos partidos assinam o documento.

Ao fim da votação, às 17h, o presidente de cada seção eleitoral digitará uma senha na urna eletrônica para encerrar a votação. Após isso, a máquina emitirá cinco vias do chamado boletim de urna, documento que deve conter os seguintes dados: total de votos recebidos por cada candidato, votos em branco, partidos políticos, votos nulos, identificação de urna, número da seção e quantidade de eleitores que votaram na respectiva seção.

Depois disso, tanto a zerésima quanto o boletim são encaminhados à junta eleitoral.

Gostou de saber o que é zerésima? Compartilhe com os seus amigos!

Até a próxima!