Geral

Chacras são centros de energia do corpo. Confira!

O que são Chacras?

O termo Chacra é oriundo do sânscrito e significa roda, disco ou centro, de acordo com o dicionário da língua portuguesa.

A partir dessa concepção, o termo é utilizado para definir o centro energético do corpo, concebendo a ele a responsabilidade pelo equilíbrio e pelas trocas energéticas com outras pessoas, com o ambiente, com os animais, com as plantas e com todo o mundo exterior.

Veja também – Piercing: história, significados e conceitos

Os Chacras possuem sete pontos principais que exercem relações com o equilíbrio. Eles ficam ao longo da coluna e vão até o topo da cabeça. Além desses, existem ainda os Chacras menores, que estão distribuídos pelas outras partes do corpo.

Significado de chacras

Importância dos Chacras

Quando uma pessoa começa a ter muitos pensamentos negativos, sentimentos de raiva, mágoas ou culpa, ela vai criando cargas negativas que vão se acumulando nos Chacras, fazendo com que eles fiquem obstruídos, estagnados e cheios de bloqueios.

Essas cargas negativas podem causar à pessoa portadora desses sentimentos cansaço, insônia, problemas emocionais e até mesmo doenças físicas, pois está tudo interligado.

Cargas negativas podem ainda ser absorvidas de outras pessoas e de ambientes, principalmente quando a pessoa não está muito bem. Então, além de ser fundamental manter o pensamento positivo e viver com mais paz, tenha cuidado com o ambiente e com as pessoas que o cercam.

Significado de chacras

Os sete tipos de Chacras

Existem vários Chacras, mas, de acordo com estudiosos, são sete os principais:

Múládhára ou Básico

O Chacra básico fica na base da coluna vertebral e é aberto para baixo, virado para a terra. É através dele que é absorvida a energia da terra.

Esse Chacra está ligado às glândulas suprarrenais, responsáveis pela liberação de adrenalina na corrente sanguínea, e está relacionado com a sobrevivência ou vontade de viver.

Quando ele está em desequilíbrio, a pessoa se sente insegura e sem vontade de viver. Já no outro extremo, a pessoa fica violenta e muito materialista.

Swádhisthána ou Sacro

Esse Chacra fica na região do baixo ventre e tem a cor laranja.

Ele está ligado ao sistema reprodutor e é relacionado à autoestima, emoções, sensualidade e à criatividade.

Esse Chacra pode ficar bloqueado por conta de mágoas, culpas e medos, gerando cargas que podem obstruí-lo e causar desânimo, baixa autoestima, dificuldades de ordem sexual e problemas urinários.

Manipura ou Plexo Solar

É localizado logo acima do umbigo e tem a cor amarela.

Esse é o Chacra da vontade e do poder pessoal. Ele está ligado ao pâncreas e é um Chacra bem fácil de absorver energias negativas.

Quando ele está bloqueado, a pessoa pode sentir uma angústia na região. Além disso, o seu bloqueio pode gerar problemas gástricos e até doenças hepáticas. Sendo assim, é muito importante manter esse Chacra limpinho.

Anahata ou Cardíaco

Ele fica no centro do nosso peito e tem a cor verde.

Esse Chacra é o Chacra do amor, das expressões e dos sentimentos. É responsável pela energização do sistema cardiorrespiratório.

Pessoas mais instáveis emocionalmente que sentem muitas angústias ou têm depressão, geralmente, possuem muitos bloqueios nessa área.

Vishuddha ou Laríngeo

Fica no centro da garganta e tem como cor um azul clarinho. É o Chacra da expressão e está ligado à maneira como a pessoa se expressa para o mundo. Além disso, ele é responsável pela área de comunicação.

Esse Chacra está ligado à tireoide, à garganta e às vias respiratórias. Ao não falar dos problemas ou ao se reprimir, esse Chacra fica desequilibrado e pode causar dor na garganta, herpes e disfunções da tireoide.

Ájña ou Frontal

Fica no centro da testa e possui a cor azul intenso. Esse é um Chacra que cuida da mente, da intuição e está ligado à glândula pituitária e hipófise.

Rege a capacidade de aprendizagem, de raciocínio, os ideais e a parte intuitiva. Ao ter muitas ideias e não colocá-las em prática, esse Chacra fica em desequilíbrio causando confusão mental e falta de foco.

Sahásrara ou Coronário

Esse Chacra tem a cor violeta, fica no topo da cabeça e possui a abertura para cima. É através dele que estamos conectados com o plano espiritual.

Ao desenvolver esse Chacra, a pessoa passa a possuir uma maior compreensão do mundo e da vida. Quando ele está desequilibrado, ele pode manifestar depressões, fobias, problemas neurológicos e um sentimento de estar desconectado de algo maior.

Artigos relacionados:

About the author

Jessica