Língua Portuguesa

O que quer dizer a palavra honra?

Honra

Você já deve ter escutado alguém dizer que fez algo por honra. A palavra, comum no linguajar popular, é sempre retomada quando falamos de orgulho. Entretanto, ela possui uma significação própria que modificou-se ao longo do tempo. Aqui apresentaremos algumas de suas características e seus significados em outros lugares.

O que é a honra?

Honra é uma palavra derivada do latim, de honos. E pode significar a reputação de uma pessoa e a qual essa deve fazer de tudo para manter e enaltecer.

Falamos que perdemos a honra quando nos sentimos feridos em algum sentido moral. Por exemplo, moralmente acreditamos que precisamos ajudar um amigo quando ele está em perigo. Perder a honra seria não ajudar esse amigo e apenas assistir a sua derrocada.

A honra adquiriu vários significados no decorrer da história.

Hoje a entendemos como a manutenção de uma reputação. Se uma pessoa tem honra ela deve ser honesta, ter merecido o posto que ocupa e nunca ter sido corrompida. Deve ser digna de seus méritos e não fazer mal a seus amigos, mas sim só aos inimigos.

São exemplos de atitudes honrosas:

  • Devolver a carteira de alguém quando ver que essa deixou cair na rua;
  • Ajudar alguém mesmo sabendo que não receberá nada em troca;
  • Não desprezar o sofrimento alheio;
  • Tentar promover o bem estar para o próximo agindo legalmente.

Em resumo, ser honroso é fazer o que é correto nas mais variadas situações. Mesmo que elas signifiquem risco de vida.

Honra

Modificações da palavra no decorrer da história

No Brasil no começo do século XX era comum referir-se às mulheres de honra e as de honra perdida. As primeiras eram aquelas que eram moças do lar, que prezavam por um casamento para toda a vida e não se aventuravam em namoros. Elas ainda deveriam ser virgens quando casassem e leais a seus esposos independente das traições que esses pudessem cometer.

Uma mulher que não tinha honra eram aquelas que escolhiam trabalhar fora de casa. As que não aceitassem a vida de dona de casa e procuravam traçar seu próprio destino sofriam os mais variados preconceitos.

Para um homem casas com uma dessas era uma ofensa a sua glória, a sua reputação.

Assim, era comum as mulheres que eram solteiras e não mais virgens serem referidas como mulheres sem honra.

Entretanto, as lutas das mulheres, fez com que muita coisa se modificasse. Suas batalhas fizeram com que hoje pudessem trabalhar fora e não terem de esperar o casamento para manterem relações sexuais.

Assim, esse é um exemplo de progressos da sociedade que provocam modificações na palavra honra.

Veja maiores informações sobre a luta das mulheres.

Apesar desse pensamento ainda ser presente na cabeça de alguns, hoje muita coisa mudou. A honra da mulher não está mais em ser obediente a um homem. Nem mesmo a honra do homem está em casar com uma mulher virgem.

Hoje a honra está também em ter um bom emprego, em sustentar a família, em conseguir fazer várias atividades ao mesmo tempo e, acima de tudo, não se corromper.

Em uma sociedade em que a corrupção é corriqueira em todos os níveis sociais, é difícil achar alguém que mereça realmente esse título.

A honra nos samurais japoneses

Uma das procedências da palavra honra está nos costumes dos samurais.

Esses eram guerreiros no Japão imperial e que defendiam seus senhores. Normalmente estão presentes em filmes e são caracterizados por suas roupas diferentes de um guerreiro ocidental e por serem extremamente leais.

Os samurais seguiam um livro chamado bushido que poderia ser traduzido como o caminho do guerreiro. Ali estava previsto que deveriam obedecer seus senhores a qualquer custo e dar a vida a ele caso fosse necessário.

Eram como soldados que deveriam lutar com suas espadas para defenderem o que acreditavam. Quando o seus senhores morriam assassinados, perdiam sua honra por não terem conseguido evitar o fato.

Honra

Os Kamikaze

Assim, anos mais tarde essa honra que estava presente nos samurais transmutou-se. Durante a II Guerra Mundial, eram comuns os Kamikaze. Jovens soldados da aeronáutica japonesa que em um avião se lançavam contra um alvo do inimigo. Saíam de suas bases apenas com combustível para ir. Não podiam voltar pois isso feria a sua honra e a de sua família.

Porém, alguns chegavam a voltar. Esses eram humilhados por seus superiores quando não espancados e assassinados. Na II Guerra Mundial o Japão teve poucos soldados que se renderam. Todos lutavam por uma causa. E essa causa era o Imperador. Que, por meio da religião acreditavam que ele era a imagem de Deus na Terra.

Portanto, a derrota para o povo japonês foi tida como uma ofensa a sua honra. Muitos chegaram a se matar quando souberam da rendição do país.

Mas, a maior parte optou por reconstruir essa honra e o país. Hoje, com a devoção do povo japonês, a nação é uma das mais ricas do planeta. Mesmo tendo sido reconstruída recentemente.

Entretanto, a honra também ganhou outros contornos no país. Hoje muitos jovens se matam por não conseguirem um bom emprego ou por não entrarem nas boas universidades.

Acreditam que não terão reconhecimento, ou que feriram suas famílias. As cobranças pelo sucesso geraram outros efeitos no Japão.

Porém tal atitude não tem a ver com a reputação de alguém, mas sim em não saber lidar com a depressão das frustrações. Lembre-se que ter honra não é ter sucesso em tudo. Mas agir de maneira correta e como a sua moral prevê.

A honra hoje

Ser uma pessoa com honra hoje parece uma atividade cada vez mais difícil. Como dito anteriormente, há várias tentações de corrupção.

Entretanto, é preciso resistir a essas caso você se guie pela sua moral e pela sua reputação.

Não é preciso fazer a radicalidade dos samurais e soltados japoneses.

Para ter honra, basta seguir aquilo que acredita ser o correto, sem fazer mal ao outro. Preze sempre pelo próximo e evite a qualquer custo fazer mal a alguém. Isso o tornará mais feliz e terá os benefícios de uma mente tranquila e sem culpas.