Língua Portuguesa

Isento: significado, conceito, exemplos

De acordo com o dicionário da língua portuguesa Michaelis, a palavra isento é um adjetivo que possui quatro diferentes significados.

  1. Livre de deveres ou obrigações, desobrigado, dispensado
  2. Neutro, imparcial
  3. Desprovido de, que falta algo, sem
  4. Insensível aos galanteios e às amabilidades

A origem da palavra

A palavra isento vem do latim exemptus (exempta ou exemptum) e tem por significado: retirar, tirar, arrancar, gastar, livrar de, suprimir, pôr à parte.

Conheça alguns sinônimos de isento

Veja também – Significado de Rosa dos Ventos

Esta palavra possui muitos sinônimo na lingua portuguesa, isto se deve à diversidade de significados que ela possui. Veja alguns destes sinônimos

Quando o significado é “livre de dever ou obrigação”

  • Alheio
  • Desobrigado
  • Desembaraçado
  • Dispensado
  • Liberto
  • Imune
  • Livre
  • Limpo
  • Eximido

Quando o significado é “imparcial”

  • Justo
  • Sensato
  • Imparcial
  • Neutro
  • Desapaixonado

Isento

Quando o significado é “desprovido”

  • Despojado
  • Sem
  • Despido
  • Falto
  • Destituído
  • Desprovido

Conheça alguns antônimos de isento

Estes são alguns dos antônimos da palavra: unilateral, encarregado, teimoso, sujeito, incumbido, , setorial, obrigado, preconceituoso,unilateral, parcial, sectário, faccioso, partidário, subjetivo, coberto, repleto, subjetivo, cheio.

Declaração do Imposto de Renda

O uso da palavra isento talvez seja mais comumente empregado quando se fala de impostos de um modo geral. E com certeza o mais conhecido deles, e até mesmo temido por algumas pessoa, é o Imposto de Renda (IR) que deve ser enviado para a Receita Federal anualmente.

Anualmente as pessoas precisam fazer a chamada declaração do IR. Ela consiste no envio de um relatório para a Receita Federal de todos os ganhos que a pessoa teve. Geralmente este relatório é enviado até o final do mês de abril e deve conter as informações do ano anterior. Isto significa que no ano de 2019 são declarados os ganhos obtidos durante o ano de 2018.

A declaração do IR deve ser feita por todas as pessoas que receberam um valor igual ou superior a R$ 28.559,70 no ano. Para saber quanto você ganhou, é necessário somar o seu salário, com os ganhos recebidos dos investimentos que possui. Os bens materiais, tais como casa e carro também devem ser declarados.

Entretanto, se o valor recebido for menor do que os R$ 28.559,70, não há necessidade de informar os seus rendimentos para a Receita Federal. Neste caso, a pessoa é dita isenta de fazer a declaração do IR. Até o ano de 2008, os cidadãos que se encontravam nesta situação tinham a obrigação de fazer a declaração de isento. Entretanto, hoje em dia não há mais necessidade disto e a pessoa pode simplesmente não enviar nenhum tipo de declaração.

Mas, e o seu uso na política?

Nos dias atuais, falar de política no país pode acabar em discussão. Cada vez mais é possível observar um país dividido, em que as pessoas não consegue conversar e discutir de forma civilizada e racional a respeito de um determinado assunto.

Para muitos grupos não é apenas importante, mas é essencial que as pessoas fique do lado deste ou daquele partido ou político. Ou seja, você precisa se definir como sendo de “esquerda” ou de “direita”, como se não existisse um meio termo.

Mas é absolutamente natural e normal que você não se identifica completamente nem com um lado e nem com o outro. Ou mesmo que você não concorde com determinada atitude ou comentário de um político. Ou seja, você não está de nenhum lado, fazendo com que os grupos mais radicais o definam como “isentão”.

Isto pode ser encarado como uma forma de menosprezar a opinião desta pessoa. Ela é vista como a que não toma partido de nada, e que não acredita em cada. É até mesmo uma forma de ridicularizar a pessoa. Mas, na verdade apenas quer dizer que a pessoa é neutra ou imparcial diante daquela situação.

Isento

Jornalismo e a isenção de opinião

É um fato que todas as pessoas possuem opinião a respeito dos fatos do dia-a-dia. E considera-se bastante normal que elas queiram expressar os seus pensamentos para aquelas pessoas do seu convívio. Entretanto, em algumas profissões, é importante que se mantenha a isenção.

Um bom exemplo disto é o jornalismo. O jornalista é um profissional que tem como dever e meta levar a informação para as pessoas. Ele deve simplesmente narrar os fatos como eles aconteceram, sem que haja nenhuma forma da manifestação de opinião.

Uma vez com a notícia em mão, o leitor (que é o cidadão) irá fazer uma reflexão que ajudará a forma a sua opinião. Cabendo ao leitor decidir qual será a sua postura e a sua opinião a respeito da situação: ele poderá ficará isento, ficar de um determinado lado ou de outro.

Mudança de postura

O que vem ocorrendo na última década, é que cada vez mais os meios de comunicação, principalmente os telejornais, tem destinado espaços para a opinião do apresentador.

Esta postura é importante pois ela estimula e favorece o debate. Com isto, o cidadão começa a reflitir a respeito do que acabou de ver ou ler. As pessoas podem até mesmo se deparar com opiniões e argumentos que não haviam sido pensados ou considerados anteriormente.

Mais um exemplo

Outro exemplo bastante comum para o uso de isento está relacionado à vida acadêmica.

Quando estamos na na faculdade é muito comum ter alunos que vieram transferidos de outras instituições de ensino. Em alguns casos há até mesmo aqueles que mudaram de curso e deixaram a biologia para cursar farmácia, por exemplo.

Como todos os cursos possuem um grade de disciplinas que o aluno precisa cursar para poder ter o diploma, é realizada uma análise curricular. Nesta análise, a grade dos dois cursos é comparada e provavelmente o aluno precisará fazer algumas disciplimas extras. Mas, para outras matérias ele estará isento de cursar, ou seja, estará dispensado. Isto porque ele já assistiu aquelas aulas na instituição ou no curso anterior.

E você, o que achou do nosso artigo sobre a palavra isento? Deixei o seu comentário abaixo e se você ainda estiver com alguma dúvida, nós te ajudaremos. E não se esqueça de compartilhar este artigo nas suas redes sociais.

About the author

yasmin