Língua Portuguesa

Significado de Karma: conceito e definição

Não é de hoje que algumas palavras orientais estão presentes no dia a dia do povo ocidental. A palavra Karma é uma delas e não é tão difícil assim ouvi-la da boca de algum ocidental. Muitos a relacionam com a lei de causa e efeito, ou seja, tudo o que você faz para alguém você recebe. Mas será que ela significa só isso mesmo? E qual a sua origem? Vamos entender melhor seu significado nesse texto a seguir!

Ninguém sabe explicar ao certo, porque as tradições do oriente ganham tantos adeptos no ocidente. Com certeza, você já deve ter visto algum templo budista ou até mesmo uma academia de Yoga na sua cidade.

Então, essas duas filosofias assim como tantas outras vieram do oriente e cada ano, ganham centenas de adeptos e praticantes.

No meio dessas práticas vieram as palavras e expressões como o Karma, que já foi inclusive utilizado em diversas novelas com um sentido bem negativo.

Antes de utilizarmos tais expressões, práticas e palavras, seria muito importante que nós pelo menos soubéssemos para que elas servem. É isso que você vai ler nesse texto de hoje.

Qual o significado de Karma?

A palavra Karma ou carma como utilizamos aqui no ocidente, tem a sua origem no sânscrito, antiga língua presente na Índia. São as religiões vindas desses lugares que utilizam esse tipo de palavra como o budismo, jainismo e o hinduísmo.

O espiritismo, religião aqui do ocidente também começou a utilizar esse tipo de palavra, onde é presente até hoje em suas sessões de atendimento.

Popularmente ela é usada para determinar uma reação a todas as ações que são feitas em vida. Ela se assemelha ao conceito pregado pela física, onde se diz que para toda ação existe uma reação com força igual em sentido contrário. Em algumas religiões essa palavra não possui esse sentido.

De forma religiosa, essa palavra significa que todo o bem ou mal que você faça volta para a sua vida de alguma forma. E não adianta fugir, que a resposta para a sua ação cega até você de alguma forma. É a famosa justiça dos céus que muitas religiões adoram falar.

A literatura pós védica traduz a palavra Karma como ordem e lei, ou seja, lei de conservação de uma força efetuada. Isso quer dizer que cada pessoa vai receber exatamente aquilo que ofereceu ao mundo com suas ações.

É importante frisar, que muitas religiões indianas não acreditam em sofrimento, culpa e castigo por alguma ação que o indivíduo tenha feito. Esse mecanismo utilizado pelo Karma é essencial apenas para que os comportamentos que cada indivíduo tenha seja observado e até modificado.

Qual o significado de Karma para as religiões?

Você já deve ter ouvido, em alguma novela principalmente, alguém falando que tal situação era o Karma dela nessa vida?

Algumas filosofias e doutrinas utilizam essa palavra, mas o seu significado pode ser um pouco diferente entre elas. Abaixo listamos as religiões que utilizam esse tipo de palavra e o que ela significa de acordo com cada doutrina.

Significado para o hinduísmo

Na religião hinduísta, muito tradicional na Índia, a palavra Karma possui uma tradição mais simples. Ela significa simplesmente todas as reações que acontecem em relação às suas ações. Simples assim, tudo o que você faz aqui, tem uma reação.

E não significa necessariamente que você vá ver essa reação nesta vida. Você pode ver algumas reações as suas ações nas outras vidas que ainda virão.

Significado para o budismo

O budismo não enxerga a palavra Karma tão simples assim. Para ele, ela não está tão ligada as ações que você faz, mas sim as intenções que estão presentes atrás de suas ações, sendo essas positivas ou negativas.

A matemática é bem simples, as energias conspiram ao seu favor se as suas intenções forem boas, resultando em conquistas e recompensas, a mesma coisa acontece com as intenções ruins, gerando situações em que você terá que provar o tempo inteiro o seu caráter.

O budismo acredita em reencarnação, e para essa filosofia, se você gera algum Karma, você ficará em um ciclo de morte e reencarnação até que consiga gerar apenas situações mais confortáveis e não precise mais renascer. Aliás essa é a ideia dessa filosofia, não renascer mais.

Significado para o espiritismo

Nem todas as filosofias espíritas utilizam a palavra Karma, aliás a integração dessa palavra nos ensinamentos espíritas é totalmente nova.

A parcela dessa religião que acredita e utiliza essa palavra, emprega-a da mesma maneira, ou seja, com efeito de ação e reação. Isso significa que para cada atitude que tomamos, teremos que arcar com algumas consequências, ou seja, para o mal proferido, é o mal que colheremos.

2 dicas para você lidar com o Karma

Se você acredita que todas as ações praticadas possuem uma reação a elas, então você é um forte candidato a vivenciar o Karma na sua vida.

Infelizmente, nem todas as pessoas sabem lidar com naturalidade em relação a esse tipo de lei de causa e efeito. Portanto, separamos a seguir 2 dicas fundamentais para você que quer lidar melhor com o Karma na sua vida.

1 – Tenha mais inteligência nas suas emoções

As pessoas mais fortes, sem dúvidas, são aquelas que sabem lidar com mais serenidade e tranquilidade com as suas emoções em relação a alguma situação adversa da vida, sem perderem seu equilíbrio.

Dificilmente, você verá alguém que tem inteligência emocional, se abalar com as adversidades da vida e não fogem diante de uma situação mais difícil.

A dica fundamental para que você consiga passar por alguma situação mais difícil é que você pratique principalmente atividade de autoconhecimento. Seja consciente dos seus valores e do caminho que está trilhando para não se arrepender mais tarde. Quando ficamos mais fortes emocionalmente, nada de negativo nos abala e nem nos incomoda, porque não consegue ficar presente na nossa vida. Desenvolver o autoconhecimento e a motivação é muito importante, invista em você.

2 – Conheça quem é você

Para ter controle e inteligência emocional é fundamental que você se conheça. Pode demorar anos, não ser um processo fácil, mas no final ele será totalmente motivador e empoderado.

Faça um estudo sobre você mesmo, identifique aquelas situações que mais te agradam e aquelas que devem ser mudadas e mão na massa.

Limpe seus sentimentos, amizades e tudo o que estiver te atrapalhando, gerando mais Karma para você. A ideia da reencarnação é melhorarmos nossas ações para que as reações não sejam desagradáveis. Lembre-se disso!