Língua Portuguesa

O que significa ranço? Entenda a origem de uma das gírias mais populares nas redes

Certamente, você já escutou alguém falar em “ter ranço de algumas pessoas”. A expressão, que ficou popular nas redes sociais, quer dizer repulsa, raiva, desprezo. Essas novas designações atribuíram mais um novo significado para a palavra, que já tinha mais de um sentido, um pouco diferentes do atual.

Mas, afinal, o que significa ranço? Quem começou a usar como uma gíria? Entenda mais sobre a origem da palavra!

O que é ranço?

O sentido original da palavra, que surgiu em meados do século 13, remete a algo que está mal cheiroso ou que apresenta um sabor azedo. O dicionário Michaelis explica a palavra como “alteração ou decomposição que sofrem as substâncias gordurosas em contato com o ar, apresentando um cheiro característico desagradável e mau sabor”.

ranco

A palavra também pode ser usada para se referir ao cheiro de substâncias em situação de umidade, como o mofo.

Além disso, existe um verbo derivado da palavra, o rançar, que teve origem em 1858. Quer dizer o processo de decomposição até que o alimento adquira a situação de ranço. Sendo assim, o alimento que está inserido neste processo, “rança”, “está rançando”.

Veja também – GDAE (Gestão Dinâmica da Administração Escolar): o que é?

E mais: também pode trazer a noção de algo que está em condição de velharia, algo antiquado, ultrapassado do tempo, como na frase “Esse livro traz o ranço de citações, longas e repetidas”.

O que é ter ranço de uma pessoa?

Já no universo virtual, a palavra foi totalmente ressignificada. Partindo do pressuposto de que os significados originais e mais antigos não remetem à coisas muito boas, o ranço, como uma gíria, também não se refere a algo agradável.

A cantora brasileira, Anitta, em 2014, postou em seu Twitter a frase “Depois que o ranço se instala, amor, não tem cura.”, iniciando, assim, o processo de popularização da gíria como algo ligado ao desprezo.

Desde então, quando alguém diz “Tenho ranço de fulano”, quer dizer simplesmente que ela não foi com a cara da pessoa ou que aquela pessoa não agrada em nenhum aspecto, apenas desperta um certo sentimento de repulsa. Ou, então, quando alguém comete uma falha imperdoável com você, adquirir o ranço como sinônimo de raiva também conta.

Ranço

Qualquer tipo de ressentimento é um ranço. O significado de ranço como uma gíria veio para simplificar os termos de desagrado em geral.

A expressão certamente entrou para o dicionário informal da língua portuguesa e, com certeza, é uma das gírias mais populares da internet. Muitos aderiram sucesso e até estamparam camisetas com a palavra.

Qual a diferença entre ranço e rancor?

Podemos dizer que, sim, o sentido de ranço está relacionado ao significado de rancor, ou seja, são palavras sinônimas. No entanto, o ranço é algo mais abrangente e não muito profundo quanto o rancor. Pegar ranço de algumas pessoas, para alguns, é inevitável.

É até possível pegar essa repulsa sem nem mesmo conhecer. Já o rancor é algo adquirido por alguma falha e é bem mais profundo e duradouro. Geralmente, parte de alguém que você já tem um certo conhecimento e convivência.

Contudo, não significa que não há como desfazer ambos sentimentos, mesmo que muitos digam o contrário. São sentimentos reversíveis, mas, claro, depende de quem está sentindo e da intensidade, já que são considerados profundos e permanentes.

Mas lembre-se: ter ranço de alguém não se compara com a gravidade de guardar um rancor, já que o rancor é bem menos superficial e, muitas vezes, incomoda mais que um ranço.

Exemplos de ranço aplicados em frases

  • “Nossa, olha lá ela. O ranço até cresce.”
  • “Que ranço de quem usa o Twitter no modo claro.”
  • “Ranço de quem não responde rápido no WhatsApp.”

Artigos relacionados:

About the author

Vitória Alice