Língua Portuguesa

O que é uma sinopse? Qual o significado?

Uma sinopse pode ser considerada um tipo de resumo, isto é, uma síntese de obras científicas, literárias etc. Trata-se de uma versão reduzida de algum texto original (motivo pelo qual também é chamada de “sumário”).

O objetivo das sinopses consiste em facilitar o entendimento dos leitores a respeito dos aspectos centrais de um texto, de modo que eles podem ler a sinopse de um evento, livro ou filme. A sinopse é, portanto, essencial para levar as pessoas a se interessarem pelo restante da obra, sendo comumente utilizada como um chamariz.

Veja também – Significado de pindorama

Pensando nisso, apresentamos, ao longo deste artigo, as diferenças entre sinopse e resumo, sua importância enquanto ferramenta literária e, também, excelentes dicas para ajudar você a redigir uma boa sinopse. Boa leitura!

Diferenças entre sinopse e resumo

Em meio às principais diferenças entre resumo e sinopse, destaca-se o fato de que esta, geralmente, é redigida pelo próprio autor da obra ou texto em questão, o que não costuma ocorrer nos resumos.

Na maioria das vezes, o título marca o começo de uma sinopse que, em seguida, traz o nome do autor, a natureza específica do texto e sua ideia central.

Tenha em mente que as sinopses são diferentes das resenhas, por exemplo, uma vez que elas não contêm interpretações ou opiniões de quem a escreve, sendo composta somente pelas opiniões dos verdadeiros escritores, frequentemente parafraseadas.

Em contextos cinematográficos, as sinopses são resumos de argumentos de filmes, nos quais os aspectos mais relevantes do enredo são reunidos sem, no entanto, trazer quaisquer referências técnicas.

Em relação à Bíblia, as sinopses buscam realizar uma organização paralela de textos semelhantes que estão nos evangelhos (Lucas, Marcos e Mateus). Essa organização se baseia no Evangelho de Marcos, que é considerado o mais completo a respeito da doutrina de Jesus Cristo.

Devido a isso, esses evangelhos são chamados de “sinópticos”, uma vez que são uma espécie de resenha da atuação do “Filho de Deus” na Terra.

sinopse

A importância de escrever uma sinopse

Conforme mencionado, as sinopses são ferramentas de extrema relevância para estimular os interesses dos leitores por um livro. Nela, as informações mais importantes da história podem ser apresentadas, dando aos leitores uma boa ideia de como se desenvolverá a narrativa.

Outro elemento que deve ser lembrado refere-se às dimensões dos textos. Há editoras que analisam somente as sinopses para decidirem se a publicação de um determinado livro valerá ou não a pena. Nesse momento, textos demasiadamente longos têm maiores chances de serem descartados.

Desse modo, podemos compreender que as sinopses são as primeiras ações publicitárias das obras literárias, necessitando serem redigidas da melhor forma possível. Para que isso ocorra, é crucial levar em consideração certos critérios que farão uma grande diferença no que se refere à aceitação dos livros pelo público.

Dicas para escrever uma boa sinopse

Redigir uma sinopse é algo que muitos autores tendem a protelar ou evitar. A despeito de estarem acostumados a escrever, a necessidade de concisão de toda a história presente em um livro tende a ser uma considerável trava para muitos autores.

A sinopse apresenta, como nenhum outro recurso, um substancial poder de impacto, podendo despertar a curiosidade dos leitores. Desse modo, é indispensável ter certos cuidados em seu processo de criação, selecionando as palavras mais adequadas e levando em consideração o tamanho do texto e o público a que ele se destina.

Para melhorar o seu entendimento sobre o tema, abordamos, a seguir, excelentes dicas para assegurar a qualidade da sua sinopse. Confira:

Priorize a qualidade da abertura

O primeiro capítulo de um livro deve ser bom o suficiente para motivar a leitura, não é mesmo? Com a sinopse, não é diferente: a sua abertura deve ser capaz de instigar os leitores a saberem mais sobre eventuais conflitos, eventos e características marcantes dos personagens.

Sendo assim, as informações básicas transmitidas no primeiro capítulo da obra devem constar no primeiro parágrafo da sinopse, isto é, quando e onde a história se desenrola, a identidade do protagonista e os problemas e situações que ele enfrenta.

Escreva na terceira pessoa

Mesmo que um livro tenha sido escrito na primeira pessoa, tenha em mente que sua sinopse precisa ser elaborada sempre na terceira pessoa. Não importa, aqui, que o foco seja colocado em apenas um personagem, ele deverá ser tratado como se fosse uma entidade separada.

Isso significa que todas as suas ações devem ser comentadas sob um ponto de vista exterior, ou seja, sob a perspectiva de alguém de fora da trama.

sinopse

Mantenha a objetividade

É comum observar indivíduos que passam apressados pelas livrarias e escolhem livros aleatoriamente. Quando as sinopses são atrativas e, sobretudo, objetivas, os leitores podem se identificar e, assim, sentirem vontade de adquirir o livro. Quando, por outro lado, os textos são longos, fica mais difícil gerar interesse.

Identifique os personagens centrais

Faça um rascunho (ou uma lista) com os personagens principais, a fim de assegurar que nenhum deles seja esquecido. Teça comentários sobre o par romântico, os mocinhos, os vilões, o protagonista e todos aqueles que você considerar importantes.

Cite os protagonistas logo no primeiro parágrafo e ofereça uma ideia geral da trama. A meta é capturar a curiosidade e a atenção dos leitores sem, para tanto, incorrer em minúcias ou detalhes desnecessários.

Aborde os pontos centrais da história ou enredo

Mencione todos os elementos centrais da história. As sinopses devem cobrir a narrativa central, porém, não é necessário incluir enredos secundários (a não ser que tenham impacto direto sobre a resolução do conflito central). Tente abordar o problema do início ao fim:

  • Se for compilar poemas ou contos, delimite os temas centras de cada um dos textos;
  • Se for uma peça de teatro ou um roteiro cinematográfico, produza uma lista dos acontecimentos presentes em cada um dos atos;
  • Se for uma memória ou romance você poderá resumir cada um dos capítulos em apenas uma frase.

Aborde os desdobramentos da trama

O conceito de trama se refere a um conjunto de eventos em sequência que avança por fases. É fundamental conhecer bem suas demarcações antes de redigir a sua sinopse, como:

  • Evento ou acontecimento inicial que mobiliza a história;
  • Incidentes ou ocasiões no meio da narrativa;
  • Clímax;
  • Resoluções ou consequências do clímax.

Cumpre ressaltar, por fim, que redigir uma sinopse é algo de grande importância para que uma obra seja bem recebida pelos editores e público. Para que isso ocorra, ela deve ser adequadamente elaborada segundo os critérios de clareza, objetividade, concisão e atratividade.

About the author

yasmin