Geral

O que é diversidade? Conceito e exemplos

Em um ambiente onde se clama cada vez mais por abertura de espaço, de pluralidade de ideias, de representação, de respeito a minorias e de todos os tipos que compõem o quadro de uma sociedade, pela preservação de direitos e conquistas de cada etnia e raça, em um mundo tão globalizado como o nosso e de comunicação tão integrada e instantânea termos como “diversidade”, “empoderamento”, “espaço democrático”, “representatividade”, são figurinhas carimbadas, temas constantes e motivo de debates.

Mas você sabe o que significa exatamente essas expressões, especialmente diversidade? O que significa conviver em um ambiente com total diversidade de opiniões ou restrito somente a algumas? O que é um debate marcado pela diversidade de ideias? Qual a importância de se defender a diversidade e quais as consequências de combatê-la?

Todas essas questões envolvendo diversidade serão tratadas e discutidas a seguir nos tópicos abaixo.

Se ficou interessado sobre o assunto, se despertou a sua curiosidade para saber qual a conceituação de diversidade e suas diversas aplicações e de sua importância na sociedade contemporânea marcada por dá voz, capacidade de expressão, de articulação a diferentes grupos sociais de modo que consigam se manter ativos e prósperos sem ao menos chegar ao conhecimento da maioria do público, criar suas próprias bolhas de sobrevivência, prossiga na leitura.

Confira!

O conceito de diversidade

A palavra diversidade descende do termo latino “diversitas” e é empregada para se referir a variedade de opções, de ideias, objetos, seres ou coisas distintas que eventualmente possam entregar ou deveriam entregar o mesmo ambiente. Há diversos tipos de diversidade, a sexual, a cultural, a étnica, a política etc.

A diversidade é um assunto caro na sociedade contemporânea já que o avanço tecnológico deu acesso a comunicação, o florescer da cultura de redes sociais deu acesso para maior divulgação de ideias e descentralização dos meios de comunicação, do controle de narrativas, tornando mais democrático a participação de diferentes grupos no debate público e alavancado a discussão do problema da representatividade de minorias nos órgãos midiáticos e na programação cultural, de como a exclusão do retrato desses tipos favorecem a sua desumanização, a falta de empatia para com terceiros, o favorecimento de narrativas preconceituosas ou totalmente equivocadas a respeito de tipos.

O conceito de diversidade, portanto, abrange um leque de opções que se estende a variedade de personas, culturas, ideias, estilos que formam um mosaico definidor de um conjunto, de uma coletividade, de um todo, mas também da variedade em seu aspecto mais genérico ou prosaico. Veja como exemplos:

“O jardim zoológico tem uma ampla diversidade de animais”.

“Esses restaurante tem uma diversidade excelente de pratos”.

“A diversidade de livros é uma característica marcante dessa livraria”.

“A diversidade de frutas dessa feira é admirável”.

“A diversidade de estilos musicais é um dos grandes atrativos desse festival”.

“O catálogo contempla uma diversidade de produtos surpreendente”.

“Gosto dessa loja porque ela procura ter uma diversidade de jogos maior do que a concorrência”.

Diversidade no campo das ideias

Um debate marcado pela diversidade de ideias é um debate que permite a manifestação de diferentes tipos de opiniões, mesmo que sejam impopulares ou contrárias ao próprio princípio de diversidade. É um debate marcado pelo espírito da democracia, do livre pensamento.

Esse tipo de discussão, de debate, favorece a riqueza do diálogo, da discussão de ideias, já que proporciona o contato com diferentes visões sobre o mesmo assunto, o que sempre colabora para que se considere um todo acerca de determinada pauta, útil para se evitar precipitações e erros.

A falta de diversidade no campo das ideias, do discurso no âmbito político, torna o diálogo mais pobre e, portanto, mais sujeito a erros e muitas vezes a vontade de um tirano e não da maioria do povo que fica refém a uma versão unilateral dos fatos que a deixam a margem dos acontecimentos que lhe serão de interesse. A falta de diversidade é um sintoma do autoritarismo, da repressão, da falta de abertura ao diálogo, a alienação quanto a realidade dos fatos, a doutrinação, a manipulação da realidade por parte de quem controla a circulação de informação, de ideias.

A falta de diversidade no campo discursivo é um empobrecimento intelectual e uma exclusão do direito de manifestar-se de minorias.

O porquê de se defender e promover a diversidade

Por mais que uns alimentem uma ideia romantizada, idílica, conservadora sobre os tipos e ideias que se deve circular na sociedade o fato é que a realidade costuma sempre falar mais alto e se impor. A civilização é composta por seres de diversos tipos, gostos e preferências que são intrínsecos de seu modo de ser e que integram a sociedade, vivem, trabalham, se relacionam e para bem de uma convivência pacífica, harmônica, pois outra solução eficaz não existe, é necessário saber respeitar as diferenças, saber conviver com a diversidade e que no final ela traz mais benéficos do que desvantagens por permitir em um mesmo ambiente a possibilidade de partilha de diferentes tipos de conhecimento e experiências.

É a velha máxima, “juntos podemos mais” ou “a união faz a força”. “Juntos venceremos” etc. E não deixa de ser uma verdade ou um argumento razoável.

Diversidade sexual

No que diz respeito a sexualidade, a diversidade é marcada por conceder espaço para todos os tipos de gostos e preferências sexuais, inclusive minorias historicamente excluídas e marginalizadas,mas que são detentoras de direitos quanto a qualquer outro cidadão. São os casos de gays, lésbicas, bissexuais e os demais integrantes da cultura LGBT.

Diversidade biológica

É o tipo de diversidade que diz respeito, abarca, o equilíbrio ambiental, que depende da preservação e da proteção da biodiversidade. Cada ser é responsável por cumprir diferentes funções que ajudam a manter o equilíbrio. Fato que demonstra que apesar das diferenças a lógica de preservação de ecossistemas trabalham com sistemas interligados que dependem da execução de cada um para pleno funcionamento.

Gostou desse conteúdo sobre diversidade?

Então curta, compartilhe, avalie, opine.

Seu apoio e sua opinião são muito importantes para nós.

Veja outros assuntos relacionados conferindo mais de nosso conteúdo.