Expressões em latim

Significado de “in loco”: veja o que é e entenda sua definição

O trabalho produzido in loco é aquele que é feito no local, onde o prestador de serviço vai até o cliente. Ou o repórter que faz uma cobertura in loco, é aquele que está no local do acontecimento a fim de levar as informações para o espectador. Ao tempo em que o mundo corporativo progride para o mercado online, exercer uma prestação de serviços presencialmente, pode ser de grande ajuda para destacar-se.

O que significa a expressão in loco?

In loco é uma expressão originária do latim, que quer dizer “no lugar”, assim como “no próprio lugar”. Segundo o dicionário, trata-se de uma locução adverbial latina, que é bastante utilizada na língua portuguesa, embora nem sempre seja utilizada de maneira correta.

In locu ou in locus são duas maneiras equivocadas de se utilizar essa expressão, mesmo que o termo locus signifique “lugar” em latim.

Este termo é bastante utilizado na linguagem oral e na linguagem escrita, especialmente no ambiente jurídico.

Essa expressão latina é composta pela preposição in, que quer dizer em, e pela palavra loco, que nada mais é do que o ablativo singular de locus, que literalmente quer dizer, lugar ou local. Afirmar que alguma coisa acontecerá in loco, é a mesma coisa que dizer que acontecerá no local.

Outra expressão que também é originária do latim e é in situ, que é um sinônimo do termo in loco. Ambos os termos são similares no contexto semântico, sendo utilizados quase sempre como sinônimos. Contudo, o termo in loco é utilizado na maioria das vezes, possivelmente por ser reconhecido com maior facilidade pelas pessoas.

In loco parentis

In loco parentis é uma expressão originária do latim que significa “no lugar de um dos pais” e trata do comprometimento perante a lei de alguém ou uma organização em responsabilizar-se no papel e nas atribuições de compromisso paterno.

Esse termo é originalmente derivado de uma legislação inglesa, onde se aplica em dois campos distintos da lei.

Primeiramente as organizações, entidades e institutos educacionais como as faculdades e escolas públicas e privadas são autorizados a atuarem em benefício dos interesses dos alunos como bem entenderem, sem que a legislação entenda como um descumprimento dos direitos civis dos alunos.

E o segundo ponto, essa norma pode propiciar a um pai não biológico as garantias legais e obrigações de um pai biológico, em casos de ausência do progenitor, qualquer que seja o motivo.

Expressões do latim mais comuns na língua portuguesa

Para aqueles que ainda não sabem, a língua portuguesa é originária do latim. Sabendo disso, é mais do que natural que existam algumas expressões e termos que ainda fazem parte do nosso vasto vocabulário. Assim como a expressão in loco, existem outras tantas palavras que utilizamos e as vezes nem ao menos sabemos o que significa ou de onde vem.

Aqui estão alguns dos principais termos em latim que utilizamos com frequência.

Carpe diem

O que significa: comumente usado para justificar o comportamento espontâneo e tirar o máximo proveito de hoje, porque não se sabe se eles vão viver para ver amanhã.

Quando usá-lo: quando você quer incitar alguém a aproveitar o presente e não desperdiçar outro minuto.

Exemplo: “Ele não me mandou mensagem por 8 dias, mas eu mandei uma mensagem para ele e ele não respondeu.” “Garota, a vida é muito curta. Curta o momento”.

A priori

O que significa: algo que baseia-se em um princípio anterior.

Quando usá-lo: quando pela existência ou natureza de determinado acontecimento, os efeitos futuros serão afetados.

Exemplo: A priori, por conta das informações de mercado que obtivemos essa semana, acreditamos não ser um bom momento para vender o apartamento.

A posteriori

O que significa: algo que baseia-se partindo pelos resultados que se seguem.

Quando usá-lo: quando algo acontece partindo do efeito para a causa de determinado evento.

Exemplo: O juiz dará o parecer do seu caso a posteriori.

Grosso modo

O que significa: de modo grosseiro, resumidamente.

Quando usá-lo: pode ser utilizada como sinônimo de termos como aproximadamente, cerca de ou por alto.

Exemplo: Grosso modo, esse livro fala sobre a língua portuguesa.

Idem

O que significa: o mesmo, igual ou da mesma forma

Quando usá-lo: esse termo é utilizado quando se quer evitar repetir o que já havia sido dito anteriormente, evitar falar ou escrever duas vezes a mesma coisa.

Outro momento que é bastante utilizado é nas regulamentações das normas ABNT para citações bibliográficas, a fim de evitar a repetição do nome do autor de determinada citação.

Exemplo: 1ª pessoa diz – “Este almoço está simplesmente fantástico! Recomendarei este restaurante para todos os meus amigos e familiares”. 2ª pessoa diz –“Idem”

Curriculum vitae

O que significa: Conjunto de dados relativo ao estado civil, ao preparo profissional e às atividades anteriores de quem deseja se candidatar para um emprego.

Quando usá-lo: quando você deseja fornecer uma síntese de seu perfil profissional e educacional para preencher uma vaga de emprego, através de suas aptidões qualificações.

Exemplo: A utilização do curriculum vitae varia em versões impressas ou digitais. Mas contém o mesmo conteúdo: Formação, experiência profissional, qualificações complementares, etc.

Et cetera

O que significa: e assim por diante, e os demais, e o restante.

Quando usá-lo: é aplicada de maneira abreviada pelo termo “etc” no final de uma frase, após enumerarmos alguns pontos e queremos afirmar que outros pontos também fazem parte dessa relação.

Exemplo: Comprei uma blusa, calça, meias, um tênis, camisetas, etc.

Habeas corpus

O que significa: literalmente, que tenhas o corpo.

Quando usá-lo: é uma ação constitucional prevista no artigo 5° da Constituição Federal. Trata-se de uma atuação de garantia e proteção daquele que sofre de violência, ameaça ou constrangimento ilegal.

Exemplo: o habeas corpus pode ser pedido por qualquer individuo, independentemente do acompanhamento de um advogado ou de outra pessoa qualificada.

Quorum

O que significa: trata-se do número mínimo de integrantes presentes necessário para que uma reunião possa ter início ou prosseguimento.

Quando usá-lo: esta palavra deve ser utilizada apenas para se referir à reuniões de votação ou assembleia.

Exemplo: Na reunião de hoje não houve quorum para decidir a votação para eleger o novo presidente.