Medicina

Apendicite é o nome dado à inflamação do apêndice. Confira!

Apêndice é um órgão pequeno ligado ao intestino grosso que quando inflamado pode causar sérias dores no corpo humano. Quando isso acontece, damos o nome de apendicite.

O apêndice quando inflamado, apesar de ser uma das situações inflamatórias mais comuns, se não for detectado e tratado a tempo, pode apresentar um grande risco à vida do paciente. Por esse motivo, é muito importante saber mais sobre problema e conhecer os seus sintomas para que um diagnóstico rápido e preciso possa ser apresentado.

Apendicite

O que é apendicite?

Apendicite é a dor intensa apresentada na região estomacal. Na verdade, essa dor presente nessa região é o principal sintoma da doença que pode atingir pessoas de qualquer sexo ou idade.

Mais especificamente, a apendicite é a inflamação do apêndice vermiforme e é considerada a causa mais comum que existe de dor abdominal do tipo inflamatória.

Causas da apendicite

O apêndice é o prolongamento do intestino grosso e o seu grande problema é o formato, que é como um tubo sem saída.

Esse órgão produz um volume constante de muco que normalmente é expelido pelas fezes. No entanto, por conta do seu formato, uma pequena obstrução na sada dele pode fazer com que esse muco fique preso lá dentro. Quando isso acontece, o apêndice acaba se dilatando e, consequentemente, gerando a apendicite.

Veja também – Liberação miofascial

Com o aumento do tamanho do apêndice, acontece uma compressão dos vasos sanguíneos e a morte de sua parede. Pelo fato do apêndice possuir poucas terminações nervosas, esse processo não provoca dor, mas quando a infecção passa a comprometer a membrana que cobre as paredes abdominais, chamadas de peritônio, é que a dor é gerada.

O aumento do apêndice pode evoluir até o rompimento dele, o que pode causar até mesmo a morte.

Segundo especialistas da área da saúde, essa inflamação pode ser causada por diversos fatores, como por exemplo:

  • Aumento da parede do apêndice
  • Tumores (benignos ou malignos)
  • Obstrução por vermes
  • Presença de resíduos fecais
  • Prisão de ventre
  • Excesso de comida
  • Problemas digestivos

Apendicite

 Sintomas

Acompanhando a dor, mais especificamente do lado direito do abdômen, na altura do umbigo, outros sintomas também podem denunciar a doença. Ainda no início pode haver uma dor mal resolvida ao redor do umbigo, náuseas, falta de apetite e febre.

À medida que a inflamação progride e instala uma infecção é que ela passa a comprometer o peritônio (membrana que reveste o apêndice e suas extremidades). A partir disso, a dor sai dessa localização de ‘mal definida’ e passa a ser uma dor mais aguda bastante definida no quadrante inferior direito, chamado de fossa ilíaca.

A apendicite, quando mais avançada, pode apresentar quadros de diarreia e prisão de ventre.

O que é importante frisar é que esses quadros podem aparecer em apenas 40 a 50% dos pacientes. Então, o único sintoma que de fato acontece em todos os quadros é essa dor constante no lado direito do abdômen, sendo na altura do umbigo.

Apendicite

Cirurgia da apendicite

Após o diagnóstico da apendicite, o paciente passa por uma cirurgia simples para retirar o apêndice. A cirurgia dura, aproximadamente, 30 a 60 minutos, podendo ser feita via tradicional ou por laparoscopia. O paciente recebe anestesia geral e a cirurgia, geralmente, é feita 24h após o diagnóstico para evitar complicações.

Sendo assim, o quanto antes for identificada a apendicite, maior a taxa de sucesso e menor a chance de colocar em risco a sua vida.

Caso você apresente algum desses sintomas, procure um médico o quanto antes.

Artigos relacionados:

About the author

Jessica