Tecnologia

O que é Bitcoin? Como funciona?

Se você usa a internet, com certeza já ouviu falar das moedas digitais e muito provavelmente o bitcoin, mas você sabe o que são? Cada vez mais pessoas realizam transações com as moedas eletrônicas e a tendência é que isso aumente. Descubra mais sobre isso logo abaixo.

Entenda o que é bitcoin

Primeiro vamos entender o que é criptomoeda. É uma moeda digital que utiliza-se de criptografia para manter sua segurança, assim como o Blockchain. Isso valida as transações e permite uma maior liberdade de troca e privacidade para os usuários.

O bitcoin foi a primeira criptomoeda que já existiu, totalmente baseado na Blockchain, uma criação de Satoshi Nakamoto.

Veja também – Home office: o que quer dizer?

Ela é descentralizada, ou seja, não depende de nenhum banco, governo ou qualquer tipo de empresa. Isso torna o dinheiro 100% seu, assim como te torna responsável pela segurança e pelos processos de transação.

Mas o bitcoin é legalizado?

Claro que sim, embora alguns países querem bani-lo, pois ele não é muito bom para os impostos e o lucro do governo. Como o usuário não depende de banco e a moeda não tem nenhum tipo de centro, quase não existem taxas e nem se preocupe com impostos, pois não pagará. É claro que os governos já estão de olho para bolarem uma estratégia para taxar impostos em cima do bitcoin.

O bitcoin é seguro?

De certa forma é mais seguro do que guardar o dinheiro no banco. Talvez você tenha a visão de que seu dinheiro está tranquilo no banco e não corre nenhum risco, mas não é bem assim. Além das nuances de mercado que podem desvalorizar bastante (e desvalorizam) o dinheiro, existe uma movimentação constante que está sempre lidando com seu dinheiro. Acredite quando digo que existem riscos ao deixar seu dinheiro no banco.

No quesito de segurança contra invasores, o bitcoin é ainda mais seguro que os bancos do mundo, por conta de suas criptografias e seu processo de armazenamento. Para conseguir invadir o sistema seria preciso invadir milhares e talvez milhões de computadores em todo o mundo, o que é impossível. Já nos bancos tradicionais, existem mais brechas.

Bitcoin

O que ele tem de tão especial?

Talvez você saiba que existem outras moedas digitais e que estão cada vez mais crescendo no mercado, mas então o que é que o bitcoin tem de tão diferente? Além de ser a primeira moeda, seu valor subiu exorbitantemente nos últimos anos.

Em 20/01/2012 a moeda valia cerca de 1.16 dólares, mas em 10/12/2017 ela alcançou mais de 19.300 dólares. Atualmente vale cerca de 6.5 dólares. Isso significa que se você tivesse comprado em 20/01/2012 cerca de 1000 bitcoins (por 1.166 dólares), esse dinheiro teria se tornado 19,3 milhões em 10/12/2017.

Apesar dos altos e baixos das moedas digitais serem bem mais intensos que a do mercado centralizado, você possui mais possibilidades de lucro, mas você precisa ser seu próprio banco e você vai precisar lidar com o seu dinheiro diariamente.

Como consiguir bitcoins?

Existem algumas formas simples de se conseguir bitcoin, mas não pense que precisa fazer investimentos absurdos nem nada do tipo. Até porque você não precisa adquirir 1 bitcoin inteiro, mas porcentagens dele.

Compre de outros usuários

Outros usuários que possuem bitcoin podem vender para você por meio de transações, em troca de outras moedas. O acordo fica por conta de ambas as partes, mas sempre lembre-se de buscar por opções seguras. Não se preocupe, pois o bitcoin disponibiliza essas opções.

Exchange de bitcoin

Você pode trocar com outros usuários e ser intermediado por uma empresa. Ela faz o exchange e em troca de uma transação segura, fica com uma porcentagem das moedas. Tanto para compra, quanto para vendas de bitcoin. Por serem empresas privadas, tudo terá que ser acordado com cada uma individualmente.

Minerar bitcoin

As transações do mundo requerem energia, computadores e espaço na rede. Você pode ceder seu espaço na rede para essas transações de moedas digitais e receber bitcoin em troca. Existe inclusive quem tenha vários computadores e faça uma mineração em massa.

Bitcoin

Vantagens das moedas digitais

Em específico, vamos tratar das vantagens das moedas digitais descentralizadas, livres de impostos e taxas governamentais.

  • Livre de taxas e impostos em boa parte dos países
  • Liberdade de transação
  • Mais segurança que bancos tradicionais em diversos aspectos
  • Inúmeras possibilidades de lucros mais intensos que o dinheiro centralizado
  • Mais discrição e privacidade em suas transações

Como guardo meu bitcoin?

Para guardar qualquer moeda digital, você precisará de carteiras digitais, existem as específicas para Bitcoin, que proporcionam bastante segurança do seu dinheiro, além de facilitar qualquer tipo de transação e exchange. Você poderá enviar dinheiro para outros países do mundo e receber sem nenhum tipo de taxa e dificuldade, mas se optar pelo auxílio de alguma empresa, poderá fazer com taxas bem menores do que as que teria em um banco, por exemplo.

E para comprar as coisas com bitcoin?

Muitos locais já estão começando a aceitar bitcoins, mas você precisaria ter certeza. Afinal de contas, não adianta guardar o dinheiro e não conseguir gastar quando precisar. Embora, as transações de bitcoin são feitas o tempo todo, então você não teria tantos problemas em trocar o seu dinheiro, se necessário.

Tudo é feito de maneira digital, em aplicativos nos smartphones e em desktops. Você terá que confirmar com empresas e ambientes para ter certeza de que aceitam bitcoin.

Por que os governos não gostam de bitcoin?

Simples, porque não possuem muito controle em cima da moeda. Se não possuem controle, fica difícil taxar e colocar impostos. Além disso, é comum governos terem acordos com bancos e nem é preciso dizer que o bitcoin é prejudicial para os bancos, não é mesmo?

A moeda favorece muito o usuário de maneira individual e cria um novo tipo de economia e método de transação global, mas ainda existe um contraste com o método antigo que impera na vida de muitas pessoas.

Considerações finais

O bitcoin, assim como as moedas digitais, são provavelmente o futuro das transações. Cada vez mais e mais empresas, lojas e pessoas começam a lidar com ele e cuidar de suas próprias transações. Não é possível prever até que ponto as moedas digitais vão ficar presentes no cotidiano das pessoas, mas com certeza governos e bancos terão que se adaptar.

About the author

yasmin