Tecnologia

O que é Internet, como surgiu e sua evolução

Internet

A internet já é uma parte muito importante do dia a dia das pessoas na maior parte do mundo. Muitos não podem dispensar o uso dela para estudar, trabalhar ou simplesmente para o entretenimento.

Por ela ter se tornado algo tão comum no nosso dia a dia, não é raro que sua definição se perca. Mas se hoje alguém questionasse, você saberia explicar o que é a internet? Neste texto você vai entender um pouco melhor de onde ela surgiu, quais eram os objetivos de sua criação, além de uma breve passagem por algumas das fases mais importantes da sua evolução até aqui. Continue a leitura para saber mais.

Origem da Internet

Embora sua expansão pelo mundo tenha acontecido mais recentemente, a internet deu os seus primeiros passos ainda no final dos anos 60. E, como muitas grandes invenções, seu objetivo, na realidade, era transmitir informações confidenciais em tempos de guerra.

Com o fim da segunda guerra mundial (1945), houve uma grande disputa de poder entre os Estados Unidos e a União Soviética. Ambos tiveram um grande papel nos resultados da segunda guerra e, assim, decidiram tentar conquistar politicamente outros territórios, através da implantação de seus próprios sistemas políticos  eles.

Isso resultou em grandes inovações tecnológicas, incluindo a corrida espacial nos anos 60 e, também, a criação de um novo sistema de comunicação conhecido como ARPANET.

O objetivo da ARPANET era transmitir informações entre dois pontos de pesquisa distantes com alguma agilidade, mesmo que houvessem bombardeios nos Estados Unidos. Os pontos de pesquisa em questão eram a Universidade da Califórnia e a Universidade de Stanford.

Embora os bombardeios nunca tenham acontecido, a invenção foi sendo aperfeiçoada aos poucos.

Internet

A Rede Mundial de Computadores

O www que nos acostumamos a ver no início dos endereços de sites que visitamos significa “rede mundial de computadores”. E esta talvez seja a melhor forma de definir a internet, afinal, ela é uma forma de conectar computadores a servidores em uma escala mundial.

Isso tudo começou a realmente se popularizar anos mais tarde, em 1982, graças às universidades americanas. Mesmo antes de a guerra fria terminar, elas começaram a transmitir informações acadêmicas pela rede criada. Embora inicialmente isso tenha acontecido apenas dentro dos Estados Unidos, antes do final da década de 80, já começava a se popularizar também em universidades em outros países, principalmente europeus.

E conforme a rede aumentava – e se tornava realmente mundial -, foi criado o primeiro web-browser, um software que servia especificamente para navegar na internet.

Internet no Brasil

No Brasil, a internet começou a ser implantada também no final dos anos 80. Assim como nos Estados Unidos e na Europa, essa implantação também começou através das universidades, focada na troca de conhecimento acadêmico. No entanto, o acesso à rede pela maioria dos usuários ainda levaria quase 10 anos para acontecer.

Embora em outros locais do mundo ela já começasse a se disseminar com um pouco mais de liberdade, no Brasil a internet começou a se disseminar com um pouco mais de liberdade apenas no final dos anos 90. Os custos, no entanto, poderiam ser muito altos. Por isso, por muito tempo, devido ao valor elevado, o uso era limitado a pessoas com uma renda mais alta.

Com o tempo e a evolução dos meios de acesso à internet, ela passou a também se popularizar no Brasil. Ainda no início do século XXI grande parte da população brasileira já tinha ao menos algum contato com a rede mundial de computadores.

Evolução

Inicialmente, o acesso à internet se limitava a universidades. Mesmo quando este acesso foi ampliado para usuários comuns, o preço dos computadores poderia assustar a maioria dos consumidores. Esta, no entanto, não era a única limitação. O acesso a internet era feito por telefone. E o valor das ligações também era bastante alto.

Com o passar do tempo, a banda larga surgiu como opção. Além de pagar um valor (geralmente fixo) pelo uso mensal da internet, os usuários também tiveram acesso a uma conexão mais rápida e estável.

Isso propiciou algumas inovações. No início da internet, por exemplo, o upload de fotos, vídeos, música e outras mídias era muito mais alto. Por isso, os sites eram muito mais simples e era raro o compartilhamento de arquivos.

Com a chegada da banda larga, a internet se popularizou cada vez mais. E o aumento da velocidade permitiu o crescimento do compartilhamento de informações online.

As operadoras de telefonia celular já ofereciam acesso à rede sem fio muito antes dos smartphones. Porém, com a chegada do 3g, que logo evoluiu para o 4g, a experiência passou a ser muito mais rica.

Assim, tanto a internet fixa que evoluiu para a banda larga e, mais tarde, para a fibra ótica, quanto a telefonia móvel que já se aproxima da era do 5g, oferecem cada vez mais velocidade na transmissão dos dados. E isso é um fator muito importante para aumentar as possibilidades dentro da Internet.

Internet

Wi-Fi

É muito comum que usuários confundam o Wi-Fi com a própria internet. Porém, além de serem coisas muito distintas, o Wi-Fi foi, inclusive, inventado antes da própria internet. Ou ao menos a base para a sua invenção foi.

Ainda nos anos 40, durante a segunda guerra mundial, um casal de amigos decidiu tentar ajudar os esforços anti-nazistas com as próprias mãos. Ambos tinham a invenção como passatempo. E criaram um sistema de comunicação que evitaria que os nazistas interceptassem os torpedos americanos. Como os inventores tinham outras profissões e eram reconhecidos por elas, o exército americano não chegou a levar a sério o que tinham em mãos.

Mais tarde, no entanto, o mesmo princípio foi utilizado para a comunicação via satélite, bluetooth e para o Wi-Fi que utilizamos todos os dias.

Internet das coisas e inteligência artificial

Hoje em dia a internet é uma ferramenta quase indispensável. Por isso mesmo, ela está cada vez mais interligada as coisas do nosso dia a dia. Softwares de inteligência artificial, por exemplo, adquirem cada vez mais conhecimento online e pouco a pouco se comunicam com o mundo real com cada vez mais naturalidade.

A internet das coisas é outro exemplo de como nossa vida está cada vez mais ligada à rede mundial de computadores. Hoje em dia, é possível conectar a sua televisão, geladeira, microondas, entre outros equipamentos à internet. Eles podem avisar se seu estoque de comida está acabando, qual é o melhor horário para preparar o seu jantar, entre outros.

Hoje a internet está em quase tudo que nos rodeia. E saber mais sobre ela é a melhor forma de se adaptar a essa nova realidade.