Língua Portuguesa

Significado de texto: origem, conceito e tipos

O significado de texto ainda é uma questão bem ampla e que envolve diversas considerações. Mas, de maneira mais geral, texto é uma manifestação linguística que é emitida à um receptor, e captado por meio de interpretações, que variam de acordo com os conhecimentos linguísticos e culturais do mesmo. Tudo que permite uma interpretação pode ser considerado como um texto.

Considera-se texto uma junção de palavras ou frases, de tamanho variável, que emitem uma mensagem ao receptor. Imagens também podem entrar nessa definição, já que o emissor busca transmitir uma ideia ao receptor, que a capta por meio de uma interpretação.

Veja também – O que é onomatopeia?

Textos bem estruturados devem sempre apresentar coesão e coerência.

Origem

O texto nasceu logo após a origem do ser humano, uma vez que toda forma de comunicação, desde as épocas mais antigas, sejam por atos verbais ou visuais, podem ser consideradas como texto. O texto, portanto, passa a ser a junção de signos linguísticos, que, juntos, resultam em um sentido.

Tipos textuais

O texto é uma reunião de signos, que resultam em uma mensagem, transmitidas de um emissor a um receptor. Estas podem ser transmitidas de formas diferentes, e ainda ser consideradas como texto. São os tipos textuais:

  • Verbal: A forma de texto que é formado pela junção de palavras, seja ele falado ou escrito. Exemplo: conversa; livros.
  • Não-verbal: São mensagens transmitidas por meio de imagens. Exemplo: placas de trânsito.
  • Mistos: Texto que faz o uso de imagens e palavras para transmitir a mensagem. Exemplo: gibis; campanhas publicitárias.

Texto literário e texto não literário

O texto literário é a junção de palavras que preza por uma estética. É escrito com o objetivo de emocionar o leitor, por meio da harmonia em que as palavras são combinadas. Romances, poesias e novelas são exemplos de textos literários.

Por outro lado, o texto não literário tem a função de informar o leitor. Usa uma linguagem mais direta, com bastante clareza e objetividade, sem nenhuma preocupação estética para emocionar o leitor. Notícias e textos didáticos são exemplos de textos não-literários.

Gêneros textuais

Os textos podem ser classificados em gêneros, e cada um deles possuem uma finalidade e padrões de confecção diferentes. São os gêneros textuais e seus respectivos exemplos:

  • Narrativo: Histórias contadas por meio de uma narração, sendo ela direta ou indireta.
  • Argumentativo: Textos produzidos com a finalidade de expor e defender argumentos, com a finalidade de convencer o leitor.
  • Expositivo: O texto expositivo apresenta informações gerais sobre um objeto ou tema em específico.
  • Descritivo: Descreve de maneira detalhada os aspectos de determinado lugar, acontecimento, pessoa ou objeto.
  • Dissertativo: Tem um tema em comum para ser descrito, e geralmente é produzido acompanhando de uma argumentação.

O que é interpretação de texto?

A interpretação é tudo aquilo que é captado do texto pelo leitor, levando em conta todos os seus conhecimentos prévios de linguagem e cultura. Para uma boa interpretação, o texto precisa ser escrito de forma coesa e coerente, ou seja, todas as ideias e o contexto precisam se relacionar.

Sendo assim, podemos dizer que tudo que apresenta uma possível interpretação, sendo visual ou auditiva, pode ser considerado um texto, por mais que as ideias apresentadas estejam desorganizadas.

Veja também:

About the author

Vitória Alice