Língua Portuguesa

Integração: significado, conceitos, definições e exemplos

A palavra integração significa o ato de unir elementos em um mesmo grupo ou a ação de incorporar algo. Quando ocorre uma integração, há uma associação de elementos que antes estavam separados. Algo integrado é aquilo que está somado a outros.

Integração é tema de estudo e forma de representação de diferentes ciências como a sociologia, matemática, economia e eletrônica. Ela também é utilizada para designar políticas públicas (integração nacional), estratégias econômicas (integração econômica) e práticas educacionais (integração escolar), entre outras.

Todo processo de integração possui vantagens e desvantagens, a forma como ele acontece e suas consequências dependerá de como ela é estruturada e implementada. A ideia de integrar deriva do ideal de somar forças e se desenvolver.

Conceito e significados

A palavra integração é um substantivo feminino que designa a incorporação de um elemento dentro de um conjunto ou no âmbito da matemática, o ato de calcular uma integral. A palavra tem sua origem no latim, mais especificamente na palavra “integrare” que quer dizer o ato ou efeito de tornar inteiro, de integrar.

As palavras assimilação, associação, incorporação e reunião são os principais sinônimos de integração. Desta forma entende-se por integração a ação de se unir elementos em um mesmo conjunto. Por exemplo, a tabela periódica é a integração dos símbolos dos diversos elementos químicos em uma mesma representação gráfica que facilita o entendimento.

Integração Social

No estudo da sociologia, a expressão integração social é utilizada para se referir ao processo de se introduzir indivíduos em outros grupos sociais maiores. Este fenômeno é importante pois quanto mais integrada for um grupo social maior será o nível de estabilidade entre seus membros e de tolerância.

A sociologia também se ocupa de investigar a maneira como a integração social ocorre. A forma como a incorporação de normas e valores por parte dos grupos que estão sendo integrados influenciará na adaptação e aceitação dos mesmos por parte da sociedade maior.

Existem dois formatos de integração social, são eles a normativa que acontece por meio da assimilação de valores e normas predominantes no grupo maior e existe ainda a integração funcional na qual se mantem uma dependência mútua entre elementos de ambos os grupos.

O desenvolvimento de uma sociedade depende de seu grau de sucesso nos processos de integração social. A falta desta integração resulta em quadros de exclusão social em que partes dos grupos que compõem a sociedade são tratados de maneira marginalizada e não conseguem ter acesso aos bens e oportunidades para se desenvolverem.

Integração Nacional

Todas as nações devem buscar realizar processos de integração de seus territórios. Estas políticas públicas visam realizar a integração regional promovendo o desenvolvimento dos municípios e estados. Dentre estas estratégias estão a integração econômica destas regiões, a organização territorial e a elaboração de programas regionais que favoreçam o desenvolvimento econômico e social.

No Brasil, este trabalho é desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento Regional que tem entre suas atribuições a orientação quanto a aplicação dos recursos de financiamento mencionados na Constituição; definição das diretrizes sobre o uso dos fundos voltados para as regiões do Nordeste e Amazônia; a formulação e condução da política nacional de irrigação; orientação aos trabalhos de defesa civil; realização de obras contra seca, de infraestrutura hídrica e nas faixas de fronteira; e, acompanhamento dos programas integrados de desenvolvimento nacional.

Integração Econômica

Atualmente muitos países tem optado por participarem de blocos econômicos visando alcançar melhorias no seu desenvolvimento econômico e social. Com a integração econômica entre estas nações espera-se aumentar as negociações comerciais, facilitar o trânsito entre as fronteiras e simplificar as relações entre os países associados.

O primeiro grande bloco econômico, e mais bem-sucedido até hoje, é a União Europeia que teve seus primeiros acordos realizados nos anos 50. Cada tipo de associação pode optar por diferentes níveis de integração econômica que, geralmente, passam pelas seguintes etapas: zona de livre comércio, união aduaneira, mercado comum e união política, monetária e econômica.

Estes processos de integração econômica são um reflexo da globalização mundial, na qual as nações buscam alternativas para aumentarem seus mercados, conquistarem maior força econômica e também obterem vantagens nas relações comerciais com outros países.

Integração nas Escolas

Para a pedagogia, a palavra integração ganha um sentido especial na medida em que representa a preocupação com a inclusão e a adaptação dos indivíduos ao ambiente e ao sistema escolar.

A inclusão de alunos com algum tipo de deficiência ou que apresentem dificuldades de aprendizagem são parte fundamental do papel das práticas pedagógicas no ambiente de ensino. A orientação deste indivíduo, bem como dos colegas de turma, pais, professores e demais membros da comunidade escolar auxiliarão em sua adaptação e desenvolvimento.

E mesmo entre os alunos que não apresentam dificuldades para o aprendizado, se faz necessário a integração escolar. Seja por motivo de mudança de instituição de ensino ou pela troca de turma de um semestre para o outro, o cuidado com a integração entre os alunos irá favorecer as relações interpessoais e o rendimento escolar.

Integração nas Empresas

No ambiente das empresas também se faz uso da integração como política de promoção das boas relações entre os profissionais e da melhoria do clima organizacional. Funcionários recém contratados terão o seu período de adaptação favorecido se forem submetidos à programas de integração que os orientem durante este processo.

Conhecer a história da organização, seus princípios, produtos e serviços é parte importante do processo de criar o sentimento de pertencimento no funcionário. Saber quais são as normas e procedimentos internos evitará que ele cometa erros por desconhecimento. E, a apresentação dele aos colegas de trabalho contribuirá para a criação de vínculos que irão ajudar na formação de equipes e do orgulho no trabalho.

Integração na Matemática

A matemática também se utiliza do termo integração para designar um dos formatos de operações. Nas áreas de análise numérica e cálculo a integração consiste em se alcançar uma função primitiva por meio de outra, oferecida antes e que permitirá criar uma estimativa do valor de uma integral.

Para este cálculo é possível utilizar duas metodologias: por substituição ou por partes. No primeiro caso, a integração por substituição ocorre a redefinição da expressão da variável independente e no cálculo da integração por partes é possível simplificar a integral utilizando-se uma fórmula específica.