Geral

Caveira mexicana: significado e origem do símbolo

O que é?

A caveira mexicana é um símbolo utilizado em rituais do feriado de Dia dos Mortos no México, celebrado em 2 de novembro, e significa vida e proteção contra os maus espíritos. A ideia deste símbolo é lembrar e homenagear os falecidos na cultura mexicana.

Entenda melhor o significado da caveira mexicana

Em muitas culturas antigas, especialmente dos povos pré-colombianos (astecas, incas e maias), acreditava-se que a cabeça era a parte mais importante do corpo humano, por guardar as memórias. Por isso, eles guardavam o crânio de seus ancestrais como um tipo de troféu, isto é, uma lembrança boa dos falecidos.

E apesar de a caveira representar a morte em muitas tradições, no México, ela é considerada vida. Por esta razão, no feriado de Dia dos Mortos (Día de los Muertos), celebrado em 2 de novembro, os amigos e familiares que perderam seus entes queridos os homenageiam em uma linda festa tradicional.

Veja também – Despacito: tradução e significado

No entanto, ao contrário da imagem mórbida de caveira utilizada em outras culturas, especialmente a cristã, a caveira mexicana é colorida e bastante decorada com flores e desenhos. Durante o feriado dos mortos, os mexicanos acreditam que os mortos retornam ao mundo dos vivos para visitar as pessoas que deixaram para trás.

Por isso, eles celebram este momento com um banquete com muita fartura, apresentações artísticas e muita música, sendo a caveira mexicana uma das principais representações nesses tradicionais espetáculos.

Ainda, as pessoas costumam sair às ruas fantasiadas e maquiadas de caveiras mexicanas, inspiradas principalmente na personagem “La Catrina”, a famosa “Dama de la Murte”. Trata-se do esqueleto de uma mulher da alta sociedade, que tem o intuito de lembrar as pessoas sobre o quanto as diferenças sociais não têm importância diante da morte.

caveira mexicana

Recorte do quadro criado em 1946-1947, por Diego Rivera.

Origem da caveira mexicana

Os diversos desenhos da caveira mexicana que conhecemos hoje, com flores e decoradas, têm origem na personagem “La Catrina”, que falamos anteriormente, uma arte do pintor José Guadalupe Posada (1852-1913).

O artista mexicano inspirou-se na cultura dos povos pré-hispânicos (astecas e maias, principalmente), que utilizam as caveiras de seus rituais religiosos no nono mês do calendário asteca (o mesmo que o mês de agosto atualmente), em meados do século 18.

As caveiras também eram usadas como objetos na decoração de pirâmides, casas e máscaras, como uma maneira de transmitir imponência e respeito. Porém, a imagem que conhecemos hoje da caveira mexicana só foi popularizada pelo muralista Diego Rivera, que a citou em sua obra “Sueño de una tarde dominical en la Alameda”.

Gostou de saber tudo sobre a origem e significado da caveira mexicana? Compartilhe!

Até a próxima!

About the author