Educação

Analfabetismo: O que é? Definição, causas e consequências.

O analfabetismo consiste em um problema de falta de instrução elementar na alfabetização de um indivíduo. Ou seja, é uma condição de analfabeto, que, segundo a UNESCO “uma pessoa funcionalmente analfabeta é aquela que não pode participar de todas as atividades nas quais a alfabetização é requerida para uma atuação eficaz em seu grupo e comunidade, e que lhe permitem, também, continuar usando a leitura, a escrita e o cálculo a serviço do seu próprio desenvolvimento e do desenvolvimento de sua comunidade”.

O analfabetismo é um problema persistente, principalmente, em países subdesenvolvidos, onde a educação não é devidamente integrada à toda população, ou a educação gratuita oferecida apresenta disfunções.

O que é analfabeto?

O analfabeto é aquele que não sabe nem ler e escrever de nenhuma forma. Já o analfabeto funcional é aquele considerado intermediário, o que possui capacidade de ler escrever, mas não consegue, por exemplo, interpretar algum texto.

Analfabetismo no Brasil

O analfabetismo é um dos maiores problemas que o Brasil enfrenta há bastante tempo. Muitos abandonam os estudos ainda muito novos por necessidades maiores ou por falta de assistência do estado ou até familiar.

Isso é uma realidade causada pelos modelos de educação arcaicos, sem inovações, que tolhem a capacidade criativa dos sujeitos, gerando insegurança e insatisfação pessoal.

Além do mais, no Brasil ainda existe a concepção de que os menos favorecidos não têm condições de aprender, devendo aceitar que são a mão de obra pesada e barata do país, estando às margens da nossa pirâmide social.

Segundo dados do Ministério da Educação, no Brasil são 16 milhões de analfabetos, pessoas que não conseguem sequer escrever um bilhete. Já os que não chegaram a concluir a 4ª série do ensino fundamental I, somam 33 milhões, concentrados em 50% no norte e nordeste do país.

Veja também – Significado de graduação: Entenda conceito e definição da palavra

Causas do analfabetismo

Uma das principais causas que levam as pessoas ao analfabetismo é falta de motivação. Falta estrutura física da parte das escolas, dos laboratórios de ciências e informática, da biblioteca atualizada, quadras esportivas, refeitório, disciplinas extracurriculares como dança e teatro também geram essa falta de motivação.

Consequências do analfabetismo

As consequências dessa disfunção afetam diretamente o desenvolvimento social de um país. Sem a devida oferta de educação, parte da sociedade fica exposta à uma realidade inferior e dificilmente alcança o topo desejado, já que uma pessoa não alfabetizada acaba exercendo os trabalhos com piores remunerações, além das dificuldades pessoais de cada um que enfrenta esse problema.

Artigos relacionados:

About the author

Vitória Alice