Expressões em inglês

O que significa benchmarking? Veja aqui

Benchmarking

Em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, em um mercado de negócios cada vez mais competitivo, é preciso sempre ficar inteirado das novidades. E por dois motivos: um, para se destacar da concorrência e, dois, para não ficar atrás da concorrência. Um dos medidores para identificar o estágio que se encontra em comparação aos outros players do mercado é o benchmarking.

Importante processo realizado dentro do mundo corporativo para o exercício de autoanálise, de identificação do que pode ser aprimorado, do que precisa ser reavaliado a fim de se manter competitivo com alta performance dentro do ramo de atuação.

E existe ao menos mais de um tipo de benchmarking que pode ser, inclusive, feito dentro da própria organização, não se restringindo a manter o olhar para o lado externo, mas tentando extrair as melhores ideias e performances, tendo como base medidores de desempenho, de todos os ângulos e fontes possíveis, não só aferindo a concorrência.

Mas do que se trata afinal de contas o benchmarking? Que tipo de conceito aborda e como é extremamente benéfico para as grandes corporações e empreendimentos de todo tipo?

Tire todas essas dúvidas relacionadas a benchmarking nos próximos tópicos do presente artigo.

Prossiga com a leitura.

Explicando o que é o benchmarking

Como manda a boa regra para se explicar o significado de um termo em língua estrangeira ou que tenha origem em língua diferente da materna o primeiro passo é dissecar o seu significado, a sua história, a sua origem.

Benchmarking descende do termo inglês “benchmark” que no nosso idioma pode ser traduzido para “referência”. Significado que transmite bem a essência do trabalho desempenhado com benchmarking, que nada mais é do que uma pesquisa de mercado, uma análise do que está sendo feito pela concorrência, um comparativo dos processos, produção, comunicação e produtos entre instituições que disputam diretamente o mesmo mercado.

Esse tipo de ação tem como objetivo avaliar em qual condição a instituição se encontra em relação a seus principais adversários no mercado, em qual patamar se encontra, se em pé de igualdade, se em estágio superior ou inferior.

Além de ser um medidor de desempenho, o benchmarking também é útil para promover intercambio de informações, de ideias que podem ser aproveitadas e melhorar o ritmo de produção e eficiência de uma organização.

Acresce ainda que estudar o que está dando certo ou não ao se fazer benchmarking e comparar com o próprio desempenho, ajuda na definição de estratégias que sejam mais eficientes a partir das informações colhidas de momento.

De modo geral, benchmarking pode ser definido como um estudo aprofundado dos principais concorrentes com o fim de aprender com as outras empresas, melhorar funções e processos.

Benchmarking

Como o benchmarking ocorre na prática?

Claro que não é possível colher informações sigilosas de empresas concorrentes, mas é possível fazer observações externas e relacionar a alguns dados que ajudam a medir em que pontos elas estão se destacando em relação as demais.

Cada empresa conhece os pontos de impactos de sua performance e acaba definindo indicadores chave de alta performance (KPI’S) da indústria em relação a estes fatores, pontos de impacto. Quando se nota desempenho que supera ou progride em relação a esses indicadores é sinal de que uma empresa encontrou uma nova solução de desempenho e que pode ser interessante se inteirar mais sobre o assunto e tentar replicar no local de trabalho. É como um intercâmbio de informações não autorizado que ocorre na prática e que ajuda todos a se desenvolverem, a criarem novas ideias, de fornecer melhorias a partir dos segredos, das descobertas de terceiros.

Alguns dos benefícios que se pode obter com o benchmarking

O esforço de benchmarking colabora para impedir que a instituição fique obsoleta e esteja por dentro de todas as novidades relevantes sobre a área de atuação;

  • Colher informações exemplos de outras empresas que tivera êxito no mercado em que não domina;
  • Criação de novas estratégias que ajudem a colocar a empresa no rumo certo.

Os tipos de benchmarking

Existem ao menos 4 tipos de benchmarking que podem ser feitos.

São eles:

Benchmarking competitivo

É um tipo de benchmarking mais difícil por se debruçar no trabalho de pesquisa de grandes corporações que naturalmente tendem a esconder as informações, as invenções, que lhe renderam maior sucesso. O foco aqui são os processos referentes a gestão das empresas concorrentes.

Benchmarking genérico

É todo o universo de comparações, análises, testes de fácil mensuração, que podem ser obtidos bastando conferir junto ao destinatário final, no caso, o cliente o tempo e cada etapa do processo para usufruir de determinado produto ou serviço.

Por exemplo, a organização que pretende fazer benchmarking comprar um produto ou pede para um terceiro comprar e avalia, por exemplo, o tempo de espera da emissão do pedido, da produção do pedido, do envio do pedido e da chegada do pedido até o endereço de entrega cadastrado. Com base nesses dados, caberá a equipe de estudos de mercado fazer um comparativo com o serviço desempenhado pela própria instituição para qual trabalham e apontar se contam com serviço no momento superior, nivelado ou aquém.

Benchmarking

Benchmarking Funcional

É muitas vezes confundido com o benchmarking anterior, o genérico, por também focar na pesquisa, na analise de um processo de desempenho interno da empresa concorrente, como departamento de logística, distribuição, segurança etc. O “funcional” não é gratuito já que se concentra em todos os departamentos que executam atividades essenciais para o pleno funcionamento.

Benchmarking interno

Como dito anteriormente, o benchmarking não ocorre apenas focando para o lado externo, vigiando sempre de perto os concorrentes para extrair aprendizados e melhorias de desempenho,mas também podo ocorrer internamente.

Se por acaso verifica-se que um departamento está obtendo destaque, conseguindo superar e muito os demais, logo esse departamento passará a ser uma referência, estudado, copiado. Acresce que o benchmarking é o melhor em termos de investimento já que não precisará gastar com pesquisas externas e nem enfrentar dificuldades de se ter acesso aos setores da corporação.

Gostou deste conteúdo sobre benchmarking?

Então curta, avalie, compartilhem comente.

Seu apoio é muito importante para nós.

Leia mais de nossa sessão de expressões em inglês.