Uncategorized

O que são insumos? Significado e conceito

Embora os insumos tenham uma finalidade vital na cadeia produtiva de qualquer país, chegou a hora de você saber mais sobre o assunto, esclarecer dúvidas e até ficar por dentro das diferenças entre matéria-prima e insumo.

Isso porque, apesar de os conceitos serem empregados quase que como sinônimos, suas definições são distintas e geram diferentes impactos. Neste artigo, você também vai aprender seu conceito, definição e sua importância para a indústria, agricultura e serviços.

Afinal, os insumos são mais que os bens e serviços fundamentais para as atividades de uma empresa nas mais distintas fases da produção. Eles são uma base sólida para toda economia se manter aquecida e sempre em movimento.

Conceito de insumo

Como você já deve ter ouvido e lido em jornais, revistas e noticiários, “insumo” é um termo muito empregado nas áreas econômicas da indústria, agricultura e até a de serviços. Isso porque ele representa quais são os subsídios essenciais para que uma ampla gama de produtos seja desenvolvida.

Com origens no latim “Insumere”, insumo é um vocábulo que podemos traduzir para os seguintes significados:

  • Agregar;
  • Empregar;
  • Despender;
  • Fazer uso de.

Em relação à língua inglesa, ao falarmos em insumos, o termo usado é o input, que apresenta um significado equivalente e ainda tem largo emprego no setor da informática. No geral, isso quer dizer que algo fora inserido dentro do processo de produção visando um produto final.

Sendo assim, analisando ainda suas características inerentes, praticamente todos os insumos apresentam a tendência de substituir suas propriedades como material ou elemento para ser agregado e compor um determinado produto final. Em síntese, dentro dos processos produtivos, o insumo é um meio para chegar a um fim.

O significado de insumo

Para você entender melhor o significado do termo insumo, saiba que ele é qualquer material ou elemento que pode ser utilizado para prestar um determinado serviço ou ser empregado para se produzir um produto.

Ou seja, a variedade e qualidade dos insumos inseridos na produção de uma mercadoria pode tem influência direta em relação ao seu preço final. Sendo assim, os tipos de insumos podem ser classificados ainda como Natural, Investimento e Manufatura. E tudo isso aborda a inclusão de fatores e recursos como:

  • Água;
  • Energia;
  • Ferramental;
  • Matéria-prima;
  • Aparelhos.

Classificando os insumos em categorias

Para você começar a aprender melhor o conceito e a importância dos insumos, ele precisa ser analisado em suas categorias. Confira abaixo como fica essa classificação.

Fator de produção

Aqui estão os principais equipamentos relacionados aos insumos. São as ferramentas como:

  • Mão-de-obra e trabalho;
  • Capital investido na sua produção;
  • Maquinário e suplementos.

Matéria-prima

Diferente dos significados de “insumos”, as matérias-primas são os elementos adicionados no processo de fabricação e produção dos mais variados produtos.  Para você começar a diferenciar os dois conceitos, note que qualquer matéria-prima pode ser insumo, embora não é qualquer insumo que pode ter o uso de uma matéria-prima. Assim, podemos dizer que toda matéria-prima é o material, a base inicial para se produzir, ao tempo em que os insumos vão além.

Os insumos agrícolas

Apesar de o conceito dos insumos agrícolas apresentarem um significado limitado em relação ao emprego geral, saiba que eles são os elementos e materiais que garantem a proteção, a nutrição e até mesmo o desenvolvimento de animais e plantas, visando maior produtividade.

Dessa forma, podemos definir os insumos agrícolas como os fatores vitais para toda a cadeia que produz os gêneros alimentares, independentemente de terem origem vegetal ou animal. Veja abaixo como fica o sistema de classificação desses bens e serviços no setor do agronegócio.

Insumos biológicos

Como já citamos acima, esses são os elementos com origens tanto vegetal quanto animal que são empregados já a partir do momento do plantio. Para citar um dos melhores exemplos, temos a fase de adubação, onde são usados restos orgânicos, fertilizantes e estercos.

Insumos minerais

Entre os tipos de insumos agrícolas, os minerais (ou também chamados de químicos) são aqueles recursos fabricados industrialmente em laboratórios ou encontrados no solo. Como exemplos essenciais para esse setor econômico temos o uso de agrotóxicos, fertilizantes, defensivos agrícolas e até pedras, rochas e cascalhos processados.

Insumos mecânicos

Esses insumos abrangem todas as máquinas requeridas para agilizar os processos produtivos, sendo empregados desde a fase do plantio até a da colheita. Outro detalhe aqui é que também entra a manutenção de todo esse maquinário, que abrange colheitadeiras, tratores, sistemas de irrigação, pulverizadores e veículos adaptados com roçadeiras e arados.

Exemplos de insumos em setores econômicos

Confira abaixo alguns exemplos de diferentes áreas e setores econômicos em que os insumos demonstram sua importância para a nossa cadeia produtiva.

Área da Saúde

Como não poderia faltar, os insumos também se fazem presente em áreas importantes e cada vez mais avançadas, como a de Humanas. Dentro da medicina, fundamental para a área da saúde, é amplo o uso de insumos farmacêuticos como elementos para a produção de remédios e linhas de produtos químicos.

Indústria têxtil

Dentro do ramo da indústria têxtil, uma das matérias-primas mais importantes para a confecção de camisetas é o algodão. Seguindo esse conceito, quaisquer outros equipamentos ou materiais são definidos como insumos, como a água, amaciantes, teares, colheitadeiras e assim por diante.

Empresas

Tomando uma marcenaria como exemplo de empresa, podemos citar colocar como exemplos de insumos materiais como martelos, pregos, alicates, serras, trenas e furadeiras.

Por que eles compõem o grupo de materiais e elementos empregados para a produção de produtos como os móveis. Mas aqui há um detalhe importante: não é todo material utilizado dentro de uma empresa que pode ser considerado insumo.

A prestação de serviços

Outro elo importante dentro da cadeia produtiva do Brasil, toda prestação de serviços também exige a demanda de uma série de insumos. Muito semelhantes aos da manufatura de produtos, como exemplo, pense no serviço de reparos de computador.

A mão-de-obra profissional empregada é considerado um dos vários insumos presentes no processo. Assim como a energia elétrica necessária para alimentar os aparelhos, as peças eletrônicas e os demais materiais e ferramentas tecnológicas.