Língua Portuguesa Geral

O que é fóssil? Conceito e definição da palavra. Confira!

O que significa fóssil

Fóssil, do latim ‘fossilis’, significa ‘aquilo que foi tirado da terra’. Sendo assim, podemos dizer que um fóssil é uma espécie de substância biológica antiga que conseguiu se preservar de alguma forma em locais como o solo da terra, por exemplo.

Essa conservação acontece devido a interferências de matérias naturais, tais como: argila, areia, gelo, etc. A esse desenvolvimento natural da geração de um fóssil, damos o nome de fossilização.

Veja também – Significado de pindorama

São exemplos desse processo de fossilização a petrificação, o congelamento e a conservação através de uma resina vegetal denominada de âmbar.

De acordo com especialistas, os fosseis mais antigos da terra possuem cerca de 4 bilhões de ano. Ou seja, alguns desses fosseis que foram estudados por paleontólogos estão e foram conservados durante todo esse período através dos processos de fossilização mencionados acima.

Alias, fosseis, muitas vezes, são encontrados por arqueólogos e são estudados por esses especialistas mencionados acima, os paleontólogos. É função deles ‘descobrir’ através desses fosseis como eram os ecossistemas e os organismos no passado.

Dessa forma, é possível perceber a importância que o estudo de um fóssil tem, pois são esses fosseis que nos ajudam a entender o passado e como a vida evoluiu no nosso planeta.

Tipo de fóssil

São dois os principais tipos de fósseis:

  • Icnofóssil= Fosseis que derivam de pegadas, rejeitos, rastros, etc. Ou seja, não derivam apenas de organismos vivos. Esse tipo de fóssil possui uma importância extrema para que historiadores consigam desvendar como era o comportamento e a vida dos antigos animais.
  • Somatofóssil = Organismos vivos que foram fossilizados neles mesmo. São exemplos: ossos, folhas, dentes, etc.

Fosseis encontrados no Brasil

Alguns fosseis muito importantes encontrados no Brasil são de dinossauros. Confira:

Uberabatitan riberoi

Fóssil descoberto em: Uberaba, Minas Gerais

Altura: 4 m

Comprimento: 15 m a 19 m

Fóssil

Adamantisaurus mezzalirai

Fóssil descoberto em: Flórida Paulista, São Paulo.

Altura: 4 m

Comprimento: 12 m

Fóssil

Austroposeidon magnificus

Fóssil descoberto em: Presidente Prudente, São Paulo

Altura: 6 m

Comprimento: 25 m

Fóssil

Antarctosaurus brasiliensis

Fóssil descoberto em: São José do Rio Preto, São Paulo

Altura: 6 m

Comprimento: aproximadamente 40 m

Fóssil

Amazonsaurus maranhensis

Fóssil descoberto em: Itapecuru-Mirim, no Maranhão

Altura: 3 m

Comprimento: 10 m

Fóssil

Maxakalisaurus topai

Fóssil descoberto em: Prata, Minas Gerais

Altura: 4 m

Comprimento: 13 m

Fóssil

Trigonosaurus pricei

Fóssil descoberto em: Uberaba, Minas Gerais

Altura: 4 m

Comprimento: 9,5 m

Fóssil

Gondwanatitan faustoi

Fóssil descoberto em: Álvares Machado, São Paulo

Altura: 2,5 m

Comprimento: 8 m a 15 m

Fóssil

Baurutitan britoi

Fóssil descoberto em: Uberaba, Minas Gerais

Altura: 3,5 m

Comprimento: 12 m

Fóssil

Tapuiasaurus macedoi

Fóssil descoberto em: Coração de Jesus, Minas Gerais

Altura: 4 m

Comprimento: 13 m

fóssil

Combustível fóssil

Combustível fóssil também conhecido como ‘energia fóssil’, é uma espécie de substância (cuja origem é mineral) que surgiu a partir da decomposição de seres que viveram e morreram há milhões de anos.

Exemplos desse tipo de combustível são: carvão mineral, petróleo e gás natural.

Esses combustíveis, por serem feitos a partir de decomposição de seres a milhares de anos, são considerados fontes de energia não renováveis.

Artigos relacionados:

About the author

Jessica