Língua Portuguesa Geral

Graça: palavra polissêmica que possui diversos significados. Saiba mais!

O que significa graça

A palavra graça é oriunda do latim ‘gratia’ que significa favor ou benevolência.

Graça é uma palavra polissêmica, ou seja, dependendo do assunto ela poderá significar diversas coisas.

Veja também – Significado de pindorama

Além de ser usada em um sentido mais religioso, a palavra pode ser empregada para caracterizar pontos agradáveis na personalidade de uma pessoa. Por exemplo: “Essa pessoa é uma graça!”

O termo pode ser utilizado também para fazer menções a uma pessoa que possui a habilidade de conquistar outras pessoas apenas pelas atitudes, pela forma de conversar, pelas palavras, etc. Mas também pode ser utilizado para descrever características físicas ou até mesmo para referir-se ao nome de uma pessoa, por exemplo. Este último era muito comum no passado, onde a palavra graça literalmente era sinônimo de nome, pois em vez de ser perguntado: “Qual é o seu nome?” usava-se: “Qual é a sua graça?”

Além disso, podemos ainda ouvir a expressão quando alguém tenta explicar que um outro alguém conquistou a vontade, o coração ou a simpatia de um povo, grupo ou de uma outra pessoa. Essa explicação encaixa-se perfeitamente para entendermos o significado de frases como: “Ele será eleito, pois caiu na graça do povo”.

Frases com a palavra graça

  • Para de fazer graça! O assunto é sério.
  • Ao que devo a graça?
  • Pode pegar, são de graça.
  • A única coisa de que preciso é a graça de Deus.
  • Aquele menininho é uma graça.
  • O seu cabelo está uma graça hoje.

Graça de Deus

De acordo com algumas religiões, a palavra graça tem a ver com um dom concedido por Deus aos seus filhos, mais especificamente como um presente para a salvação.

No cristianismo, por exemplo, quando uma pessoa entrega a sua vida para Deus e é restaurada, ela recebe a graça para viver uma vida divina.

No entanto, como Deus oferece a todos os seus filhos o livre arbítrio, muitas pessoas optam por viver no pecado, até mesmo aquelas que entregaram a vida para Deus. Mas se a pessoa se arrepende de coração e reconhece seus erro, Deus a perdoa e a pessoa volta a ter o dom da graça.

A salvação vem pela graça, mas para alcançá-la é necessário abrir mão dos desejos da carne para que Deus possa te guiar pelo caminho da vida eterna.

Graça Aranha

Graça Aranha foi um escritor romanticista que viveu entre o período de 1868 até 1931.

Ele marcou sua história ao realizar o discurso de abertura da Semana de Arte Moderna e lançar um livro responsável por abrir o período Pré-modernista.

Graça Aranha nasceu no Maranhão, se formou em direito em Recife e mais tarde, após exercer a magistratura no Rio de Janeiro e no Espirito Santo, se tornou membro fundador da Academia Brasileira de Letras.

Graça e indulto

Indulto e graça são nomes dados ao perdão concedido ao ato ilícito cometido por alguém.

Embora ambas palavras tenham a mesma função, elas se diferem na forma como são dadas. Indulto trata-se do perdão dado coletivamente e espontaneamente. Graça é o perdão dado de forma requisitada e individual.

No geral, a graça e o indulto são concedidos pelo presidente da república ou por alguém que o presidente tenha delegado essa função. Quem recebe essa espécie de remissão tem a pena apagada ou parte dela perdoada, vai depender de diversos fatores e, principalmente, do crime que foi cometido.

No entanto, alguns tipos de crime não são passiveis desse tipo de clemência, tais como: terrorismo, tráfico de drogas, tortura, crimes hediondos, etc.

Artigos relacionados:

About the author

Jessica