Tecnologia

O que é um chipset e qual sua função?

Chipset

Computadores e celulares precisam de vários componentes para funcionarem, assim como em um corpo os órgãos precisam trabalhar em conjunto. Uma das partes vitais para o funcionamento desses eletrônicos é o chipset que controla inúmeras funções que são essenciais para um bom funcionamento. Entenda melhor abaixo.

Entenda o que significa chipset

Chip ou o circuito integrado é um circuito elétrico completo, mas em miniatura. É feito com materiais condutores que processam diversas informações e comandos e podem reenviar para outros componentes. Quando você usa um celular ou computador, na maioria das vezes é o chip que envia a informação que foi processada para a placa de vídeo. Embora, é preciso deixar claro que ocorrem uma série de processos antes.

Set significa conjunto. Logo o chipset é um conjunto de chips que processam diversas informações em um aparelho eletrônico. Para você ter uma ideia, um único chip pode ter mais de 40 milhões de componentes eletrônicos, então imagine só um conjunto!

O chipset trabalha em conjunto da placa-mãe, processando comandos que você dá ao aparelho eletrônico e gerando respostas. Sua função é parecida com a do cérebro, se comparada com um corpo humano, pois ele delega funções para cada órgão, assim como o chipset delega funções para cada componente.

Entendendo a composição do chipset

Ele geralmente é integrado à placa-mãe, sendo um definidor importante para suas funções. Um exemplo disso é que o chipset define quanta memória RAM ela pode ter. Além disso, ele também decide os tipos de memória que podem ser processados pela placa, como DDR3 ou SDRAM. Se você estiver um pouco confuso com esses nomes complicados, pode relaxar, pois logo à frente vou explicar melhor.

O chipset é dividido em duas partes, sendo que cada uma possui uma função específica. No entanto, em alguns modelos de aparelhos eletrônicos é possível encontrar chipsets que não são divididos. Isso é mais raro, mas alguns modelos obtiveram resultados favoráveis.

Nessa divisão, estão a North Bridge, ou Ponte Norte e a South Bridge, ou Ponte Sul. Não existe a mais importante e nem mais vital e ambas estão, essencialmente, integradas.

Ponte Norte

Ela está mais conectada com o processador de memórias do aparelho. Cuida dos barramentos da memória e dos padrões de comunicação. Entenda que cada celular e computador, possui um sistema de linguagem e nos comandos para processamento, a ponte norte que filtra. Ela faz a maior parte do trabalho então precisa de um resfriador. Por isso geralmente está perto dos coolers, ou no mínimo algo que controle o calor.

Ponte Sul

A North Bridge pode fazer o trabalho pesado, mas isso não significa que a South Bridge não seja tão importante quanto. Ela lida com os dispositivos externos inseridos no aparelho, como o USB. Assim como lida com os componentes relativos à essas saídas.

Entendendo melhor a função do chipset

Você já entendeu que o chipset é similar ao cérebro, ou no mínimo a uma parte do cérebro (considerando que a placa-mãe seja ele inteiro) que delega comando, lida com linguagens e processamento de informações, não é? Você vai entender melhor caso não se dê bem com esses nomes mais complicados.

Pense que o chipset é responsável por fazer barragens no sistema, isso é, lidar com os comandos e transferi-los para o lugar adequado, sendo da “família” dos microprocessadores, parte responsável pela tomada de decisões de um aparelho eletrônico. Entenda melhor abaixo:

  • Vamos supor que você escreveu a palavra “Definição” no seu computador
  • Seu computador interpreta sempre como “1” ou “0” (um ou zero), sempre em código binário. Geralmente será uma combinação de zeros e uns somente para uma letra
  • Essa informação precisa ser traduzida, é aí que entram as linguagens, onde cada sistema operacional possui a sua (Windows, Linux, iOS, Android)
  • É preciso deixar claro para não confundir com linguagens de programação (Java, PHP, C+, HTML, etc)
  • Esse conjunto de zeros e uns serão interpretados pelo sistema e transformados em palavras e enviados ao chipset
  • O chipset envia isso para a placa de vídeo e você conseguirá ler, assim como está fazendo agora. E tudo isso em milésimos de segundos.

Para resumir, a informação do comando vai para o chipset em números binários, é traduzida pelo sistema operacional e reenviada de acordo.

Compreendeu que o chipset recebe a informação e ele delega ela para a área adequada? É como se desse o comando para o comando operacional traduzir e depois envia para a placa de vídeo. É como o cérebro enviando informações para determinados órgãos, processando e depois delegando a função para outros.

Chipset

Só celulares e computadores possuem chipset?

Talvez tenha sido assim durante algum tempo, mas hoje em dia aparelhos como impressoras, aparelhos de televisão, vídeo-games e até mesmo geladeiras já possuem um chipset. Com a Internet das Coisas, a tendência é que haja ainda mais, pois os aparelhos eletrônicos tendem a se conectar.

Mais sobre a história do produto

A princípio, os chips eram simplesmente espalhados na placa-mãe, isso fazia o tempo de resposta ser bem menor. Tanto é que as placas-mães mais antigas possuíam 32MB de RAM e hoje já possuímos placas com 8GB sendo encontradas facilmente e com preços bem em conta.

O tempo foi passando e foram unindo os chips, criando um sistema mais integrado, complexo e completo. Que acabou deixando tudo mais barato e melhorando e muito a qualidade dos computadores.

A produção dos chipsets

É feita por diversas empresas de grande porte como a Intel ou NVIDIA, mas um fator interessante é que mesmo que um computador seja da Dell, não necessariamente seu chipset é da mesma empresa. Geralmente são escolhidos os que mais se adaptam ao conjunto geral do computador. Para saber qual a marca do seu chipset, basta acessar o BIOS. Outro fator é que a falsificação do produto pode acontecer com frequência.

Considerações finais

O chipset é uma parte crucial para o sistema de qualquer computador ou celular e, hoje em dia, de vários aparelhos eletrônicos. Quando se fala em placa-mãe, entenda que ela é composta de diversas outras partes, cada uma com sua importante função e o chipset é uma dessas partes.