Tecnologia

Entenda o que é um processador e sua função em um computador

Processador

Nem sempre sabemos lidar com todas as definições do mundo. Seria muito interessante se pudéssemos entender tudo aquilo que envolve nossa vida. Mas nem sempre estudamos ou sabemos tudo aquilo que existe. Esse é exatamente o caso do processador em computadores.

Afinal, diferente da definição de HTTP, que envolve o mundo da tecnologia, o processador é bem diferente. Até porque nem tudo que envolvem tecnologia é simples e fácil de se entender. Ainda mais para as pessoas que não estão acostumadas com esse universo.

Claro que essa realidade pode mudar, e podemos aprender um pouco mais todos os dias. Para tanto, é preciso começar a entender um pouco da parte interna dessa tecnologia. Que pode, com toda certeza, ser um ótimo primeiro passo para quem deseja aprender sobre isso.

Logo, essa matéria irá abordar hoje um pouco dessa questão. Sem deixar de explicar o real funcionamento desse instrumento tão importante para a tecnologia.

O que é o processador?

Para início de conversa, é preciso lembrar que o processador é diferente do que conhecemos da definição de software. Isso deve ser dito porque é comum que muitas pessoas confundam esses dois. Ainda que eles tenham funções muito diferentes entre si. Dessa forma, é preciso saber primeiro isso para que não exista uma confusão desnecessária.

O processador está ligado ao que conhecemos como ULA, ou seja, Unidade Lógica Aritmética. O que realiza várias operações matemáticas para que somente assim seja possível fazer com que determinado programa funcione. Logo, essa comunicação deve ser feita a partir de uma numeração binária previamente estabelecida historicamente. Assim, trabalha com códigos baseados escritos em 0 e 1 para que as operações sejam realizadas.

Processador

A inovação do processador

No entanto, é preciso lembrar que não é todo processador que trabalha com a Unidade Lógica Aritmética. Assim como muitos aparelhos tem evoluído ao longo da história e do mundo, o processador é um eles. Até porque, dada a sua importância, é necessário ressaltar que ele não poderia continuar obsoleto.

É preciso que até mesmo o processador seja atualizado, pois a tecnologia tem essa demanda atualmente. Dessa maneira, nem todos os processadores utilizam da ULA para realizar as operações matemáticas. De qualquer modo, a maior parte dos processadores atuais, os das novas tecnologias, costumam utilizar a Unidade do Ponto Flutuante.

Em uma medida de melhorar o funcionamento das tecnologias como um todo, a UPF surgiu para que as operações fossem melhores. Assim sendo, esses novos processadores, por sua vez, realizam operações maiores. Ou seja, de números que não sejam apenas baseados no 0 e 1, mas como os 64 ou 128 bits, como por exemplo.

Mas qual é exatamente a função de um processador?

Claro que muito mais do que apenas realizar essas operações matemáticas, o processador oferece outras funções a partir disso. Sendo assim, o processador é o único responsável pelo funcionamento do iPad, por exemplo, como um todo. Ou seja, a partir desses padrões binários (ou não), esse equipamento consegue realizar outras funções de extrema importância.

Portanto, o processador é responsável basicamente por acelerar, endereçar dados e ainda reconhecer, resolver e preparar esses mesmos dados. Tudo isso, para que exista um funcionamento completo que depende da aplicação desses dados de maneira correta. Por isso que quando o processador não cumpre com sua função corretamente, o aparelho inteiro dá problema.

Baseado em todas essas informações, é possível esclarecer o que é o processador com uma única comparação. Basicamente, esse instrumento é quase que uma enorme calculadora gigante. Que é capaz de calcular qualquer coisa e garantindo o pleno funcionamento do equipamento tecnológico como um todo.

Processador

O que é cache?

A princípio pode parecer que o cache em nada tem a ver com o que é exatamente o processador e a sua função. Só que, totalmente pelo contrário, tem tudo a ver uma coisa com a outra para que exista esse funcionamento pleno. Logo, com a evolução da internet como um todo e a demanda da sociedade com relação ao universo tecnológico. O cache começou a ter um espaço maior nesse cenário.

Dessa maneira, o cache é basicamente uma forma de guardar certas informações fundamentais para o funcionamento do aparelho. E da pesquisa que se faz com ele com uso da internet em si. Assim sendo, um exemplo bastante simples pode ser elucidado para que se entenda essa ideia por completo. Sabe quando você acessa frequentemente um site específico mais de uma vez por semana, como exemplo, a Netflix, o Facebook, Twitter, etc.

E, muitas vezes, em um desses acessos, basta você escrever algumas letras na barra de pesquisa para que o próprio aparelho complete a informação. Parece familiar? Pois então, o cache é justamente esse armazenamento de dados requisitados a todo momento.

Por que é necessário entender o cache para o funcionamento do processador

Só que como já foi comentado anteriormente, a tecnologia vem evoluindo ao longo do tempo, bem como a demanda. E como praticamente setenta por cento do mundo utiliza aparelhos eletrônicos que contém um processador. Como uma medida de facilitar a vida de qualquer um, essas informações do cache começam a ser armazenadas no processador.

Até porque, seria ainda muito lento se essas informações fossem armazenadas na própria CPU. Imagine você que para qualquer coisa que você fosse requisitar no aparelho, e não apenas aquelas ligadas a internet, o tempo seria muito maior. Afinal, seria necessário que se realizasse uma varredura completa no disco ou na RAM para encontrar essas informações necessárias.

Com o processador, esse cálculo é feito de maneira mais rápida. Assim sendo, a pesquisa, abrir, deletar e até mesmo trocar de aplicativos e pesquisas em menos de segundos. São possíveis apenas com um bom uso do processador.

Por que, então, ele é tão importante?

Dado a tudo que foi apresentado até então, é comum se perguntar por que o processador é tão importante. Parece muito simples e bobo o seu funcionamento, até porque, não parece ser algo muito difícil. O que realmente não é para nós que não funcionamos a base de algoritmos. Para uma máquina, no entanto, o processador é a Unidade de Controle maior que existe.

Diferente de outros instrumentos tecnológicos da parte interna do aparelho. O processador seria o que temos de mais próximo de um cérebro humano. Uma vez que é capaz de controlar todo o resto a partir de seus cálculos.

É exatamente por isso que para as novas tecnologia como as Inteligências Artificiais precisam de um processador em perfeito funcionamento. Afinal, precisam dele para que os dados sejam lidos e transcritos, quando esses são requisitados, de maneira adequada.