Filosofia

O que é amor platônico? Conceito e definição

O amor platônico é conhecido como um amor impossível ou um amor não correspondido. Ele é entendido como um amor à distância, que não tem aproximação e nem toque, e é perfeito, sem defeitos, repleto de fantasias e idealizações.

É um amor que vive no campo do pensamento, da imaginação, onde é possível deslumbra-lo, mas não vivê-lo de uma forma real.

De onde surgiu o termo Amor platônico?

O amor platônico deve o seu nome a Platão (350 a.C.), filósofo grego da Antiguidade. No ideal de Platão, ele seria um amor essencialmente puro, que não se fundamenta em um interesse, mas na virtude, e é desprovido de paixões, que segundo ele são cegas, materiais, efêmeras e falsas. O termo “platônico” foi utilizado em sua obra “O Banquete” no século IV a.C. onde o filósofo discorre sobre as diferentes maneiras de entender e praticar o amor.

Quem foi Platão?

amor platônico

Platão foi um dos filósofos gregos (427 a.C.-347 a.C.) mais importantes de todos os tempos. Suas teorias, chamadas de platonismo, concentram-se na distinção de dois mundos: o visível, sensível ou mundo dos reflexos, e o invisível, inteligível ou mundo das ideias

Discípulo de Sócrates, ele desenvolveu a teoria do método (ou dialética) e a teoria da reminiscência, segundo a qual o homem vive no mundo das ideias antes de sua encarnação e as contempla em seu estado puro.

Como superar um amor platônico?

amor platônico

Muitas vezes o amor platônico surge involuntariamente em pessoas com baixa autoestima e que sentem dificuldade em aproximar-se de quem amam. A verdade é que na origem deste comportamento estão a insegurança, imaturidade e a inibição emocional.

Apesar de parecer muito difícil superar uma amor platônico, uma hora ou outra você perceberá que também não é impossível.

Tenha em mente as seguintes coisas:

1) Ninguém é perfeito

Uma das características mais fortes do amor platônico é a idealização da pessoa amada. É preciso entender que todos temos defeitos, até mesmo aquelas pessoas que mais admiramos.

2) Converse com alguém sobre os sentimentos

Abrir o coração e conversar com alguém sobre os seus sentimentos pode ajudar bastante a aliviar o peso das suas emoções.

Fale com uma pessoa de confiança, ou caso não queira se abrir com conhecidos, existem profissionais que se prepararam a vida toda para isso.

3) Se ame

Entenda que o primeiro passo para ser amado por alguém é se amar. Ame sua personalidade, sua companhia, seu cabelo e tudo mais que diz respeito a você, pois você é incrível do seu jeito único.

4) Não fique sozinha (o). Saia e conheça novas pessoas!

Mudar a rotina pode te ajudar a conhecer histórias, pessoas e experiencias incríveis. Tudo isso ajuda a tirar os pensamentos constantes do seu amor platônico.

Lembre-se:   A vida é curta e você deve aprender a vivê-la com prazer!

5) O tempo tudo cura

Os amores platônicos tendem a desaparecer com o tempo, ou serem substituídos por  amores reais!

Assim como dizem, o tempo cura tudo, e mesmo que pareça clichê, também não deixa de ser a mais pura verdade.

Artigos Relacionados:

 

About the author

Jessica