Geral

O que significa “ansioso”? É um problema? Como melhorar?

Significado da palavra ansioso

“Nossa, como você é ansioso!” Já ouviu essa frase? Então provavelmente você sofre de um distúrbio muito comum hoje em dia: a ansiedade.

Esse sentimento é muito comum quando enfrentamos alguma situação de estresse muito grande, ou quando algo está prestes a acontecer e que foge completamente do nosso controle. Mas, afinal, quando essa ansiedade por ser considerada uma doença e quando precisa de tratamento?

Hoje em dia, tudo está muito corrido. As pessoas já não possuem muito tempo para desfrutarem de alguns prazeres simples, como assistir o pôr do sol, por exemplo. Por causa da falta desses prazeres simples, muitas estão adoecendo com excesso de ansiedade.

Mas será que existe algum tratamento para esse distúrbio? A resposta é sim! Você não precisa ficar sofrendo a sua vida toda por causa de uma alteração dos seus sentimentos. Hoje em dia, existem tratamentos extremamente eficazes para quem sofre com tanta ansiedade.

O que é ser ansioso?

Ansioso é a denominação dada ao indivíduo que tem o excesso de alguns sentimentos como a impaciência, preocupação, angústia, inquietação e aflição. Esta pessoa é portadora de uma doença chamada ansiedade.

Existem diferentes sentimentos que são despertados por quem tem ansiedade. A pessoa vive com uma preocupação completamente inexplicável. É como se ela ficasse em alerta 24 horas por dia, sem saber ao certo o porquê.

Essa insegurança relatada pela maioria dos pacientes nos consultórios é normal para quem sofre de ansiedade.

O ansioso vive uma realidade que existe só na cabeça dele, tudo se torna muito exagerado. A perturbação mental é muito grande, pois existe um somatório muito grande de dúvidas e inseguranças.

Tratar da ansiedade é o primeiro passo para deixar de ser uma pessoa ansiosa, caso contrário, terá de conviver com esses desconfortos ao longo da vida.

Significado da palavra ansioso

Entenda como funciona a ansiedade

A ansiedade é uma resposta normal da nossa biologia, do nosso corpo, perante situações que vão acontecer, sejam elas reais ou totalmente imaginárias. Normalmente, diferentes sensações são sentidas por quem sofre com esse transtorno.

Essas sensações, geralmente, são difíceis de serem controladas, por isso a importância de cuidar para que ela não torne seu dia a dia incapacitante.

Ser ansioso dentro da normalidade, ou seja, quando o sentimento não te prejudica e diante de situações reais, não tem problema nenhum. A ansiedade só se torna um problema quando você começa a não fazer mais as atividades que sempre fez.

Por exemplo, todo dia você vai para a academia de manhã e de repente você deixa de ir porque tem medo de ser assaltado. Essa ansiedade por algo que não aconteceu pode ser considerada doentio e, em muitos casos, pode evoluir para casos mais graves, como a depressão.

Quais são as causas que tornam você ansioso?

Existe uma condição chamada “estado de ansiedade”, que pode ser provocada por episódios externos que contribuem para um indivíduo se tornar ansioso. Esses episódios externos podem ser provocados pela natureza, pelo homem ou simplesmente pela imaginação da pessoa.

Terremotos, tsunamis e outros desastres naturais são exemplos desses eventos causados pela natureza. Já os provocados pelas ações humanas são centenas, como assaltos, terrorismo, assassinatos, entre outros.

As situações imaginárias são aquelas que existem apenas na mente daquela pessoa que está pensando – por exemplo, incapacidade de enfrentar problemas ou medo do julgamento das pessoas em relação a alguma atividade que você tenha feito.

Conheça os principais sintomas de quem é ansioso

Aquele indivíduo que é considerado ansioso apresenta diferentes sintomas, muitas vezes desagradáveis, e que prejudicam muito a vida de quem sofre com esse distúrbio.

Conheça alguns desses sintomas:

  • Excesso de irritabilidade;
  • Muita dificuldade de concentração;
  • Excesso de preocupação e medo de alguma situação que não aconteceu ainda;
  • Cansaço e excesso de fadiga;
  • Excesso de preocupação em relação a contas, dinheiro e pagamento de pendências financeiras;
  • Sensação de que alguma situação ruim vai acontecer a qualquer momento.

Existe uma idade em que uma pessoa se torna ansiosa?

Não. Os transtornos de ansiedade costumam surgir de repente, mas a faixa etária onde mais se observa o início é dos 25 aos 30 anos.

As mulheres ainda são a maioria dos pacientes. Acredita-se que isso aconteça por causa das oscilações hormonais que ocorrem no corpo feminino.

Significado da palavra ansioso

Estou ansioso. Quando devo procurar um médico?

Essa é uma das perguntas mais comuns que os psicólogos e psiquiatras ouvem nos consultórios. Quando um ansioso deve procurar ajuda médica?

A procura por ajuda de um profissional especializado deve acontecer quando a ansiedade começar a limitar a vida do indivíduo. Por exemplo, quando a pessoa começa a ficar preocupada com coisas que nem aconteceram ainda, é hora de tratar dessa síndrome.

Uma das características da ansiedade é o excesso de preocupação com questões imaginárias, como já dissemos.

Fique atento a essas questões, verifique se está se alimentando direito, se o seu sono está em dia. Pode parecer exagero, mas não é! Quem sofre de ansiedade não consegue fazer essas coisas simples.

Mesmo com tanta correria e o horário apertado, ser ansioso em excesso não é normal e não deve fazer parte da vida de ninguém.

Como é feito o diagnóstico?

Muitas vezes, em um primeiro momento, o ansioso não admite que está com ansiedade.

Na maioria das vezes, ele é encaminhado a algum pronto socorro onde a indicação é quase sempre para buscar um profissional de neurologia, cardiologia ou para tratamentos respiratórios.

Quando a indicação é diretamente para um psicólogo ou psiquiatra, a maioria resiste e acaba não recebendo a ajuda necessária.

É importante ressaltar e deixar claro que esses profissionais estão aí para ajudar a pessoa que sofre com ansiedade. O psicólogo, por exemplo, consegue detectar a real necessidade de um tratamento mais específico.

Se existem tantas opções de tratamento, não há motivos para o indivíduo sofrer.

Como melhorar esse quadro de ansiedade?

Existem algumas indicações muito importantes e que podem contribuir para que o quadro de ansiedade seja revertido – ou pelo menos diminuído – na vida do ansioso.

Veja abaixo algumas dicas importantes:

  • Pratique exercícios físicos;
  • Tenha uma alimentação mais saudável;
  • Busque ter uma melhor qualidade de sono: fique longe dos aparelhos eletrônicos nesse período;
  • Mantenha uma rotina de lazer e diversão nos momentos vagos;
  • Fuja das situações de estresse;
  • Não participe de rodas de conversas e fofocas para não alimentar pensamentos ilusórios.

Essas são apenas algumas dicas para você viver uma vida mais tranquila e com mais liberdade. Cuide-se!