Filosofia

O estoicismo, fundado em Atenas, é uma escola de filosofia helenística

Estoicismo

O estoicismo é um conceito filosófico que foi extremamente importante para a formação da sociedade como conhecemos hoje em dia.

Se você nunca ouviu falar nessa escola da filosofia, fique tranquilo, pois você vai entender que se trata de algo simples em sua essência.

Esse artigo vai te mostrar o que é o estoicismo, seus fundamentos e outras informações importantes sobre essa escola de filosofia.

O que é o estoicismo?

O estoicismo, que surgiu lá na Grécia Antiga, é um movimento de cunho filosófico que despreza todo tipo de sentimento que não venha do saber.

Ou seja, o conhecimento sem interferências das emoções é o que vale a pena e o que nos tornaria pessoas valorosas, segundo Zenão de Cício, o filósofo que criou esse pensamento.

Mas, como seríamos melhores sem os que nos torna humanos, os sentimentos? Por que viveríamos sem ser afetados por paixões, desejos e todos os tipos de emoções?

Para o estoicismo é muito simples. Nós, seres humanos, só encontraremos a verdadeira felicidade se apenas vivermos das nossas virtudes, que seriam provenientes dos ensinamentos de Sócrates.

Quem foi Sócrates?

Ele foi um dos grandes filósofos que criou e estabeleceu as bases dos pensamentos em sua época.

Saindo da linha dos antigos filósofos que ficavam questionando a origem do universo, para Sócrates existiam questionamentos muito maiores.

Basicamente seus questionamentos partiam do princípio que todo ser deveria ter o autoconhecimento, com razão e sem intromissões.

Pode parecer um tanto confuso esse papo de filosofia, estoicismo, Atenas, Grécia Antiga, Sócrates e conhecimento, mas você vai ver que não é.

Mas, se formos parar para analisar profundamente, tudo isso é a base do que somos hoje e do que pensamos. Base, principalmente, de toda a nossa sociedade.

Claro que muita gente não consegue viver sem extravasar as suas emoções. A luxúria, por exemplo, é um dos desejos carnais que mais afetam o ser humano.

Na filosofia estoica, as emoções são consideradas más e nos tornam irracionais e não imparciais.

E para comprovar esse pensamento atualmente, basta analisar as notícias que saem o tempo todo nas mídias, onde pessoas cometem algum ato grotesco e gigantesco em nome de um determinado tipo de sentimento.

No estoicismo nunca deveríamos ser estes seres irracionais, inconsequentes e irresponsáveis.

Afinal, sem o domínio das emoções seríamos muito mais coerentes em nossas decisões e escolhas em quaisquer âmbitos da nossa vida.

Uma pessoa sábia, para o estoicismo, é aquela que não se deixa afetar por nada externo vindo do seu interno, pois tudo abalaria os seus pensamentos.

Porque teoricamente somos seres racionais, ou pelo menos é o que deveríamos ser.

E indo ainda mais profundo no estoicismo, podemos afirmar que essa corrente filosófica enfatizava que qualquer tipo de vício é prejudicial ao indivíduo.

Para os estoicos ser feliz ou não dependia exclusivamente de nós mesmos, pois se não fossemos embalados pelo que acontecia por fora, conseguiríamos alcançar a felicidade.

Isso mesmo em momentos ruins, porque não estaríamos pensando através de emoções e sim através da racionalidade.

Portanto, não sofreríamos em vão e não nos abalaríamos nas situações que consideramos intoleráveis.

Estoicismo

Conceitos fundamentais do estoicismo

O estoicismo possui alguns conceitos essenciais para que a filosofia possa ser compreendida.

Veja a seguir:

  • Se nos conformarmos com o nosso destino, teremos liberdade e poderemos exercer o que é moral;
  • Fazer o bem é o caminho mais fácil para a liberdade, para a invulnerabilidade e a independência, sem a intercorrência da parte irracional, onde estão todas as nossas emoções;
  • O inconformismo indiferente não interfere em tudo que é determinado pelo destino;
  • Devemos amar tudo igualmente, sem distinguir o que é o bem e o que é o mal;
  • Não há de forma alguma um moralismo indiferente.

Com base nesses conceitos, espera-se que os estoicos tenham um determinado tipo de conduta, como você vai ver aqui embaixo.

  • Todos deveriam agir corretamente de acordo com os pensamentos racionais;
  • O que importa na hora de agir é o moralismo e não o resultado e suas consequências;
  • A política e suas atividades são extremamente apropriadas e por isso têm valor na vida de qualquer ser humano;
  • O filósofo deve se basear sempre na incerteza da vida e fazer escolhas razoáveis.

E o estoicismo também traz valores para a física. Isso mesmo! Para a física.

A partir disso só existe a realidade que conseguimos enxergar, e nenhuma outra.

A física estoica revela a ação de um corpo que penetra outro corpo, em sua plenitude, criando algo como um materialismo espiritual.

Além disso, segundo alguns filósofos o estoicismo através dos seus pensamentos criou a base do Cristianismo.

Agora vamos entender melhor o que seria a escola helenista e qual sua relação com o estoicismo.

Estoicismo

A escola helenista e o estoicismo

O helenismo corresponde ao período da Grécia Antiga que vai de Alexandre Magno até o período da dominação romana.

Pense na grandeza de pensamentos que surgiram naquela época sendo expandidas através de escolas.

Por isso deu-se o nome de escola de filosofia helenística, que correspondia ao desenvolvimento natural do intelecto.

Sócrates e seus pensamentos foram fundamentais para a escola helenística e todos os pensamentos e estilos filosóficos.

Por isso traz referências até hoje nos estudos de filosofia na maioria das áreas sociáveis. E não só aprendemos conscientemente sobre os seus pensamentos nas faculdades e escolas.

Também temos enraizados em nosso subconsciente muitos desses ensinamentos que se perpetuaram desde a Grécia Antiga.

Sendo assim, podemos resumir dizendo que as escolas helenistas possuem em comum a investigação do ser humano como um ser sábio, amoroso e racional.

Afinal elas estudavam o modo de vida com o intuito de promover a paz de espírito.

Essas mesmas escolas filosofavam também sobre a miséria humana, consequentes das convenções sociais e obrigações já pré-determinadas pelas próprias pessoas.

E o que o estoicismo, sendo uma das escolas helenistas, nos traz de benefícios para os dias atuais?

Por isso pode-se dizer que o estoicismo nos deixou um legado filosófico repleto de sabedoria, fundamental para o nosso desenvolvimento ainda nos dias de hoje.