Língua Portuguesa

O que é pressuposto? Descubra aqui!

Um pressuposto é algo que se pensa antecipadamente. Pode ser um adjetivo ou um substantivo a depender da construção da frase. Também pode ser uma conjugação no particípio passado do verbo pressupor. Aqui apresentaremos seus significados para que não lhe restem mais dúvidas de como utilizar a palavra.

Significados da palavra pressuposto

Aquilo que supomos antecipadamente a algo ser dito ou antes de acontecer é um pressuposto. Podemos ter pressuposições em várias áreas de nossa vida. Por exemplo, achar que alguém está bravo com a gente e não falar oi. Quando, na verdade, a pessoa estava apenas concentrada em outra coisa.

Assim, tenha cuidado com os pressupostos. Eles podem ser armadilhas que você mesmo constrói em sua cabeça. Tenha sempre atenção e esteja atento ao que a pessoa tem a dizer para que os pressupostos não atrapalhem.

O pressuposto também pode significar uma suspeita, algo que se acha que é e não está comprovado ainda. E pode ser comprovado ou refutado. Vejamos os seguintes exemplos:

  • O investigador partiu do pressuposto de que ela era a assassina do esposo;
  • Seu pressuposto é de que ele a traiu, mas qual a sua prova?

Além de ser uma suposição, o pressuposto pode significar uma intenção em fazer algo. Chegar a um ponto que se pretende. Entretanto, não significa que se conseguirá ou não, apenas que há a vontade. Vejamos os seguintes exemplos:

  • Meu pressuposto é que chegarei em primeiro lugar nessa corrida;
  • O pressuposto dele é que passará no vestibular, por isso estuda tanto.

Outro significado pode ser o pretexto. Ou seja, um argumento que disfarça a intenção verdadeira. Por exemplo, vejamos as frases:

  • Sobre o pressuposto de demitir a secretária, ele colocou todo mundo do escritório contra ela;
  • Sobre o pressuposto de casar com ele, ela passou a dedicar-se mais a relação dos dois.

Entre seus sinônimos podemos destacar: suposição, hipótese e presunção.

E os antônimos podem ser: explícito, comprovado.

Pressupostos na ciência

A ciência trabalha com hipóteses. Essas também são pressupostos. Algo que se pensa antes mesmo de realizar uma pesquisa.

Assim, os pressupostos são fundamentais para que haja a evolução da ciência. Pois a partir deles que um pesquisador começa a traçar seu método e como seguirá.

Assim, diante da hipótese ele pensa em como comprová-la ou refutá-la. Isso a comprovará ou terá modificações e o resultado final será outro.

Mesmo que a hipótese não seja comprovada no resultado final, ela é importante. Pois o que importa é o que será demonstrado. Qual será o resultado final e o que se descobrirá durante a pesquisa.

Por isso, o pressuposto nem sempre tem um sentido negativo.

No método científico um pressuposto é construído com o objetivo de ser refutado. Pois tentando comprová-los é possível descobrir outras coisas. Nem sempre uma pesquisa chega onde se propõe, mas ela chega a alguns resultados. E esses resultados podem ser muito importantes para revelar outras questões.

Diferença entre pressuposto e preconceito

É importante destacar que um pressuposto não é a mesma coisa que um preconceito.

O preconceito é o julgamento sobre algo, sempre colocando-o como inferior. Por exemplo, considerar que alguém por ter nascido em um determinado país é inferior a uma outra pessoa.

Essa confusão pode ser comum. Entretanto, o preconceito é sempre degenerativo. Além disso, pode culminar até mesmo em agressões físicas a outras pessoas.

Já um pressuposto, ele está disposto a ser refutado a qualquer momento. Pode-se pensar que uma pessoa tenha menor habilidade em algum quesito que outra. Entretanto, quando comprovado ao contrário, esse pressuposto é desfeito e não há qualquer problema em se desfazer dele.

Diferente do preconceito, que se mantém mesmo diante das comprovações contrárias. Basta lembrar o período de escravização no Brasil em que os negros trazidos nos navios negreiros da África eram considerados como animais irracionais.

Costumeiramente, as pessoas também acreditam que uma religião é superior a outra. Entretanto, isso não passa de um preconceito. O que se pode pressupor é como se dá o culto a uma religião, e então ver que ela funciona de outra maneira. Porém, o preconceito é completamente maléfico para as relações interpessoais.

Veja mais sobre preconceito.

Pressuposto e subentendido, quais são as diferenças?

Um pressuposto pode ser usado como uma desculpa. Por exemplo, chegar atrasado a um compromisso porque achou que as outras pessoas também atrasariam.

Entretanto, ele não deve ser confundido com o que é subentendido.

Essa segunda opção é o que não foi dito, mas deu para entender. É uma ideia que não fica muito clara em uma conversa ou em um texto. Mas ela pode ser concluída a partir da situação que está posta.

Veja um exemplo do que é subentendido:

  • Venha jantar em casa!

Aqui você subentende de que não precisará levar a comida, pois se a pessoa te chama para um jantar, não vai querer que você leve algo.

Entretanto, é diferente da seguinte situação:

  • Olá, o que tem para jantar? Parti do pressuposto que você gostaria de companhia nessa noite fria.

Nesse caso não houve um convite, e sim, a imaginação de uma pessoa que chegou na casa da outra para comer deduzindo que ela gostaria ade companhia.

Apesar de em alguns momentos as palavras poderem ser utilizadas como sinônimos, há momentos em que há suas especificidades.

Assim, tenha atenção ao que está sendo dito em cada momento. Isso evitará confusões e também transtornos para você.

Pressuposto processual

Na área jurídica o pressuposto possui um outro significado. Refere-se a esses pra verificar a validade de um processo. Ele pode aparecer antes mesmo de que se tenha uma prova.

Assim, na questão jurídica, o pressuposto é lançado para dar início a um processo. Entretanto, ele deve seguir alguns passos. Esses são pré-requisitos para que ele seja validado.

Considerações finais

Esta palavra pode ter inúmeras significações e usos. Tentamos apresentar algumas delas aqui.

Passe a utilizá-la em seu vocabulário no dia-a-dia e atente-se para não confundi-la com termo semelhantes.

Lembre-se que um pressuposto pode ser quebrado a qualquer momento. Não se apegue a eles e não tenho medo de ser contradito. Faz parte da vida em sociedade cometer erros e, por vezes, confirmar o que se pressupunha.