Língua Portuguesa

Abrupto, algo que ocorre de forma quase que instantânea

Abrupto

O termo abrupto é um adjetivo que significa algo que ocorre de maneira instantânea. Normalmente, é abrupto algo que gera surpresa, muito por acontecer de forma muito rápida ou sem avisar. Tem como sinônimos: repentino, brusco, instantâneo, inesperado, súbito. Substantivo: abruptamente. Deriva do latim: abruptus. Exemplo de uso: “Um som abrupto ecoou na noite.”, “Ele entrou na sala abruptamente”. Em língua inglesa: abrupt.

Como usar?

Se uma pessoa é rudemente breve em sua fala ou nos modos, ou caso interrompa alguém antes de terminar de falar, pode-se dizer que essa pessoa, é uma pessoa abrupta. Se uma estrada termina repentinamente, você pode dizer que a estrada chega a um fim de modo abrupto. Nos dois casos, você pode pensar em algo abrupto como “rompimento” de modo rápido e instantâneo.

Origem da termologia da palavra

Abrupt vem da palavra latina abruptus, que significa “interrompida, terminando subitamente”. Essa palavra é formada (com a adição do prefixo ab-, que significa “de”) da palavra latina rumpere, que significa “quebrar”. Rumpere latino nos deu várias outras palavras em inglês que carregam a idéia de quebrar: interromper, romper e corromper.

Na forma figurada o termo abrupto pode carregar um sentido de algo rude, de essência áspera. “Discutiu de maneira abrupta” Nós o dividiremos gentilmente: abrupt deriva de abruptus, o particípio passado do verbo latino abrumpere, que significa “interromper”. Abrumpere combina o prefixo ab- com rumpere, que significa “quebra” e que forma a base para várias outras palavras em inglês que sugerem um tipo de quebra, como interrupção, ruptura e falência.

Exemplos

Seja usado para descrever um estilo de fala que pareça grosseiramente curto (como em “deu uma resposta abrupta”), algo com um aumento ou queda severo (“mudança climática abrupta”) ou algo que pareça imprudente e precipitado (“fez a decisão abrupta de deixar a faculdade”)

O mundo, as formas de interações entre as sociedades e suas relações econômicas, além de outras dinâmicas estão quase sempre ligadas a algo gradual, que se altera lentamente através do tempo. Ainda assim, muitos acontecimentos históricos se deram de maneira bem mais abrupta.

Termologia original da palavra Abrupto e a origem do Latim Deriva do latim: abruptus
Muitas línguas antigas ou mortas carregam a influência dos nossos antepassados e o latim, que desde a baixa idade média encontra-se praticamente “morta”, com exceção do clero católico que manteve como língua oficial até o século XX, tem uma ligação com o Espanhol, Italiano e o Português. A maioria das palavras dessas línguas tem como origem a língua latina.

753 aC – Data tradicional da fundação da cidade de Roma por Romulo. Na mitologia romana Romulo que matou seu irmão gêmeo Remo, povoou sua cidade com condenados, fugitivos e encontrou as esposas para seus súditos sequestrando as mulheres.

Século VI aC – A inscrição latina mais antiga conhecida, marcada em um alfinete, que diz  “Manios me fhefhaked Numasioi”, que significa  – “Manius me fez para Numerius”. Apenas algumas outras inscrições são anteriores ao século III aC.

250-100 aC – era do latim antigo. A primeira literatura latina, geralmente traduções soltas de obras gregas ou imitações de gêneros gregos, decorre desse período. Enquanto isso, os romanos estão conquistando o mundo mediterrâneo e trazendo sua língua com eles.

Acredita-se que foi entre o período do latim antigo que a palavra abrupta teve seu significado ligado ao latim pela primeira vez, pois através da literatura foi registrado. Porém não é possível afirmar que não teria um significo anterior a este período devido à falta de comprovações.

Abrupto

100 aC-  150 dC – latim clássico. Caras como Cícero, César, Vergil e Tácito escrevem obras-primas da literatura latina. Além disso, Ovid escreve um livro sobre como pegar mulheres nos shows de gladiadores. A linguagem literária torna-se fixa e gradualmente perde o contato com a linguagem popular em constante mudança conhecida hoje como latim vulgar.

200 d.C -550 d.C – Latim tardio. Algumas variedades de literatura aderem estreitamente ao padrão clássico, outras são menos polidas ou deliberadamente mais próximas do discurso popular (por exemplo, a tradução da Bíblia por Jerônimo para o latim – a Vulgata). A metade ocidental do império está caindo aos pedaços, mas o leste de língua grega, que ainda está em boa forma, continua usando o latim em contextos oficiais até o final deste período.

600 d.C -750 d.C  – o latim se tornou uma língua morta. Poucas pessoas no oeste, fora dos mosteiros, sabem ler e fala a língua. Os monges, principalmente na Irlanda, leem e escrevem latim clássico e preservam textos antigos e documentos da igreja. A igreja católica romana continua usando o latim tardio nas missas, embora eles finalmente decidam fazer homilias no idioma popular local.

Os bizantinos ainda se chamam romanos, mas desistiram da língua latina e aderiram à grega. As línguas como o espanhol, português e o italiano mudam rapidamente, mas usam toda a influência do latim em suas palavras e significados. É nesse período que a palavra Abrupto é adaptado para os modos arcaicos destas três línguas. 1960 – A Igreja Católica decide que o latim não é mais a língua obrigatória nas missas e a partir daí o latim torna-se apenas uma língua dentro do meio acadêmico.

Ligações poéticas

Alguns exemplos podem nos mostrar isso melhor…  Pois seja com o extermínio dos dinossauros, que se deu com a queda de um meteoro no golfo do México. Sejam também com terremotos, tsunamis, com a erupção de um vulcão, os fenômenos naturais como esses, derivam sua totalidade a forma abrupta do existir.

Pode ser breve ou longo, mas no fim, a única certeza é que de forma abrupta a vida se finita.   A natureza e seus fenômenos mostram de maneira simples e clara o significado da palavra Abrupta, é o instantâneo, é rápido. Pode ser aquilo que rompe, e sem avisar, passa por cima de tudo aquilo que atravessa seu caminho, abrupto, sendo brusco, mais que repentino, é inesperado e instantâneo, assim como é a vida que da mesma que abruptamente surge, é tomada subitamente.