Filosofia Língua Portuguesa

Dicotomia: qual o significado e conceito dessa palavra?

Dicotomia é um termo que, por mais que pareça algo extremamente complexo e que só alguns poucos acadêmicos conseguem compreender, está muito mais presente no dia a dia do que se imagina.

Compreender o que é uma dicotomia e como ela pode ser classificada pode facilitar muito o entendimento e a forma como as pessoas se comunicam em todas as partes do mundo.

Origem

Com origem no grego dikhotomía, uma dicotomia representa uma classificação que tem como base a divisão de dois elementos, que por mais que tenham significados diferentes não podem ser separados e mantidos sozinhos.

Normalmente a divisão de um elemento em várias partes contrárias, como o dia e a noite, o céu e o inferno ou o bem e o mal caracteriza uma dicotomia.

Ferdinand de Saussurre

Linguista e filósofo suíço, Ferdinand de Saussure desenvolveu através de seus estudos sobre a linguagem a ciência da linguística.

Com base nas dicotomias saussurianas o estudo da linguagem se consolidou da forma como é estudado nos dias atuais.

Dicotomia em várias áreas

O termo dicotomia também pode ser utilizado em diversos âmbitos como teologia, direito, astronomia e botânica, economia, por exemplo.

Filosofia

Em filosofia uma dicotomia assemelha-se a um preceito que se divide logicamente em duas partes, onde essas partes são contrárias ou integrantes, dividindo a totalidade de extensão desse preceito.

Os gregos também falavam em dicotomia ao acreditar que o corpo humano existe apenas em função da alma, que por sua vez estaria totalmente a serviço dos deuses.

Botânica

Na área da botânica, a dicotomia é utilizada para classificar ramificações presentes nas raízes dos vegetais, quando essas se dividem em duas partes iguais por repetidas vezes.

Nessa área há ainda os casos onde raízes e caules de vegetais ramificações que se dividem três vezes de forma semelhante, chamados de tricotomias.

Teologia

Nos estudos teológicos uma dicotomia é o principio que afirma a existência tanto do corpo físico quanto da alma como sendo um só no corpo humano.

Ainda no estudo da teologia existem vertentes que afirmam que o homem é na verdade tricotomista, já que além do corpo físico e da alma ainda há o espírito.

Astronomia

No estudo dos astros uma dicotomia é a classificação atribuída a aparência de um astro que este tem apenas uma de suas metades iluminada enquanto a outra permanece escura.

Dicotomias linguísticas

Diversos tipos de dicotomia estão presentes na nossa linguagem e sem elas a comunicação entre as pessoas seria extremamente difícil.

Sincronia e diacronia

Esses são conceitos distintos, porém complementares, que são usados na língua para indicar perspectivas do estudo da língua.

A sincronia está ligada diretamente ao estudo da língua em um período específico de tempo.

Entre as principais características do estudo sincrônico da língua estão:

  • O estudo de apenas um período específico dentro de toda a evolução da língua;
  • Estuda apenas as variações que a língua sofre em um período determinado;
  • Faz uma análise da língua como um conjunto fechado homogêneo e regular característicos de uma determinada época.

O estudo diacrônico da língua é totalmente voltado a sua evolução ao longo do tempo, tendo como:

  • Aborda características dinâmicas e históricas que remontam à origem das palavras;
  • Analisa as transformações ocorridas nas palavras levando em conta toda a evolução que elas sofreram ao longo do tempo;
  • Permite que sejam feitas comparações já que se caracteriza como o estudo da sucessão de várias diacronias.

Língua e fala

A língua e a fala são consideradas dicotomias já que são coisas diferentes que juntas formam a linguagem.

A língua é considerada o sistema composto por símbolos, gestos e sinais utilizados por uma comunidade para que todos possam se comunicar dentro desse grupo de pessoas. Portanto a língua é coletiva, social.

Já a fala é algo totalmente individual, a forma com que cada individuo se expressa podendo ou não ser idêntica ao grupo de pessoas no qual esse indivíduo está inserido.

Significado e significante

Esses dois elementos forma o signo linguísticos e estão ligados intimamente, formando uma entidade psíquica com duas faces.

O significado possui o mesmo sentido da palavra conceito, ou seja, a representação mental de uma ideia ou um objeto.

O significante por sua vez está associado a imagem acústica, que é a impressão psíquica que determinado som pode causar. Não o som material, mas o que o som de uma palavra é capaz de projetar em nossa mente.

Sintagma e paradigma

O paradigma é o conjunto de componentes que podem ser utilizados sempre que você quiser criar uma frase, por exemplo.

O sintagma, por sua vez, trata das suas escolhas na hora de formar as sentenças.

Na frase “a bola é azul” a palavra bola poderia ser substituída por outros objetos, como caixa, triangulo, cubo ou qualquer outro objeto. Da mesma forma, a cor da bola poderia ser qualquer outra, conforme a sua preferência. Essas opções são os paradigmas.

Portanto a frase “a bola é azul” constitui o sintagma, uma vez que ela reúne os termos escolhidos por você para formar a sentença.

Falsa dicotomia

A falsa dicotomia, também conhecida como pensamento preto e branco ou falso dilema acontece sempre que alguém descreve uma situação onde dois pontos de vista normalmente opostos são apontados como os únicos possíveis.

O nome de falsa dicotomia é utilizado nesses casos porque diferente do que se afirma, existem outros pontos de vista que podem ser explorados sobre determinada questão.

Isso pode ser observado em inúmeros casos no último período eleitoral brasileiro, onde sempre existe apenas um lado certo, e o outro errado obrigatoriamente.

A lógica da falsa dicotomia é bastante simples: se A está certo, então B está errado, ou se B está certo, então A está errado.

Considerações finais

A dicotomia está presente na grande maioria das áreas estudadas pelo ser humano e se mostra de grande importância para que a forma que as pessoas utilizam para se comunicar possa ser estudada desde sua origem até os dias atuais.

Dessa forma é possível entender diversos aspectos históricos e culturais de diversas sociedades ao redor do mundo.