Língua Portuguesa

Literalmente é um advérbio referente ao sentido real de uma palavra. Confira!

O termo literalmente quer dizer algo escrito ou entendido ao pé da letra, ou seja, exatamente do modo como foi dito ou está escrito.

A língua portuguesa apresenta várias expressões cuja interpretação mais usual não é normalmente feita no sentido literal: “cair a ficha”, “dor de cotovelo”, “estourar uma bomba”, “o pulo do gato”, “quebrar o galho”, “queimar o filme”, “segurar vela” etc.

Veja também – Ditados populares: o que são e quais os seus significados

Também pode ser usada para definir uma totalidade, de modo total; em que há totalidade; totalmente.

O que é sentido literal?

O sentido literal de uma palavra é o sentido original dela, o que ela realmente quer dizer, sem hipérboles ou uso figurado.

Como, por exemplo, a frase “Estou morrendo de fome” pode apresentar dois sentidos divergentes, o literal e o figurado. Utilizada no sentido figurado, a frase é apenas uma hipérbole para enfatizar que estou com bastante fome. Por outro lado, se a intenção é dizer que estou morrendo de verdade, porque não me alimento, a frase, então, será interpretada literalmente, ou seja, conforme está escrita.

Qual é o oposto de literalmente?

O que se opõe ao sentido literal de alguma palavra ou expressão é a definição da mesma sendo usada de forma simbólica. Ou seja, quando uma palavra não é utilizada em seu sentido real.

Antônimos de literalmente:

  • metaforicamente;
  • figuradamente;
  • simbolicamente;
  • alegoricamente;
  • conotativamente.

Desse modo, é comum acrescentar o termo “literalmente” quando há intenção de evidenciar o verdadeiro sentido das palavras utilizadas. A palavra literalmente só deve ser referida quando a frase ou expressão possui diferentes acepções.

Artigos relacionados:

About the author

Vitória Alice