Educação Língua Portuguesa

Ditados populares: o que são e quais os seus significados

Você já se deparou com uma expressão popular que nunca entendeu o que quer dizer?

Na língua portuguesa, além do padrão de linguagem formal para fala e escrita, também é possível encontrar à disposição inúmeros recursos linguísticos que podem enriquecer o nosso vocabulário, mas, ao mesmo tempo, deixar muitas dúvidas na hora de nos comunicarmos.

Dentre eles, podemos citar os eufemismos, as metáforas, as antíteses, as hipérboles e, também, os chamados ditados populares (ou ditos ou provérbios populares, como também são conhecidos).

Veja também – GDAE (Gestão Dinâmica da Administração Escolar): o que é?

Neste grupo, estão, por exemplo, frases como “Água mole em pedra dura tanto bate até que fura”, “Cada macaco no seu galho” ou “De grão em grão, a galinha enche o papo”, entre outras, que, com certeza, todo mundo já ouviu pelo menos em algum momento da vida, já que estas são usadas para explicar acontecimentos e diferentes situações do nosso dia a dia.

Mas, afinal, o que elas querem dizer? Confira, a seguir, alguns dos ditados populares mais usados no Brasil e o que significam cada um deles!

O que são ditados populares?

Ditados populares

Estes se tratam de expressões que ouvimos comumente no cotidiano ao longo da vida, seja em meio à conversas na rua ou nas lições de pessoas mais velhas, por exemplo.

Geralmente, são frases que utilizam linguagem figurada (termos empregados em seu sentido não-literal) para deixar uma ideia ou conceito mais claros.

A maioria delas é usada desde a antiguidade, a partir de tradições de linguagem oral que são passadas de geração em geração, o que justifica o fato de elas serem adaptadas ao longo dos séculos e até mesmo ter os seus significados modificados conforme o tempo passa.

De modo geral, os ditados populares costumam trazer conceitos carregados de sabedorias e, inclusive, formulados a partir de conhecimentos filosóficos, religiosos, morais e éticos.

Veja também:

Veja 30 ditados populares brasileiros mais comuns e seus significados

Ditados populares

1 – “De grão em grão, a galinha enche o papo”: Significa que, de pouco em pouco, é possível alcançar algum objetivo.

2 – “Água mole em pedra dura tanto bate até que fura”: Assim como o ditado anterior, está relacionado à persistência para conseguir alcançar algum objetivo.

3 – “Cada macaco no seu galho”: Significa algo no sentido de se preocupar somente com aquilo que lhe diz respeito e não se intrometer nos assuntos/situações alheios.

4 – “Filho de peixe, peixinho é”: Quer dizer que um filho herdou algo dos pais, seja o comportamento, aparência, profissão,etc.

5 – “Para bom entendedor, meia palavra basta”: Significa que nem sempre é necessário uma explicação/discurso completo para que alguém possa entender algo, principalmente se este for um sujeito ativo no processo comunicativo.

6 – “Casa de ferreiro, espeto de pau”: Está relacionado a alguém que possui um talento e não o utiliza em benefício próprio.

7 – “Deus ajuda quem cedo madruga”: Quer dizer que o sucesso vem mais facilmente para quem acorda cedo e vai à luta, sem preguiça para trabalhar e correr atrás de seus objetivos, de modo geral.

8 – “Quando um burro fala, o outro abaixa a orelha”: Esse ditado popular é usado quando alguém quer ser ouvido, em atenção plena, sem ser interrompido pelo outro que está recebendo a mensagem.

9 – “Pimenta nos olhos dos outros é refresco”: Significa que os problemas/situações dos outros sempre é mais fácil para quem está do outro lado apenas falando/aconselhando.

10 – “Deus escreve certo por linhas tortas”: Quer dizer que Deus escreve o seu destino e sua vida com alguns obstáculos, mas tudo dará certo lá na frente.

11 – “Cão que ladra não morde”: É utilizado para falar de alguém que ameaça, mas nada faz.

12 – “Onde há fumaça, há fogo”: Quer dizer que onde há uma ponta de desconfiança, é provável que realmente exista algo a se desconfiar. É usado geralmente como um alerta para que se observe sinais de algum acontecimento ou situação.

13 – “Ponho a minha mão no fogo”: Significa que confia plenamente em algo ou alguém.

14 – “A pressa é inimiga da perfeição”: Significa que faz algo às pressas nunca gera resultados satisfatórios. Normalmente, é usado quando é preciso ter paciência para conquistar algum objetivo.

15 – “O que os olhos não veem, o coração não sente”: Quer dizer que, quando não há um registro visual, não se geram emoções.

Ditados populares

16 – “Um dia é da caça, o outro do caçador”: Significa que existem dias ruins e bons para todo mundo.

17 – “À noite, todos os gatos são pardos”: Quer que, quando há dúvida, é porque as ideias estão comprometidas e tudo parece igual.

18 – “Mente vazia é oficina do diabo”: Significa que, se você ficar ocioso, ideias e pensamentos negativos podem aparecer.

19 – “Quem com ferro fere, com ferro será ferido”: Quer dizer que o mal que você faz alguém volta para você.

20 – “A César o que é de César”: É utilizado para dizer para que não se deseje algo que pertence à outra pessoa.

21 – “Quem canta, seus males espanta”: Quer dizer que cantar (ou fazer qualquer outra coisa) para esquecer os problemas espanta qualquer mal.

22 – “Cada panela tem sua tampa”: Significa que todo mundo tem o seu amor ou alma gêmea.

23 – “Em terra de cego, quem tem um olho é rei”: Quer dizer que em um lugar/situação em que todos não têm nada, quem tem algo se sobressai.

24 – “Papagaio que acompanha joão-de-barro vira ajudante de pedreiro”: Significa que as pessoas com quem você anda têm forte influência nas suas decisões.

25 – “Ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão”: Quer dizer que quando você faz o mesmo mal com alguém que fez algo a você, não tem nenhum problema.

26 – “De médico e louco, todo mundo tem um pouco”: Significa que todo mundo tem um lado mais maluco, menos prudente.

27 – “Cavalo dado não se olha os dentes”: Significa que não se deve recusar e nem mesmo questionar o que lhe é dado de forma gratuita, apenas agradecer.

28 – “O seguro morreu de velho”: Quer dizer que quem é precavido evita problemas e só morre de velhice, nunca por causa de qualquer acidente.

29 – “Uma andorinha só não faz verão”: Significa que a união faz a força. É usado para expressar um espírito de coletividade.

30 – “Não grite sua felicidade, pois inveja tem sono leve”: Quer dizer que não se deve mostrar as suas conquistas para todo mundo, pois muitas pessoas são invejosas.

Gostou de conhecer os ditados populares brasileiros mais comuns e seus significados? Compartilhe esse artigo!

Até a próxima!

About the author