Língua Portuguesa

O que é redundância? Entenda de uma vez!

Você já se pegou falando que uma pessoa está sendo redundante? Essa é uma palavra muito utilizada no nosso dia a dia, mas você já parou para pensar o que o termo redundância realmente quer dizer? Se não, não tem problema, pois hoje vamos falar não apenas sobre o que isso significa, mas como essa palavra se originou, por que ela é utilizada dessa forma, além de exemplos para mostrar seu significado na prática. Ficou curioso? Então confira agora!

O que significa redundância?

Por redundância, entende-se a insistência da explicação desnecessária de um conceito dentro de um determinado contexto. Em outras palavras, na língua portuguesa, redundância é o excesso de palavras ou a abundância da explicação de termos já explicados anteriormente.

Veja também – Significado de prosopopeia

É muito comum vermos pessoas sendo redundantes quando não sabem expressar exatamente quais são suas ideias ou quando tentam mentir. Socialmente, a redundância é vista como algo que não apenas empobrece um discurso, mas que também é uma falha de comunicação, um vício de linguagem.

Redundância na informática

Quando falamos em informática, a palavra redundância adquire um outro significado, sendo um meio para a obtenção de um sistema de alta disponibilidade, ou seja, um sistema contra falhas de software, hardware e energia.

Na informática, é a redundância que mantém o funcionamento de um computador mesmo quando há descargas elétricas que poderiam prejudicar o dispositivo.

Um exemplo claro que podemos dar é quando o sistema de uma empresa sai do ar e logo em seguida volta a ter continuidade. Essa continuidade só é possível por conta da redundância que construiu o sistema para que ele continuasse a rodar mesmo com essa falha.

Etimologia da palavra

A palavra redundante tem suas origens no latim, das palavras redundantĭa, que significa “excesso”, e redundare, que significa simplesmente “voltar”. Portanto, como já explicamos aqui, quando você “volta” na mesma explicação, está sendo redundante.

Entender a etimologia da palavra redundância também ajuda a entender por que esse termo é empregado em outras situações que não no discurso, como na informática, como vimos há pouco.

redundância

Por que a redundância é considerada um erro?

A redundância é considerada um vício de linguagem e repetir uma ideia que já está explicada é algo desnecessário em uma conversa.

Quando falamos no ambiente acadêmico, a redundância pode ser considerada uma forma errada de tentar explicar determinado conceito em um trabalho, empobrecendo a obra e fazendo com que ela perca seu valor. Por essa razão, evitar a redundância não é apenas benéfico, mas algo necessário para que possamos nos comunicar melhor.

É claro que existem algumas ocasiões em que a redundância pode ser usada propositalmente, como quando queremos reforçar uma ideia ou usar uma figura de linguagem, como a hipérbole, para passar uma ideia específica. Porém, é necessário reforçar que é preciso que esteja bem claro que esse uso está sendo feito de forma proposital, para não parecer apenas redundante.

Como evitar a redundância?

Como você já pode perceber, a redundância é algo que deve ser evitado em nosso dia a dia, mas como fazer isso? Bem, existem algumas práticas que você pode fazer para evitar que cometa esse tipo de erro, tanto na linguagem falada quanto na linguagem escrita. Algumas dessas dicas são:

  • Policie-se
  • Leia e releia seus próprios textos
  • Leia mais

Policie-se

Essa é a principal e mais importante dica para evitar a redundância no dia a dia. Quando você perceber que está fazendo explicações desnecessárias em um texto, por exemplo, pare, apague e tente construir a ideia de uma forma que não seja redundante.

Isso também deve ocorrer na fala, apesar de ser algo mais difícil de ser percebido e de ser corrigido. Prestar atenção na forma em que você se comunica é a principal arma para conseguir se livrar desse vício de linguagem.

Leia e releia seus próprios textos

Quando você relê um texto que escreveu há algum tempo atrás, pode aprender muito, tanto com os erros quanto com os acertos. No caso da redundância, é interessante perceber onde essas explicações desnecessárias entraram e entender como elas poderiam ser retiradas sem que o sentido da mensagem fosse alterado.

Esse é um dos exercícios mais eficazes para aprender a evitar a redundância.

Leia mais

Quando mais você lê, mais sua mente aprende a construir um texto de forma inconsciente. A percepção de textos bem escritos é importante, pois é algo que você pode – e deve – se espelhar para que não cometa erros como a redundância.

É claro que essa dica também se estende a sua fala, pois quanto mais você lê, melhor você se comunica em seu dia a dia também.

redundância

Exemplos de redundância

Agora que você já entendeu perfeitamente o que é redundância, por que ela é considerada um erro na língua portuguesa e quais são as formas de evitar esse vício de linguagem, nós podemos mostrar alguns exemplos que vão deixar ainda mais claro o que é a redundância.

Eu e meu amigo repartimos o último pedaço de bolo em duas metades iguais. – Se são duas metades, elas já são necessariamente iguais, ou seja, a palavra “iguais” é desnecessária aqui.

Naquele momento eu entrei para dentro de casa. – Se uma pessoa entra, não há necessidade de explicar que foi para dentro.

Há um consenso geral de que você deve sair. – Um consenso sempre é geral, portanto, essa palavra é apenas uma repetição da explicação.

Eis que cheguei à minha conclusão final. – Assim como no exemplo anterior, uma conclusão sempre é final e essa última palavra pode ser retirada da frase sem que seu significado seja perdido.

Considerações finais

Entender o que é redundância não é só benéfico para que você possa saber como empregar esse termo no dia a dia, mas também para que você saiba o que é isso na prática e evite esse tipo de vício de linguagem. Obter conhecimento nunca é demais, ainda mais quando falamos sobre coisas que fazem parte do cotidiano.

E saber o que é redundância vai te ajudar em diversos aspectos, inclusive em sobre como não construir frases ou como fazer isso de forma correta. Saber mais sobre os termos da nossa língua sempre ajuda de alguma maneira, não importa qual seja.

About the author

giovanna