Expressões em inglês

Network: qual a tradução? O que pode significar?

Network, mais do que um bom currículo, conhecimentos, experiência, o que muitas vezes é determinante para ser recolocado no mercado de trabalho é o famoso network.

Não se trata de uma prática nova, o network nada mais é do que o velho QI, “Quem Indica”. As empresas costumam usar desse expediente para encontrar rapidamente um profissional que possa preencher uma vaga recém-aberta. Para encurtar caminhos, reduzir riscos de contratar um cidadão com graves problemas de comportamento ou com valores, estilo, personalidade indesejada para o cargo e pela instituição, busca-se referência por entre profissionais respeitados, de confiança dentro da própria organização ou de forma externa, de pessoas que estejam a procura de um novo emprego.

Mas provavelmente você já conhecia o conceito por trás dessa palavra de tanto ouvi-la ou lê-la em ambientes ou artigos corporativos, além de ser expressão recorrente em instituições de ensino que naturalmente tentam preparar os alunos para as práticas mais frequentes em um ambiente de trabalho, contudo talvez não tenha ciência do seu significado e o que você precisa fazer – e o que não deve fazer – para montar o seu network.

É o que o Definição.Net irá detalhar a seguir.

Continue a na leitura.

O significado

Se desmembrar o termo em inglês, network, veremos que “net” significa rede, referência a conectividade entre dispositivos propiciada pela internet, e “work”, equivale a trabalho.

Então temos “rede de trabalho”.

Trata-se dos contatos que realiza no âmbito de sua profissão, com colegas, fornecedores, concorrentes etc.

Mas essa rede de trabalho não deve ser pensada apenas como uma forma de facilitar o processo de recolocação no mercado de trabalho, mas, sim, como uma forma de aprimorar-se profissionalmente. Ao estabelecer contatos com pessoas que atuam na mesma área que você aumenta as chances de um saudável intercâmbio, troca de informações, compartilhamento de experiências, o que é sempre importante para ficar antenado com as últimas do mercado, como se prevenir de armadilhas e adquirir aprendizados para lidar com determinadas situações.

Ao pensar em formar o seu network com esse objetivo, naturalmente estará desenvolvendo uma base de contatos que poderá ser muito útil na ocorrência de um imprevisto.

Outro aspecto importante a se ressaltar sobre o network é que a prática não consiste em apenas adquirir novos contatos, mas manter o relacionamento com os antigos, pois do contrário sua rede será muito frágil. Explicaremos o porquê nos parágrafos abaixo.

Network

Como formar o seu network

O network é conhecido como o marketing de boca a boca, de autopromoção. Quem tem boas habilidades de envolvimento interpessoal terá grandes facilidades para formar a sua rede. Mas mesmo aqueles que são um pouco retraídos pode conseguir desenvolver a sua se seguir algumas dicas. E não adianta dar o braço a torcer para a timidez, pois se isolar é sempre algo arriscado, além de alongar mais a curva de aprendizado, já que uma das vantagens da troca de informações é se inteirar mais rapidamente das novidades, poderá se ver em sérias dificuldades mediante uma demissão inesperada. Vive-se tempo de crise.

As dicas para formar um network de maneira eficaz são:

Dê atenção aos seus colegas. Circule na empresa e fique atento ao trabalho que fazem e faça questão de falar sobre o seu. É uma boa forma de intercâmbio e de criar possibilidades de participar de diferentes projetos. O seu desempenho em cada um deles poderá lhe valer um excelente atestado de competência.

Se não conhece as pessoas no local de trabalho, tente ser receptivo, agradável, procurar ser agradável para que as pessoas se sintam mais confortáveis em tentar te conhecer. Sempre que alguém for lhe cumprimentar, levante-se da cadeira. Ficar sentado soa como desinteresse, falta de atenção.

Estabeleça uma rotina de enviar mensagens, compartilhar experiências e artigos relacionados ao trabalho com os seus contatos mais importantes. Procure saber quais são os projetos de cada um no momento. Esse gesto, mesmo que ocasional, demonstra que dá valor, que vê importância, enxerga relevância no trabalho, no conteúdo que compartilham, além de ser uma maneira de divulgar as suas qualidades.

Marque encontros pessoais com as pessoas mais relevantes. Contato olho no olho faz toda a diferença;

Sempre responda as mensagens e convites que receber, mesmo se não puder participar dos eventos;

Procure sempre mandar mensagens personalizadas a sua rede network. Textos genéricos indicam que trata o contato como apenas mais um, alguém se grande importância.

Quando tiver notícia sobre uma conquista profissional transmita os parabéns e deseje uma caminhada de sucesso.

Network

O que não fazer ao tentar formar um network

Não encare os contatos como se fossem apenas presas de sanguessugas: tentar obter uma indicação de trabalho ao mal conhecer o indivíduo ou simplesmente importunando-o nas ocasiões que precisa de ajuda. Será visto apenas como um oportunista e não um colega de trabalho. Poucos se mobilizarão por você ao te enxergarem dessa forma.

O segredo do network é ter paciência, não urgência. É cultivar boas relações em que se possa estabelecer uma parceria, troca mútua de informações; Ademais ninguém quer contratar um profissional por estar desesperado, mas por ter qualificações para exercer o ofício.

Não tente controlar a conversa e falar mais do que ouvir com as suas relações de network. O ganho é duplo: além de absorver melhor, aprender com as experiências e conhecimentos da pessoa ouvida, você passa a sensação de se interessar no assunto que a pessoa está abordando, que dá valor a sua opinião.

Considerações finais

Network é um termo típico de ambientes de trabalho que significa, traduzindo do inglês, “rede de trabalho”. Trata-se de formar vínculos com pessoas que atuam na mesma área profissional com o propósito de adquirir conhecimento, aprimorar-se profissionalmente, formar parcerias e obter apoio em caso de necessidades oriundas de imprevisto como desemprego ou desejo de uma transição para outra carreira.

É prática antiga das empresas buscarem referências entre os empregados e trabalhadores externos com sólida reputação por pessoas talentosas e compromissadas que estejam na busca de uma nova recolocação no mercado.

Esse filtro diminui os riscos de uma contratação que renda transtornos de natureza comportamental.

Gostou do conteúdo?

Então curta, compartilhe, avalie.

Sua opinião é muito importante para nós.

Leia mais de nossa sessão de expressões em inglês.

About the author

yasmin