Religião

El Shaday: conceito e significado desse termo hebraico

Com certeza ao transitar pela cidade de ônibus, carro ou mesmo a pé você já encontrou algum estabelecimento chamado El Shaday. Além disso, se você é cristão ou conhece alguém que é, já deve ter escutado várias vezes essa palavra em músicas ou das pessoas perto de você dizendo.

Ela é usada para se referir ao deus adorado pelos cristãos, ou seja, é muito comum também ouvi-la na igreja. Se você ainda não tem certeza do significado de El Shaday e quer saber sua definição, continue lendo esse texto pois aqui falaremos tudo sobre esse tema.

O que é El Shaday

A palavra em questão é comumente conhecida por se referir ao deus cristão, ou seja, membro da santíssima trindade onde também está Jesus e o espírito santo. E seu significado no meio comum é esse, quando as pessoas dizem El Shaday elas estão falando do Jeová, ou Elohin, Senhor, Deus todo poderoso, entre outros termos.

Isso porque essa é a palavra que aparece diversas vezes na bíblia para se referir a deus, porém seu significado é um pouco controverso. Alguns autores afirmam que ela vem do termo hebraico shadad, que significa dominar e destruir, enquanto El significa deus. Ou seja, assim a tradução da palavra significaria Deus com poder de dominar e destruir.

Porém outros acreditam que El Shaday significa “deus da montanha”, ou mesmo que se refira a uma entidade mesopotâmica. O fato é que, apesar de não haver um consenso sobre sua origem, a séculos só é usado como um dos nomes de deus.

Os outros nomes do deus cristão

Deus

De forma genérica, é comum usar o nome Deus, com d maiúsculo, para designar o deus cristão. Isso porque os adeptos ao cristianismo são monoteístas e essa é uma religião que já coexistiu e competiu com diversos outros tipos de crenças em que se cultuavam várias entidades. Dessa forma, foi necessário deixar claro para os fies que o deus cristão era o único, supremo, verdadeiro e mais poderoso de todos, ganhando o direito de ser identificado não como um deus, mas sim como O Deus.

Jeová

Esse nome na verdade tem uma origem diferente. Segundo a bíblia, Deus se revelou para Moisés revelando o tetragrama YHWH, que representa seu verdadeiro nome. No hebraico antigo, não se usava vogais, então a palavra é realmente feita somente de consoantes e sua pronúncia é misteriosa porque os hebreus jamais diriam em voz alta o nome de Deus dessa forma pois consideram um desrespeito. Portanto, ao buscar referências em textos de outras culturas, e comparar os fonemas hebraicos com os do alfabeto latino, chegou-se a pronúncia Jeová.

Senhor

O deus cristão também é chamado de senhor, novamente por conta da reverência que os fiéis têm pela sua imagem. Isso vem do status que a palavra traz, de poder, soberania, dominância, liderança e autoridade que os cristão associam ao seu deus.

história do nome El Shaday

O nome El Shaday aparece pela primeira vez na bíblia em Gênesis 17:1-2, quando Deus se apresenta para Abraão, que até então era politeísta, como o todo poderoso. Nesse dia, ele faz o acordo de promover filhos ao homem e muita fartura e sucesso e cobra que todos os filhos dele sejam circuncidados em 8 dias de idade, isso seria a marca entre eles e a geração de Abraão. Essa é a tradição do povo judeu que, segundo esse texto, são todos descendentes desse homem.

No entanto, a palavra que é usada em vários outros textos do livro, como em Jó e Salmos, provavelmente não tem nem origem hebraica. Isso porque alguns especialistas identificam o termo El Shaday como se referindo ao deus das planícies do panteão mesopotâmico, uma entidade muito importante para a cultura na época.

Além disso, descobertas arqueológicas indicam que a palavra é o nome de uma entidade cananéia que era o deus supremo semita. Ele era o comandante do céu e de todos os outros deuses, seu filho era Baal, relacionado aos raios e os trovões. Isso tudo é bastante contraditório pois a imagem das entidades cananeias, principalmente Baal, foi colocada na bíblia como um espírito demoníaco.

Toda essa controvérsia vem junto com uma série de polêmicas em relação a origem da própria cultura judaica. Há indícios que os textos da bíblia sejam junções de várias histórias de sociedades que conviviam na mesma época que os judeus, causando reflexões sobre a identidade do próprio Deus.

Origem do nome

Dentre todas as confusões acerca da história que o termo El Shaday percorreu ao longo da antiguidade, os significados entre suas possíveis origens podem mudar um pouco.

  • Shaday vem do verbo shadad, que significa destruir, então a palavra significaria “deus da destruição”
  • A palavra vem do termo sadu, que significa montanha, então ficaria como “deus da montanha”
  • Também é possível que venha da palavra Shaddai, nome de uma cidade amorita do final da Idade do Bronze. Ou seja, é possível que houvesse uma divindade sendo adorada nessa cidade que foi apropriada nas histórias de Abraão.

O nome El Shaday hoje em dia

Atualmente a palavra que se refere ao deus cristão é amplamente usada pela população para batizar estabelecimentos. É por isso que é muito comum estar andando na rua e encontrar uma padaria, um mercado, ou uma farmácia com esse nome. Isso se dá pela crença popular nesse deus, o Brasil é um país onde a grande maioria das pessoas é cristã e isso influência em todos os sentidos a vida das pessoas.

É possível inclusive que esses comerciantes acreditem que seu negócio, ao ter o nome de Deus, faria mais sucesso e geraria mais lucro. Isso pode vir do costume brasileiro de ser supersticioso, que funciona dessa forma em todos os âmbitos da vida de quem tem essa característica.

Enfim, nós produzimos esse conteúdo para tirar as suas dúvidas sobre do que se trata esse termo tão presente na nossa vida. Nosso blog tem a intenção de apresentar o conceito e definição de várias coisas, então dá uma conferida nos nossos textos e não esquece de comentar conosco o que você achou deles!