Tecnologia

WPS é a sigla para Wi-Fi Protected Setup. Saiba mais!

O que significa WPS

WPS é a sigla utilizada para fazer referência ao termo em inglês ‘Wi-Fi Protected Setup’.

Trata-se de um sistema de proteção que torna mais fácil a conexão de dispositivos a redes de Wi-Fi.

O WPS é conhecido por sua praticidade em permitir que uma conexão sem fio seja feita sem a precisão do uso de uma senha, por exemplo. No entanto, apesar de Wi-Fi liberado ser o objeto de desejo de muitas pessoas, é justamente esse o ponto negativo do WPS. Afinal, uma rede aberta se torna mais vulnerável a ataques.

Desvantagem do WPS

Como dito acima, a desvantagem do WPS é também a sua vantagem, pois se por um lado ele permite que a conexão seja automática, por outro ele tira uma das barreiras de segurança da rede, ou seja, a senha.

Em outras palavras, o WPS funciona da seguinte forma:

Primeiro ele faz uso de um código de 8 caracteres, mais especificamente oito números (um código extremamente simples) que logo em seguida vai para a memória do roteador. E é exatamente aí que está o problema!

Por ser um código tão simples, essa rede acaba se tornando muito mais vulnerável a ataques de hackers, por exemplo.

Quando uma rede está mais suscetível a ataques externos, tudo que está sendo acessado nela também pode ser interceptado e é nesse tipo de situação que roubos de informações pessoais acontecem.

Sendo assim, o mais recomendado é que as funções do roteador que solicitem senhas de acesso sejam as únicas utilizadas.

Como funciona o WPS?

É muito comum que senhas sejam solicitadas para a liberação de uma rede de internet, principalmente em locais públicos, pois é onde os maiores ataques externos acontecem.

No entanto, caso você queira permitir que o acesso ao seu Wi-Fi seja irrestrito, basta pressionar o botão onde está escrito ‘WPS’ no seu aparelho e então a conexão se fará automaticamente. Ou seja, não será necessário o uso de senha, pois o roteador buscará o aparelho que está tentando fazer a conexão instintivamente.

Esse sistema foi criado justamente para permitir que esse tipo de ação seja executada sem burocracia. Sendo assim, está disponível na maioria dos roteadores.

Dessa forma, para que você consiga permitir que esse processo da libração da sua rede se concretize, é necessário verificar se seu roteador possui a função WPS. Contudo, caso um aparelho não esteja conseguindo realizar a conexão, pode ser que o sistema operacional dele não esteja permitindo, pois no caso de celulares, por exemplo, o único sistema que permite esse tipo de conexão é o androide.

O que é WPA e WPA2?

WPA é a sigla utilizada para fazer referência ao termo em inglês Protected Access.

Assim como o WPS, o WPA também é um sistema de segurança. Porém, nesse caso, uma senha é solicitada.

O WPA2 é uma espécie de proteção mais evoluída do WPA, pois oferece uma proteção ainda maior.

Tanto a WPA quanto a WPA2 são os tipos padrões mais utilizados por quem quer proteger sua rede sem fio. Mas fique tranquilo! Uma vez que a senha é colocada, a rede passa a se conectar automaticamente.

No entanto, fazer uso desses dois sistemas não garante máxima proteção, pois apenas uma senha forte pode impedir ataques externos.

Assim sendo, sempre procure variar suas senhas entre letras maiúsculas, minúsculas, números e símbolos, pois quanto mais completa e complexa ela for, mais seguro você estará.

Artigos relacionados:

About the author

Jessica