Geral

Significado de altruísta: descubra o conceito e definição dessa palavra

O que é?

Altruísta refere-se a um indivíduo que pratica o altruísmo, isto é, que se dedica ao bem dos outros, em detrimento de seus interesses próprios, buscando sempre ajudar ao próximo sem querer nada em troca.

Definição:

  • Origem: Derivada de altruísmo, que tem origem no termo latino “alter”, uma versão de “alterum” ou “altrum” (forma abreviada), que, por sua vez, pode ser traduzido para o português como “o outro” ou “amor para com os outros”.
  • Sinônimos: Caridoso, bondoso, solidário, abnegado, filantropo, desprendido, altruístico, humanitário, benfeitor, caritativo, generoso, voluntário, compadecido.
  • Antônimos: Egoísta, egocêntrico, individualista, misantropo, antropófobo, mesquinha, desumano, interesseiro, ambicioso.
  • Classe gramatical: substantivo de dois gêneros e adjetivo de dois gêneros.

Entenda melhor o que significa altruísta

Uma pessoa altruísta é aquela que se dedica a ver e buscar o bem de outras. A prática de altruísmo é vista como um sinônimo de solidariedade e filantropia. Ser altruísta é abrir mão do próprio conforto e de seus interesses, que vão desde algum bem material, o descanso e tranquilidade, valor monetário ou qualquer outra coisa para que outro indivíduo seja beneficiado.

O conceito de altruísmo foi criado por Augusto Comte (1798-1857), um pensador, estudioso e filósofo francês que fundou uma doutrina filosófica chamada Positivismo. Para ele, o altruísmo se trata da disposição que uma pessoa tem de se dedicar à outra, ou seja, uma atitude contrária ao egoísmo.

Ainda de acordo com Comte, um ser humano altruísta tem um comportamento semelhante ao de um cristão, mas difere-se deste no sentido de que a sua devoção aos outros não é inspirada por uma doutrina religiosa e nem baseada no sobrenatural. Ludwig Feuerbach, um filósofo alemão, também concordou com essa definição de altruísmo em seus estudos, apesar de não usar esse nome de maneira literal.

Como ser uma pessoa altruísta?

Em um mundo em que cada vez mais pessoas pensam nas suas próprias necessidades, dedicar um tempo ao bem do próximo, doando um pouco de si, para que ele se sinta acolhido, é um ato de extrema solidariedade. No entanto, nem todas as pessoas sabem como ser ou se tornar uma pessoa altruísta.

Confira, a seguir, quais são as principais características essenciais para ser uma pessoa altruísta:

  • Ter empatia, ou seja, colocar-se no lugar do outro e tentar sentir o que ele sentiu ou sentiria se estivesse em determinada situação;
  • Saber ouvir as pessoas com verdadeira atenção;
  • Ajudar de maneira genuína, sem esperar nada em troca;
  • Aprender a ficar feliz com a felicidade dos outros;
  • Saber levar a vida com tranquilidade e leveza, sempre com autoconfiança e otimismo;
  • Abrir os olhos para o mundo, tentando enxergar os seus problemas e buscando refletir sobre o que se pode fazer para trazer melhorias para todos;
  • Ter sempre atitudes solidárias, desde ajudar um idoso a atravessar a rua até a se voluntariar para ajudar em alguma causa importante;
  • Evitar julgar as pessoas, tendo sempre em mente que cada um carrega uma história de vida diferente;
  • Procurar sempre novas formas de ajudar o próximo, mas não somente os amigos ou familiares, mas também aqueles desconhecidos.

Animais também são seres altruístas

Além disso, praticar o altruísmo não é uma característica exclusiva do ser humano. Segundo a ciência, algumas espécies de animais também podem apresentar-se como excelentes altruístas, em especial, aquelas com maior inteligência. Neste grupo, os animais mais inteligentes costumam demonstrar mais preocupação em proteger ou ajudar os demais dentro do seu convívio.

Alguns exemplos de animais altruístas são os gorilas, chimpanzés, elefantes, golfinhos, gatos, cães, mamíferos em geral e aves, como é o caso do corvo, por exemplo. Para você ter uma ideia, o golfinho é o melhor exemplo de um animal altruísta, já que é capaz de ajudar um companheiro ferido a se manter boiando, alimentando-o e protegendo-o de ataque de predadores, como tubarões.

Gostou do artigo? Conhece alguém que precisa entender mais sobre esse assunto? Então, compartilhe o link nas suas redes sociais…

Até a próxima!