Geral

Significado de lendas urbanas: entenda o conceito aqui

O que é?

Lenda urbana é uma pequena história de natureza sensacionalista ou fabulosa amplamente conhecida e difundida de forma oral nas ruas das cidades, geralmente a partir do ‘boca a boca’ popular ou por canais de comunicação locais, constituindo um tipo de folclore moderno.

Definição:

  • Origem: Do termo “lenda”, derivado do latim “legend”, que quer dizer “aquilo que deve ser lido”. Popularmente, refere-se à pequenas histórias contadas de forma oral sobre hábitos e costumes, fatos históricos, medos e ademais questões relacionadas à cultura de um povo. O termo ‘lenda urbana’ diz respeito à pequenas histórias criadas nas ruas de cidades modernas e relacionadas a fatos atuais.
  • Sinônimos: Lendas contemporâneas, mitos urbanos.
  • Classe gramatical: Substantivo feminino.

Saiba mais sobre o que significa o termo lendas urbanas

As lendas urbanas – ou lendas ou mitos contemporâneos – são pequenas histórias de cunho fabuloso, sensacionalista ou sobrenatural contadas de forma oral em meio popular, geralmente a partir do famoso ‘boca a boca’ (muitos dizem que aconteceram com o ‘amigo do amigo’) ou através da imprensa (especialmente, por canais de comunicação locais).

A principal razão para o surgimento desse tipo de narrativa é justificada a partir da necessidade de explicar o inexplicável, isto é, o que não existe – ou o que a maioria das pessoas acredita que não existe, dependendo do ponto de vista. Se as lendas urbanas são reais ou não, o fato é que muitas delas fazem várias pessoas perderem noites de sono de tanto medo!

A maioria dos contos são bastante antigos e apenas passaram por adaptações ao longo dos anos para serem incorporadas a outras culturas. Um bom exemplo de lenda urbana que foi traduzida para se enquadrar mais fielmente ao contexto moderno é a conhecida história da “Loira do banheiro”, uma lenda urbana criada no Brasil que conta a história do fantasma de uma jovem garota de pele branca e cabelos loiros que, segundo relatos, costuma ser vista em banheiros, lugar onde teria cometido suicídio ou, em outras versões, assassinada.

Por outro lado, outras lendas urbanas foram criadas mais recentemente, como é o caso daqueles que falam sobre homens que foram seduzidos e drogados em espaços de diversão noturna e que, quando acordaram no dia seguinte, descobriram que tiveram um de seus rins extraído cirurgicamente por uma quadrilha especializada na venda de órgãos humanos para transplante.

Apesar de pouca gente acreditar nos contos, muitas das lendas urbanas contadas são baseadas em histórias reais (ou preocupações legítimas), mas que acabam sendo distorcidas ao longo do tempo, tornando-as exageradas ou quase sobrenaturais. Além disso, depois do crescimento dos acessos à internet atualmente, algumas lendas urbanas ficaram tão famosas que tornaram-se quase “universais”.

Origem do termo

O termo “lenda urbana” foi utilizado pela primeira vez em impressos datados a partir de 1968, tendo como criador o professor de inglês da Universidade de Utah, Jan Harold Brunvand, que apresentou essa expressão ao público em uma série de livros que publicou em 1981.

A coletânea recheada de lendas urbanas foi intitulada The Vanishing Hitchhiker: American Urban Legends & Their Meanings foi usada pelo professor para enfatizar dois pontos: o primeiro deles para dizer que folclores e lendas não acontecem exclusivamente nas chamadas sociedades tradicionais ou primitivas e, em segundo lugar, que é possível aprender muito sobre as culturas urbana e moderna ao estudar tais lendas.

A partir daí, Brunvard publicou uma série de livros relacionados ao assunto, sendo considerado o primeiro a usar o termo “vetor” (inspirado no conceito de vetores biológicos) para definir uma pessoa que ajuda a propapagar uma lenda urbana.

Como identificar uma lenda urbana?

As lendas urbanas possuem algumas características em comum que podem ajudar você a perceber se está ou não diante de uma, tais como:

  1. Geralmente, é uma pequena história, ou seja, uma narrativa feita por outra pessoa, só que melhor estruturada se comparada a um conto de folclore, por exemplo.
  2. Para parecer verdade, quem está contando a história procura sempre argumentar os fatos narrados a partir de testemunhas e provas que supostamente existem.
  3. Por último, o narrador normalmente ouviu a história de alguém, mas a conta e confirma os seus fatos como se ele mesmo a tivesse vivido.

Veja as lendas urbanas mais famosas para você pesquisar e perder o sono

  • A Fada dos Dentes
  • O Lobisomem
  • O Ladrão de Órgãos
  • O Fantasma da Loja de Brinquedos
  • A Boneca Enfeitiçada
  • A Gangue do Palhaço
  • O Amigo Imaginário
  • A Gangue dos Monitores
  • A Loira da Internet
  • A Casa de Campo
  • A Casa das Vozes
  • A Mulher de Branco
  • O Mistério do Acampamento Escolar
  • O Gato Preto
  • O Castelo do Terror
  • A Misteriosa Casa de Campo
  • O Carona do Além
  • ETS Os Visitantes do Espaço
  • O DVD Proibido
  • O Acampamento Sinistro
  • A Menina do Corredor
  • A Caixa Misteriosa
  • O Querido Diário
  • A Brincadeira do Compasso
  • O Carona da Morte
  • A Brincadeira do Copo
  • O Homem Gancho
  • Mortos Vivos
  • A Menina das Flores
  • A Coleção de Bonecas
  • O Guardião do Cemitério
  • A Ferrovia Fantasma
  • Vestida Para Vingança
  • O Menino Romãozinho
  • A Casa do Bosque e a Flor
  • A Maldição do Casarão
  • A Maldição de Frankstein
  • O Passageiro do Banco de Trás
  • A Maldição da Múmia
  • A Flor do Cemitério
  • Maria Sangrenta (Ou “A Bruxa do Espelho”)
  • O Opala Negro
  • A Loira do Banheiro
  • O Trem Fantasma
  • A Mulher do Táxi
  • A Bruxa de Ferro

E aí? Gostou de conhecer o significado das lendas urbanas? Se você achou interessante, compartilhe esse post nas suas redes sociais para que os seus amigos também conheçam!

Até a próxima…

Leave a Comment