Educação Geral

Mapa conceitual: o que é, tipos e como fazer. Confira!

O que é mapa conceitual

Mapa conceitual é o nome dado a uma espécie de organização esquematizada que facilita a compreensão de algum assunto.

Esse mecanismo de estudo foi idealizado em 1970 por Joseph Novak, professor norte-americano, com o intuito de melhor organizar conteúdos programáticos.

Veja também – Significado de lounge

Hoje, essa ferramenta didática é utilizada por muitos estudantes, administradores e pesquisadores para a realização da hierarquização de informações, conceitos e ideias com o objetivo de facilitar a compreensão de quem a analisa.

De acordo com especialistas, o cérebro humano assimila muito mais rápido as informações quando elas estão dispostas em representações gráficas. Por isso, mapas conceituais utilizam formas ilustrativas a fim de que ligações sejam feitas entre todos os assuntos abordados dentro de um sistema esquematizado e, através dessa lincagem, o observador consiga compreender todo o conteúdo abordado.

Em resumo, por conta de seus recursos visuais, mapas conceituais são excelentes instrumentos de aprendizagem e, por isso, são muito utilizados em escolas e faculdades.

Para que serve um mapa conceitual?

Como dito acima, o cérebro humano consegue assimilar imagens muito mais rápido do que textos. Dessa forma, mapas conceituais foram criados para ajudar a organizar assuntos mais complexos de uma forma visual com o intuito de facilitar a compreensão do interessado.

São alguns dos objetivos de um mapa conceitual:

  • Permitir uma melhor compreensão de assuntos extensos;
  • Organizar as informações através de lincagens e pontos;
  • Facilitar a compreensão através de recursos visuais;
  • Permitir uma visão geral sobre determinados assuntos;
  • Ajudar na identificação de problemas e soluções.

Como fazer um mapa conceitual

Antes de tudo, é importante saber que mapas conceituais devem ser criados a partir de assuntos mais amplos indo até pontos mais específicos.

Dessa forma, para que esse seu sistema de esquematização dê certo, é necessário que você tenha conquistado todo o conhecimento do assunto que você deseja organizar, pois dessa forma, não existirá pontos desconectados ou informações insuficientes.

Outra dica é que apesar de ser mais fácil fazer seu mapa através de algum programa, utilizar caneta e papel te ajudará a fixar muito mais a matéria. Contudo, caso você prefira fazer tudo online, você pode utilizar programas como o word ou qualquer outro que crie diagramas.

Por fim, escolha a estruturação do mapa que melhor facilitará sua compreensão. Confira algumas delas:

Mapa conceitual Teia de Aranha

Mapa conceitual

Essa é a estruturação indicada para facilitar o entendimento de temas muito extensos, pois através dele será possível destacar os subtemas e desmembrá-los em seus respectivos assuntos.

Mapa conceitual hierarquizado

mapa conceitual

Essa estruturação é a mais indicada para quem deseja ter como registro um esquema onde se possa classificar pontos importantes seguindo um determinado processo ou uma cronologia, pois através de suas ligações será possível ter uma melhor explicação de como tudo está conectado.

Mapa conceitual de Fluxograma

Mapa conceitual

Essa estruturação é a indicada para um melhor entendimento de opções de resoluções de certos problemas ou processos.

Sendo assim, através do mapa conceitual Fluxograma é possível ter uma visão mais ampla sobre todas as opções disponíveis e suas consequências. Dessa forma, através dessa esquematização é possível verificar as melhores soluções e identificar possíveis erros.

Mapa conceitual online

Apesar de ser extremamente importante você mesmo criar o seu mapa, pois aprendemos com repetições, há aqueles que optam por fazer o uso de ferramentas online para quebrar aquele galho.

Se você faz parte desse ‘time’, saiba que na internet diversos sites com essa finalidade estão disponíveis para uso. Alguns são pagos, mas após uma boa procura, com certeza você conseguirá encontrar excelentes mecanismos gratuitos.

Enquanto isso, resolvemos te oferecer uma mãozinha e separar alguns sites gratuitos:

Artigos relacionados:

About the author

Jessica