Língua Portuguesa Educação

O que é e como fazer uma dissertação? Conceito, tipos e exemplos

O que é uma dissertação?

A dissertação é um tipo de texto construído em prosa o qual o objetivo principal é apresentar ideias, desenvolver raciocínio, analisar contextos, dados e fatos acerca de determinado tema.

A dissertação é um texto geralmente estruturado em introdução, desenvolvimento e conclusão.

A dissertação pode ser feita em dois tipos: o expositivo ou o argumentativo. Confira a seguir um pouco desses tipos e como fazer uma boa dissertação.

Dissertação expositiva

É a modalidade textual a qual o principal objetivo é expor informações que possam educar o leitor a respeito do que é aquele assunto. Desse modo, o principal objetivo do autor não é convencer o leitor sobre o seu posicionamento e nem propor um debate ou problematizar, mas sim expor informações a partir das quais o leitor poderá saber um pouco mais a respeito de determinado assunto.

Veja também – Mapa conceitual: o que é, tipos e como fazer. Confira!

Dissertação argumentativa

Diferente da expositiva, essa modalidade, além de expor o tema, também propõe um debate e tenta convencer/persuadir o leitor com argumentos a respeito do assunto que está sendo debatido. Nesse sentido, o autor deve selecionar, organizar e relacionar argumentos em defesa de seu ponto de vista. A qualidade dessas escolhas é o que determinará a persuasão por parte do leitor.

Embora seja um texto argumentativo, onde o posicionamento do autor deve ser bem exposto, o uso da primeira pessoa do singular não é muito bem aceito, o texto, portanto, deve ser impessoal.

O texto dissertativo argumentativo é o mais cobrado em provas avaliativas como o ENEM.

Passo a passo para uma boa dissertação

Assim como um texto narrativo, um texto dissertativo também precisa ter um início, meio e fim, desse modo, a dissertação é estruturada em introdução, desenvolvimento e conclusão. Cada parte do texto cumpre uma função distinta e bastante importante para a coesão do texto, e é um fator que contribui muito para uma boa avaliação do seu texto, e um bom entendimento do leitor.

Desse modo, antes de iniciar a escrita de uma dissertação, o autor deve construir um projeto de texto para que possa selecionar as informações, fatos, dados, argumentos e relações de causa e consequência, os quais constituirão a base do texto.

Introdução

É a primeira parte do texto, a qual deve apresentar de maneira clara o assunto que será tratado e delimitar as questões, referentes ao assunto, que serão abordadas.

Pode-se formular, também, uma tese, que deverá ser discutida e provada no texto, propor uma pergunta, cuja resposta deverá constar no desenvolvimento e explicitada na conclusão.

Desenvolvimento

É o momento mais importante do texto, feito a partir do segundo parágrafo em diante. É nele que você irá expor suas ideias e defender seus posicionamentos. Em uma dissertação expositiva, é o momento de explanar todas as informações que formarão o conteúdo do texto;  em uma argumentativa, é onde os argumentos são expostos e desenvolvidos com o objetivo de convencer o leitor a acatar o ponto de vista de quem está escrevendo.

Conclusão

A conclusão não é um resumo das informações que foram explanadas anteriormente no desenvolvimento. Para dar mais unidade ao texto, o autor retoma algumas informações expostas na introdução e, em seguida, revela as consequências daquilo que problematizou a respeito do tema e apontou como causa no desenvolvimento.

Geralmente, na conclusão, o autor propõe algumas ações que possam amenizar ou sanar o problema exposto no texto.

Artigos relacionados:

About the author

Vitória Alice