Geral

Dividendo é o nome dos lucros de uma empresa divididos entre os acionistas

Dividendo

Viver de dividendo, ou viver de renda, é o sonho de boa parte da população, se não for toda, e realidade para muitos figurões que posam de empreendedores que chegaram aonde chegaram pelo “suor de seus rostos”, os que defendem o discurso de “meritocracia” e costumam chamar movimentos sociais que reivindicam direitos de “vagabundos”.

Ocorre que muitos dos que vivem de dividendo não arregaçam as mangas o dia inteiro para arrumar sequer a cama e uma boa parcela dessa galera vive de renda desde criancinha.

Sabia que, com a abolição da escravidão no Brasil, muitos senhores de fazenda, grandes proprietários, com os bolsos cheios de grana com a exploração humana de séculos, sem ter aonde investir, sem ter mão de obra, em um primeiro instante para conduzir os negócios da fazenda, decidiram abandonar as atividades rurais e se dedicarem a financiar bancos, empresas e viver de (tchãn-tchãn-tchãn) renda?

Pois é, em vez de abrirem e administrarem outros negócios decidiram ficar de braços cruzados financiando empreendimentos alheios esperando apenas a data do pagamento. E um detalhe: exigindo a manutenção dos juros bancários nas alturas para garantir mais lucro. O Barão de Mauá soube muito bem da história.

É ilegal viver de renda? Não, claro que não, mas defender o aumento e a manutenção de lucro a revelia dos prejuízos sociais é imoral. Por isso, estude, invista, lucre, viva da forma que quiser, mas sem abraçar indecorosa insensibilidade social. Se você tem condições de investir e conhecimentos necessários para fazer bons investimentos, vai lucrar de qualquer forma em algum momento.

Depois desse apelo a consciência com pitadas históricas de fundo, a questão objetiva: o que é dividendo? Como investir?

Tire suas dúvidas a respeito do tema logo mais.

Confira!

Definindo dividendo

Dividendo é o provento de uma empresa, isto é, uma parcela do lucro de uma empresa que é repassado para os acionistas, os investidores.

Toda instituição que tem o capital aberto e coloca ações a venda para captar recursos assegura o repasse de parte do lucro obtido aos investidores que compraram suas ações na Bolsa de Valores (B3).

É regra que todas as empresas presentes na Bolsa de Valores tenham que dividir no mínimo 25% dos seus lucros com os compradores de seus papéis. Essa parcela mínima dos lucros não é fixa, sendo optativo para as empresas dividirem mais de seu lucro líquido. Em alguns casos, a divisão chega até 40% do lucro.

O dividendo não é a única forma de divisão de lucro de uma empresa.

Temos os Juros sobre Capital Próprio que é encarado como uma despesa, pois o desconto do valor a ser acertado com os detentores das ações da empresa é descontado antes do lucro líquido.

Outra forma de divisão de lucro é com a bonificação. Nessa modalidade de divisão, o pagamento é feito com a cessão de outras ações para o acionista, ações adicionais. O número de ações adicionais irá depender da quantidade que o acionista adquiriu anteriormente.

Também há a divisão na forma de Direitos de Subscrição. Modalidade que a empresa emite mais ações onde o acionista tem o direito de compra antes da abertura total ao mercado. Em alguns casos essas ações são vendidas por valores abaixo do mercado.

Dividendo

Como é feito o pagamento de dividendo?

O pagamento do dividendo é feito direto na conta dos acionistas, mas para que possa ser realizado precisa passar por alguns trâmites burocráticos internos. É necessário primeiro receber a aprovação do Conselho Administrativo que supervisiona as atividades do negócio. Esse conselho irá avaliar se a empresa tem lucro suficiente para distribuir aos compradores das ações.

Chegado a esse entendimento, o próximo passo é notificar a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) órgão ligado ao Banco Central (Bacen). Esse contato tem com objetivo informar de maneira pública os acionistas sobre a decisão de realizar o pagamento. Também se informa nesse comunicado a CVM os valores a serem depositados e as datas previstas para o depósito.

Investindo

Qualquer pessoa pode investir em ações projetando lucro futuro mais pra frente. O principal requisito é money. Contudo, apenas ter dinheiro para investir não é garantia de sucesso na B3. É preciso ter conhecimentos básicos sobre a compra de ações para não ser desagradavelmente surpreendido.

Uma dica importante: empresas recentes, que ainda estão crescendo no mercado não são uma garantia de pagamento de dividendo a curto ou médio prazo, pois são empresas que estão crescendo, precisam investir e portanto não têm um fluxo de caixa previsível.

Já as empresas mais estabelecidas, tradicionais contam com estabilidade de caixa tornando um investimento mais seguro.

Conforme uma empresa se torna reconhecidamente uma boa pagadora de dividendo, mais investidores são atraídos.

Outra dica é diversificar nos investimentos. Concentrar todos os investimentos em apenas uma aposta, uma empresa, aumenta por demais os riscos.

Invista em empresas diferentes com boa possibilidade de lucro. Para fazer essa avaliação é necessário ter conhecimento sobre o mercado, sobre a situação de cada uma dessas empresas.

Dividendo

É possível viver de renda?

Em se tratando de famílias historicamente favorecidas, sim, sem dúvida, basta investir em diversas ações conforme informações privilegiadas. Mas para um reles mortal que eventualmente consiga grana suficiente para investir em ações a vitória é factível?

Vai depender da necessidade de cada pessoa, do lucro projetado a se obter mensalmente para satisfazer as suas necessidades. Claro, também da capacidade de investimento.

O planejamento deve envolver uma previsão realista quanto à periodicidade do pagamento e das despesas mensais a se arcar. Colocado tudo no papel e verificando que vale a pena viver apenas da renda derivada do dividendo, voilá, sonho realizado. Vai receber uma grana sem precisar mover uma palha, apenas esperando o dia de se receber.

Contudo, se é para viver assim, saiba curtir a vida, pois não há nada mais irritante do que ver alguém bem resolvido financeiramente passando os dias, meses, anos recluso dentro de casa, assistindo o dia inteiro TV, deixando de frequentar novos lugares e conhecer pessoas reais incríveis.

Gostou deste conteúdo sobre dividendo? Então curta, compartilhe, avalie. Seu apoio faz a diferença.