Meio Ambiente

Entenda o que é sustentabilidade e sua importância para o meio ambiente

Muitos são os termos que se tornam comuns sem que a gente entenda o real significado deles. Ou então como se tornaram populares tão repentinamente. Esse é justamente o caso de sustentabilidade, que é foco de inúmeras discussões atualmente. Infelizmente não é tão repentino assim o foco no termo sustentabilidade. Acontece que o termo sempre esteve em torno do que entendemos por meio ambiente. Ainda mais se considerarmos o discurso a respeito do respeito pela natureza.

Afinal, muitas são as formas de mudar o estilo de vida em prol do meio ambiente. A sustentabilidade é, basicamente, esse novo olhar sobre a sua própria vida. Portanto, conheça um pouco mais do assunto a respeito desse assunto tão delicado e importante.

Entenda melhor a sustentabilidade

A sustentabilidade ou o ato de ser sustentável não é tão simples de se definir. Isto porque não diz respeito apenas à reciclagem, é um movimento maior que esse. Também não é limitado apenas ao Movimento Sem Lixo, ainda que tenha algumas semelhanças. Todo esse conceito vem sendo colocado em evidência até mesmo quando se fala na metodologia científica, por isso é complicado trabalhar a sustentabilidade como algo simples.

Ainda que seja uma prática do nosso cotidiano, o ato de ser uma pessoa mais sustentável em prol de uma causa ambientalista, é repensar sempre as ações. Mesmo as coisas mais comuns são repensadas nesse momento. Afinal, tudo é uma construção social, sobretudo os nossos comportamentos.

Com o crescimento da sociedade capitalista após a Revolução Industrial e com a Globalização ganhando mais espaço, a sustentabilidade ganha foco maior. Isto porque esses dois fenômenos moldaram nossas vidas de uma forma única. Assim sendo, o nosso consumo, as nossas motivações para compra, foram impulsionadas com o crescimento do comércio e do mercado.

Toda essa expansão criou um novo poder de compra e com isso criou pessoas consumistas ao extremo. E de consumista todo mundo tem um pouco. Ainda que acredite que não seja como aquelas pessoas que compram compulsoriamente.

Por que a sustentabilidade é importante?

Ao se considerar toda essa construção social criada a partir da Revolução Industrial, os novos modos de consumo devem ser questionados. Afinal, do que realmente precisamos? O que é essencial? O que não é?

Todas essas perguntas são feitas diariamente pelos adeptos da sustentabilidade. Isto porque não é fácil repensar os hábitos construídos por uma vida inteira. Mas quando você percebe melhor as situações em que o consumo é excessivo e muda os seus hábitos, você melhora um pouco sua relação com o meio ambiente. De certo modo, é quase como uma redenção com a natureza.

E ao mesmo tempo em que parece tudo ser um novo universo, estranho e perigoso, é libertador. A sustentabilidade faz com que alguns hábitos nossos não sejam apenas mudados, mas repensados. É uma tarefa diária de tentar entender melhor o que é necessário e o que não é.

Não é fácil mudar da noite para o dia, todos sabem disso, o que importa é tentar. Afinal, o meio ambiente não irá te criticar se você errar uma vez ou outra. A sustentabilidade se pauta na ideia de que está tudo bem errar, desde que depois você aprenda e melhore. Somente assim você conseguirá compreender o que norteia sua vida com relação ao que é importante.

Assim, é essencial informar que a sustentabilidade não é só sobre sua relação com a natureza. Muito menos é apenas sobre sua relação com os hábitos de consumo impostos. A sustentabilidade é também da sua relação com você mesmo, de forma mais saudável e apropriada. Afinal, parte-se do princípio de respeito a si mesmo e às suas necessidades.

Sustentabilidade

Como ser mais sustentável?

Ao se pensar a respeito dessa nova relação consigo mesmo, pode ser assustador não saber por onde começar. Ainda mais se você não souber nem como começar toda essa nova jornada em prol da sustentabilidade. Logo, não precisa se desesperar, porque o desespero não nos faz repensar em nada.

O primeiro passo, portanto, é estudar. Conheça um pouco melhor sobre os seus hábitos de consumo, entenda o que é necessário. Mas inicie em um aspecto da sua vida primeiro e depois passe para outros. Por exemplo, você pode começar com o assunto alimentação e depois evoluir para o plástico. Ambos os assuntos se complementam e ajudam a ser mais sustentável.

Na alimentação você pode pensar o que é saudável e o que não é. O que é industrializado? De que maneira eu prejudico o meio ambiente ao comer carne, por exemplo? Ou a tomar leite todo dia de manhã? É realmente necessária a ingestão desses alimentos?

Depois que você compreender o que é melhor para você e para a sustentabilidade, você pode começar a reciclar e repensar sobre o plástico. O quanto de plástico você produz? O quanto pode ser evitado? Quanto já não foi só ao mudar seus hábitos alimentares?

Sustentabilidade não é ser ambientalista

É preciso elucidar, por fim, que a sustentabilidade não é a mesma coisa que ser ambientalista. Isto porque o ambientalista é muito mais uma questão política e a sustentabilidade é pautado na definição de respeito. O respeito consigo, com sua mente, sua saúde e a natureza.

A sustentabilidade não é apenas reciclar, é fazer o melhor que pode. E muito ao contrário do que muitos pensam, ser sustentável também não é ser vegano. Você pode comer carne ainda, desde que saiba como esse alimento é produzido e mudar essa questão. É pensar em novas formas de se comprar, de se relacionar com o lixo, com suas roupas, seus alimentos. É uma mudança necessária para que se compreenda o que existe na sua essência.

A sustentabilidade existe para que você possa se redefinir, compreender-se. É o modo mais poético que temos de nos entender. É um movimento que não visa lucro, é algo de construção e desconstrução. Todo esse conceito tem tudo para ser saudável e propiciar bons momentos em sua vida. Além disso, também ajuda a natureza e preserva o meio ambiente. Sem que nenhuma atitude seja negativa para você ou os outros ao seu redor.

About the author

yasmin