Língua Portuguesa

Passional: tudo aquilo que é provocado por um sentimento descontrolado de paixão

Significado de passional

Passional, de acordo com o dicionário da língua portuguesa, significa tudo aquilo que é provocado por um sentimento ardente de paixão.

Trata-se de um adjetivo biforme que além de estar relacionado com uma situação fora de controle por conta de uma extrema atração ou afeto, também pode ser usado para fazer relação com os impulsos do corpo.

Veja também – Significado de energúmeno

Quando uma pessoa é descrita como passional, significa que é essa pessoa não possui controle emocional e age “por amor” ou “pela paixão”.

O problema é que um indivíduo assim, não consegue ouvir a razão, então acaba cometendo erros gravíssimos por agir com impulsividade e irracionalidade. Ou seja, são aqueles que criam grandes confusões e não conseguem manter o controle quando o tema em questão são os sentimentos.

Sendo assim, podemos dizer que uma pessoa passional é aquela que, por não pensar em seus atos de uma forma sábia, se torna descontrolada por deixar seus sentimentos no controle de seus atos.

Em resumo, um ser passional é aquele que só pensa em si próprio e não se importa com as consequências que ele pode causar a outrem.

Amor passional

É consideramo amor passional, todo aquele que é rodeado por muitas confusões causadas por ciúmes e sentimento de obsessão.

Pode-se dizer que é, inclusive, uma das características de muitos relacionamentos abusivos e doentios.

Crime passional

É o crime que tem como principal motivação uma suposta paixão obsessiva. Ou seja, é um crime cometido por alguém que possui um pensamento irracional e que acredita que possui domínio sobre alguém.

É muito comum ligarmos esse tipo de ato a duas pessoas que mantinham ou mantiveram um relacionamento, porém, a verdade é que amores platônicos (onde só uma pessoa ama, muitas vezes sem que uma outra saiba) também podem gerar esse tipo de obsessão e, como consequência, levar um indivíduo a cometer um crime passional.

Dessa forma, podemos dizer que trata-se de um crime que é motivado por uma emoção descontrolada, fruto de uma paixão doentia do criminoso pela vítima.

Em outras palavras, alguém que por se sentir traído, por não sentir que está sendo correspondido ou por conta de alguma crise de ciúme, por exemplo, resolve tirar a vida, torturar e/ ou violentar alguém por quem é obcecado (a).

Artigos relacionados:

About the author

Jessica